Homenagem ao Renato Gonçalves

Vi um post (termo que prefiro à “posta”, que me soa a bacalhau) no Abrupto que me emocionou. É uma foto de dois trabalhadores a calcetar uma rua. O autor, um tal Renato Gonçalves, choraminga, no texto que o bacoco do Pacheco publica, qualquer coisa como isto: olhem, olhem, coitadinhos, dois imigrantes de Leste, um deles sem impermeável, “a trabalhar debaixo de chuva”, quando todos se divertem no Carnaval. É “um pequeno tributo” do tal Renato aos “imigrantes que ajudam a desenvolver o meu país” (Snif, snif) “com trabalho muito duro” (Buááááááá!) “e em condições muito difícieis”. O tal Renato deve ter uma fixação pelos ucranianos. Se fossem portugueses a vergar a mola, pouco lhe dava para homenagens ou sentimentalismos destes. E se tem tanta peninha dos rapazes, porque é que não os convidou a ir secar a roupa lá para casa, quando eles largaram o trabalho? Ai é o Estado que tem a obrigação de…?!?! Desculpe ?!?! Não é o Estado, é o Governo? Sim. Pois. Claro. Você apenas denuncia o que está mal. Certo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: