Máquina Zero “desonesto” – Tayeb Habib coloca de novo a “pata na poça”

Mais uma vez, o pobre do sr. Tayeb Habib mete os pés pelas mãos. Se fosse mulher, dizia que era a burka que o impedia de ter uma visão clara do assunto. Não sendo mulher, só posso dizer que será o seu fanatismo religioso que lhe turva a visão. Acusa-me o sr Tayeb Habib de ser “desonesto” e de citar o acórdão do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem “fora do contexto”. Acusa-me de ser ignorante e diz ter lido o acórdão em inglês. Enfim, uma patacoada sem limites, apenas para tentar defender a Sharia, a lei que implica cortar as mãos aos ladrões e apedrejar até à morte as múlheres adúlteras (coisas muito civilizadas).

Para que os leitores tirem as suas próprias conclusões, aqui ficam mais alguns “galhardetes” trocados entre nós

——-

Tayeb Says:
July 10th, 2006 at 5:23 pm e

O acórdão a que se referem é cotado fora de contexto. Tratava-se de uma queixa apresentada pelo partido Refah ds Turquia contra o governo turco. Os militares na Turquia acusaram falsamente o partido Refah que este tentava impôr a lei de Sharia na Turquia contrariando assim a laicidade daquele país, se o de facto golpe militar violava o Artigo 11 da Convenção Euopeia

O que o Máquina Zero cotou é fora de contexto e desonesto. É o que se vê regularmente no que procura na google por palavras chaves e encontra as coisas erradas ou certas de acrodo com o seu ponto de vista. Lí o acórdão em inglês e pode-se visalizar em:

http://cmiskp.echr.coe.int/tkp197/view.asp?item=1&portal=hbkm&action=html&highlight=refah%20%7C%20party&sessionid=7724546&skin=hudoc-en

É interessante lêr o que o Juiz Kovler tem a dizer:

CONCURRING OPINION OF JUDGE KOVLER
(Permite-me, sr Tayeb Habib, não reproduzir na íntegra a opinião do juiz, para poupar espaço? Obrigado)

NOTA: O comentário do engº Tayeb Habib termina com a reprodução da declaração de voto do juiz Kovler. Mas que caso se julga aqui e quais as conclusões? Muito simples:

PROCEDURE

1. The case originated in four applications (nos. 41340/98, 41342/98, 41343/98 and 41344/98) against the Republic of Turkey lodged with the European Commission of Human Rights (“the Commission”) under former Article 25 of the Convention for the Protection of Human Rights and Fundamental Freedoms (“the Convention”) by a Turkish political party, Refah Partisi (the Welfare Party – “Refah”) and three Turkish nationals, Mr Necmettin Erbakan, Mr Şevket Kazan and Mr Ahmet Tekdal (“the applicants”) on 22 May 1998.

2. The applicants alleged in particular that the dissolution of Refah by the Turkish Constitutional Court and the suspension of certain political rights of the other applicants, who were leaders of Refah at the material time, had breached Articles 9, 10, 11, 14, 17 and 18 of the Convention and Articles 1 and 3 of Protocol No. 1.

(…)

– FOR THESE REASONS, THE COURT UNANIMOUSLY

1. Holds that there has been no violation of Article 11 of the Convention;

2. Holds that it is not necessary to examine separately the complaints under Articles 9, 10, 14, 17 and 18 of the Convention and Articles 1 and 3 of Protocol No. 1.

OK? Percebe agora? A decisão do tribunal foi POR UNANIMIDADE! Ao explicar os fundamentos dessa decisão, o Tribunal escreve muito claramente que um regime baseado na Sharia é contra os Direitos Humanos fundamentais! As citações que eu faço estão completamente dentro do contexto e são verdadeiras e honestas! O sr é que não sabe o que é um tribunal e um acórdão. É normal. Na Sharia, não há nada disso nem se escrevem acórdãos. É isso que você quer aplicar em Portugal?

10 Responses to Máquina Zero “desonesto” – Tayeb Habib coloca de novo a “pata na poça”

  1. Tayeb diz:

    Só para que as coisas sejam claras e que desmascare a vossa desonestidade: a votação foi unanime mas na câmara baixa foi 4 contra 3. E ainda mais é inédito porque o tribunal veio a legitimar um golpe de estado conduzido pelos militares turcos, e legitimado pelo tribunal constitucional turco.

    A minha pergunta será se os partidos fundamentalistas de Israel poderão ser considerados em clara violação do Artº 11 do Tribunal Europeu de Direitos Humanos? Não acredito que alguma vez o dito tribunal se pronunciará porque aquele país nem está na jurisdrição daquele tribunal.

    Tayeb

  2. Sliver diz:

    «A minha pergunta será se os partidos fundamentalistas de Israel poderão ser considerados em clara violação do Artº 11 do Tribunal Europeu de Direitos Humanos? Não acredito que alguma vez o dito tribunal se pronunciará porque aquele país nem está na jurisdrição daquele tribunal.»

    O verdadeiro Monsieur de la Palisse!

  3. Ó sr Tayeb Habib! Então você confirma que a minha citação é correcta (“a votação foi unânime”, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem legitimou a tese de que a Sharia é incompatível com os Direitos Humanos) e chama-me desonesto?
    Porquê? Porque na “câmara baixa” (instância da qual os extremistas do Refah recorreram) a votação foi 4 a 3? Ó sr. Tayeb, sabe que em qualquer tribunal, as decisões são tomadas por maioria? Ou para si, a maioria só conta quando as suas ideias vencem?

    Em relação a Israel e ao tribunal, você começa a ser mais engraçado que desgraçado. continue, continue, sempre é uma lufada de ar, ler os seus textos humorísticos…

  4. Sofocleto diz:

    Quanto aos atentados de Londres, atribuídos a radicais islamistas, nem uma palavra!

  5. Meu caro Sofocleto: Uma das prerrogativas da blogosfera é permitir que se discuta com quem se quer. Há vários tipos de pessoas com quem não perco tempo a discutir: bêbedos, deficientes mentais, negacionistas do Holocausto, defensores das virtudes mágicas da pirâmide, crentes nas capacidades curativas miraculosas do aloé vera e partidários da sinistra conspiração que acusa a Mossad de deitar abaixo as torres gémeas.
    Pronto, fique lá satisfeito, no seu curral, e diga que o Máquina Zero foge à discussão, que não é democrata, que é sionista, judeu, magrebino, azul às bolinhas cor-de-laranja.
    Agora, nada neste mundo me obriga a aturar uma mente tão perturbada como a sua.
    Pêsames à família, que é orbigada a tê-lo. Os amigos ainda se podem escolher.

  6. um leitor assíduo diz:

    viva makina zero,

    gostava de te relarar uma situação mas não encontro no blog o teu email.

  7. um leitor assíduo diz:

    (relatar)

  8. Ok, o meu email é este: observador06@yahoo.co.uk. Obrigado por ter assinalado a falta. Está colocado já na página.

    Máquina Zero

  9. relo diz:

    Muitos de vocês são fanaticos como Bin Laden e Hitler.
    O universo é grande e também a miseria humana de muitos judeus, membros das SS, e seguidores da Al Qaeda. Todos a mesma merda…. O mundo sofre com voces….

  10. E você sofre com o mundo, meu caro Relo! Sugiro uma acção drastica: corte os pulsos e atire-se para debaixo de um comboio. Vai ver que acaba todo o seu sofrimento perante a maldade deste mundo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: