O engº Tayeb Habib, os “kaffirs” e a Comunidade Islâmica da Web

Elucidativa troca de emails, onde se pode ver duas versões diferentes do que é um “kaffir”: a versão para consumo interno e a versão para consumo externo.

  1. Tayeb Says:
    July 8th, 2006 at 8:34 pm e
  2. Olá Maquina Zero,Ou será que é também conhecido como Sliver?

    Fique bem claro que o portal não está fechado. Qualquer pessoa pode inscrever-se e ser membro. Na página principal vê-se o tópico mais recente dos “Assuntos Gerais”, o único que requere inscrição como membro. Os outros fóruns estão todos abertos à visualização por não-membros.

    O que se fez foi deixar de dar a oportunidade à desonestidade com a contextualização de textos sem se poder lêr toda a discussão.

    Você está errado que qualquer não-muçulmano seja chamado “kaffir” (ou descrente). Aliás somos proibidos de chamar “kaffirs” aos Povos de Livros isto é os judeus e os cristãos.

    Máquina Zero você precisa educar-se um pouco mais acerca do Islão e deixar de ser sensacionalista e ofensivo. Mas talvez seja isto sintomático da má cultura de algumas pessoas que se auto-elegeram defensores da cultura ocidental.

    Tayeb

  3. maquinazero Says:
    July 8th, 2006 at 10:25 pm e
  4. Caro engº Tayeb Habib:Em relação ao termo “kaffir”, o sr tem uma versão diferente do sr. Aboobakar Choonara, membro sénior da Comunidade Islâmica da Web e cujos conhecimentos do Islão até o habilitam a ser responsável pelo consultório islâmico via email “IslamMoz”, parte integrante desse site. Se não, repare nesta pergunta/resposta, neste link http://www.myciw.org/modules.php?name=Forums&file=viewtopic&p=3825#3825

    Q36:No dia do Ide pode se convidar um Kafir (católico ou de uma outra religião) “amigo” para comemorar o Ide na nossa casa. E se tivermos um Kafir como marido ou mulher de um familiar nosso?
    R: Não há mal nenhum, muito pelo contrário, a bem do “dawwah” (propagação), é necessário que se desenvolva uma aproximação com os não muçulmanos, demonstrando simpatia e não rispidez, brandura e não aversão.

    E agora? Quem está errado? Eu ou o sr Aboobakar Choonara?

8 Responses to O engº Tayeb Habib, os “kaffirs” e a Comunidade Islâmica da Web

  1. Tayeb diz:

    Olá Máquina Zero:

    Aboobaker transcreveu o que foi escrito por outra pessoa. Porém aé controverso porque os cristãos e os judeus são chamados mo Alcorão, Povos do Livro e não kaffir. De qualquer modo pode vêr no site answer.com algo que é ilucidativo sobre a palavra kaffir e a sua origens:

    http://www.answers.com/topic/kafir-5

    O texto está em lingua inglesa mas é na generalidade correcto, e mostrar-lhe-á que a questão é controversa.

    Vocè diz erradamente que Aboobaker é um dos dirigentes da myciw.org. Foi mas já não o é e a seu pedido por razões pessoais. IslamMoz não é parte integrante do projecto Comunidade Islâmica da Web. Não sei onde foi buscar tal informação. Nem sei quem dirige IslamMoz.

    Talvez queria saber que tenho mais amigos cristãos do que muçulmanos. Convivo mais com cristãos do que muçulmanos e nunca os considerei kaffirs. Alguns amigos meus são padres católicos.

    Tayeb

  2. Tayeb diz:

    A propósito qualquer membro da myciw.org que faça mais do que 34 postagens no fórum é membro sénior.

    Tayeb

  3. Sliver diz:

    O Tayeb Habib foi pelo caminho errado. Não percebeu nada, confunde tudo, usa dupla linguagem conforme os seus interesses, dispara em todas as direcções mas acerta muito pouco. E o pior é que já há outros blogues a falar na atitude dele, nomeadamente a dizer que este tipo de atitude visa a liberdade de expressão! Mostrei o mail dele as dois juristas que encolheram os ombros, sorriram e disseram para não ligar a paranóias. Em vez de debater ideias foi fazer queixinhas e «fugiu». Nos primeiros emails até parecia uma pessoa simpática. Uma desilusão.

  4. Tayeb diz:

    Olá Sliver,

    Quem radicalizou o discurso foi você. Alegou que eu o ameacei. Nãposei porque é que quer fazer-se de vítima quando não o é. Você mentiu que fui eu que o contactei em primeiro lugar quando na realidade foi você que me contactou por email e se quiser digo-lhe de novo, envio-lhe uma cópia do email.

    Você confunde a liberdade da expressão com a ofensa. Misturou as coisas de foro pessoal com a discussão de ideias e até valores. Já lhe disse que a comparação que se faz com as caricaturas e imagens que coloca com o que você pensaria se eu ofendesse os seus pais.

    Não me julgue sem me conhecer. Não sou nada daquilo que você pensa. Talvez para encontrar os inimigos que procura devia emigrar para outros países. Portugal não é o local onde encontrará os seus inimigos, garanto-lhe.

    Você e Máquina Zero estejam descansados e não se façam de vítimas.

    Tayeb

  5. Sliver diz:

    Os islamistas que vivem na Europa
    colocam bombas que ocasionam centenas de mortos e feridos,
    assassinam realizadores de cinema,
    perseguem escritores e caricaturistas,
    oprimem e mutilam as mulheres,
    querem impor a lei islâmica (charia),
    querem condicionar a nossa liberdade,
    querem islamizar a Europa
    e porque não abdicamos dos valores do Ocidente para nos submeter-mos ao Islão, usam a chantagem. Qualquer argumento contra eles é considerado islamofobia, “uma ideologia racista do Ocidente Imperialista para demonizar o Islão”.

    Nunca afirmei que o Sr. Tayeb Habib era terrorista. Nunca o insultei (mas ele acha que a publicação da imagem de um filme e uma caricatura são ofensas graves. Talvez, mas não para o nosso padrão ocidental). Nunca o persegui ou à familia que nem sei quem é. Nunca divulguei a sua actividade económica ou contactos. Nunca o ameacei por palavras ou actos. Limitei-me a dar relevo a certas afirmações dele e de outros participantes do fórum islâmico, em todas coloquei o repectivo link para que os textos fossem lidos na íntegra. Percebo o incómodo do senhor quando comentei os conteúdos, encontrando lacunas, contradições e colocando objecções ao que lá estava escrito. O senhor Tayeb fala muito de democracia e liberdade expressão, mas tem um conceito muito restrito de ambas. Em vez de refutar com argumentos desatou aos gritos porque parecia que o queriam matar. Tenho alguma compreensão por essa atitude. Também li o Corão e percebo de onde vem o défice.
    Veremos o que dirá a Procuradoria Geral da República.

    Aos muçulmanos faz falta lerem outros livros e aos portugueses também faz falta ler o Corão.

    http://ecletico.blogspot.com/2006/07/ali-baba-e-presso-de-censura.html

    http://aartedafuga.blogspot.com/2006/07/dhimmi.html

  6. Sliver diz:

    adenda: Quase que me apetece ser vulgar e dizer que o senhor Tayeb tem uma lata descomunal. Depois do mail que me enviou, e à PGR, onde se vitimiza do príncipio ao fim, onde me acusa de coisas que nem tenho conhecimento, vem dizer para não me fazer de vítima. Não sou vítima de nada, muito menos de si! Vítimas foram os que estavam na discoteca de Telaviv, nas Twin Towers, no metro e autocarro de Londres, nos comboios de Madrid, e em centenas de actos terroristas praticados em todo o mundo. Esses sim, são vítimas do fundamentalismo islâmico. E o senhor é vítima de quê? De quem discorda de si e do seu modelo de sociedade? Muito fraco da sua parte!!

  7. Meu caro Tayeb Habib, o papel de vítimas é uma especialidade dos muçulmanos. Longe de mim tentar competir com quem já leva mais de 600 anos de experiência, nessa matéria. Você nunca conseguirá perceber o que é a liberdade de expressão. Por isso, você será sempre uma ameaça à Liberdade, neste país. Você é, como a maioria dos muçulmanos, um fanático. O seu comportamento, perante as caricaturas dinamarquesas, diz tudo. Você é incapaz de aceitar valores diferentes daqueles que a sua religião impõe.
    A propósito, o que diz a Sharia sobre um muçulmano que se converta ao cristianismo? Pode ser-se muçulmano sem se respeitar integralmente a Sharia? Mostre que é um homem de coragem e responda a estas perguntas, sr Tayeb Habib. Não se arme em vítima….

  8. Já agora: Se um filho ou uma filha sua se convertesse ao catolicismo, o que faria o sr Tayeb Habib?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: