Por onde andará esta queixa?

"Inês Serra Lopes foi receptadora de material furtado a um colega de profissão. Como foi cúmplice de um acto criminoso instaurei-lhe uma queixa-crime." – escrevia em 14.06.2004 o jornalista do Correio da Manhã, Octávio Lopes. O que será feito dessa queixa?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: