Tayeb Habib ameça Observatório da Jihad

Terá sido apenas uma casualidade, mas o engº Tayeb Habib, administrador do site Comunidade Islâmica na Web e membro da comunidade islâmica portuguesa, resolveu ameaçar o autor de um blogue crítico da Jihad e do terrorismo muçulmano numa data que tem algum significado: 7 de Junho de 2006, 1º aniversário dos atentados no metro de Londres. Por acharmos que é um claro exemplo da perspectiva que determinadas pessoas têm de conceitos como Democracia e Liberdade, reproduzimos aqui o texto do engº Tayeb Habib, com o comentário que foi publicado no Observatório da Jihad.

———-

7.7.06

A data é simbólica

Hoje, tive o grato prazer de ter notícias do Sr. Tayeb Habib, administrador do fórum da Comunidade Islâmica na Web.
Num mail onde falta a precisão e a verdade, abunda a teoria da conspiração e a mania da perseguição. Dá-se ao luxo de tentar confundir liberdade de expressão com a ‘discussão contraditória’.
Tem parágrafos que são patéticos ou um autêntico disparate.
Acresce que o mail foi com conhecimento para a Procuradoria Geral da República.
Se a intenção era condicionar a liberdade de expressão sobre a divulgação de actividades e pensamento, a publicação deste mail responde por si.

De: Tayeb Habib, tayeb.habib[at]myiwc.com
Enviado: sexta-feira, 7 de Julho de 2006 12:41:01
Para: “‘Sliver K'”, observatoriodajihad[at]hotmail.com
Cc: mailpgr[at]pgr.pt, correio.dciap[at]pgr.pt, provedor[at]provedor-jus.pt
Assunto: Deixe de me perseguir!

Sr. Sliver,
Em primeiro lugar não fui eu quem começou a dialogar consigo, mas foi você que iniciou a primeira troca de correspondência por email, e se quiser envio-lhe uma cópia do seu primeiro email.

É verdade, que esta segunda fase de emails, com o assunto “Seu Site” foi iniciada por mim, por causa das referências que você fazia à minha pessoa, no seu blogue (dentro do provedor de blogues blogger.com, e pertença da Google), referências que se o diga, fora de contexto e que considero ataques à minha honra e reputação.

O bloqueio que fiz ao seu site [http://observatoriodajihad.blogspot.com], como já constatou, e como já o disse no seu postal no blogue, espero que sirva para você tirar ilações sensatas. Os links para o portal Comunidade Islâmica da Web em [http://www.myciw.org] não funcionam, nen funcionarão, e agora por mais são redireccionados.

Como a justiça tardava a actuar, o mínimo que pude fazer foi bloquear a propaganda e as acusações que fazia com os seus links selectivos sobre o portal Comunidade Islâmica da Web.

Não sei se entende, mas o que você escreve incita ao ódio religioso à uma das maiores religiões do mundo, e o que escreve àcerca de mim pode fazer com que eu, ou qualquer membro da minha família, sejam a próxima vítima da loucura terrorista que paira pelo mundo.

Alguns dos participantes activos e seus apoiantes são membros da PNR, elementos da extrema direita e fascista que não são nada meigos ou pacíficos. Se você deixar de escrever não quer dizer que estes elementos racistas e xenófobos desaparecerão no ar. O incitamento ao ódio pode ser um elemento aglutinador, e é isto que fazem o seu blogue e outros semlhantes.

As declarações racistas e xenófobas que se fazem no seu blogue e outros, são muito graves e não são em nenhum modo exercícios de liberdade de expressão, porque o sistema de blogue não permite a discussão contraditória, como os fóruns permitem. Você e outros administradores de blogues semelhantes e da mesma tendência, intervém incitando ao ódio, com acusações que não podem ser respondidas pelos mesmos meios.

Não tolerarei mais nenhum ataque à minha pessoa e honra, e que o perseguirei implacavalmente, claro que com todos os meios legais que a Justiça portuguesa me permite, porém, fique claro, que não me pouparei no esforço, dinheiro, ou tempo. Você e seus amigos estão sobreavisadospara procurarem outros inimigos, se os há!

Fique também claro aqui, que quaisquer actividades anormais que aconteçam no(s) meu(s) site(s) serão apropriadamente investigados e documentados, e que você e a sua organização serão responsabilizados com toda as consequências que advêm de tais acções, e que podem ser punidas pelas Leis portuguesas e internacionais. Não pense você que está anónimo na Internet! Bão seja tão ingénuo. Há muito que ninguém é anónimo na Internet.

Quero só lhe solicitar em termos inequívocos: deixe de me perseguir. Fique por favor bem longe de mim, da minha família e do que faço na minha vida pessoal e profissional!

Fique bem.
Tayeb Habib

4 Responses to Tayeb Habib ameça Observatório da Jihad

  1. Tayeb diz:

    Olá Maquina Zero,

    O Sliver K procura publicidade e quer comparar a situação do seu blogue aos eventos trágicos de 7 de Julho de 2005. Demonstra uma total leviandade! Quer fazer-se de vítima quando não o é. Morreram 50 e mais pessoas de uma maneira trágica vítimas de terrorismo, eao comparar o meu email, que a propósito era de foro particular entre mim e o Sliver, com o evento de 7/7 é uma vergonha. Se quer saber, não existe nenhum simpolismo, só calhou ser enviado naquele dia, porque uns dias antes tinha bloqueado os links do blogue.

    A lei portuguesa proibe a devassa pessoal e devem mesmo consultar juristas. Não podem mesmo publicar informações sobre o que faço e o que sou e a contextualização que fazem com a guerra contra o terrorismo. O que faço e o que sou pertencem a meu foro pessoal e privado. Como não tenho nenhuma empresa clandestina, e porque tenho uma vida profissional o meu nome aparece na Internet, mas a correlação que fazem é em violação da lei portuguesa e punível com prisão.

    Na devida altura estas coisas serão esclarecidas porque acredito que embora a justiça tarda sempre se faz. Vocês os dois Sliver e Máquina Zero e qualquer outra pessoa que queira aproveitar-se do anonimato da Internet para fazer uma devassa à minha privada ficam de sobreaviso que não me pouparei de levá-los a entrentar a Justiça.

    Procurem outros inimigos, que sejam ignorantes das leis ou vivam noutros paises, eu estou fora disto.

    Não vou mais particpar neste espaço mas estarei a vigiar-vos e a documentar tudo que dizem a meu respeito.

    Tayeb

  2. Meu caro Tayeb: Você continua profundamente equivocado em relação à lei deste país. Devassa pessoal acontece quando é violado o sigilo da correspondência (em papel ou electrónica). Devassa pessoal acontece quando se revelam aspectos íntimos, pessoais e/ou privados.
    Tudo o que está publicado na Net é público, passe a redundância. A partir do momento em que você participa num fórum de discussão de acesso aberto e nega a dimensão históricamente comprovada do Holocausto, você aceita participar num debate público.
    Não se esqueça que toda esta discussão começa por você se recusar a admitir que tenham morrido 1,1 milhões de judeus em Auschwitz… E nas Torres Gemeas, quantos morreram, de acordo com a sua versão?

  3. NOTA: em relação ao debate público e seus limites, consulte a jurisprudência do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, nomeadamente um célebre acórdão que deu razão ao colunista do Publico, António Barreto, contra um antigo ministro da Educação. E já agora, consulte outro advogado. O seu é fraquito, nestas matérias…

  4. chesterton diz:

    Amenazado el Diputado Español Gustavo de Aristegui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: