A Europa de Chamberlain

Com os meus agradecimentos à Elise

ca0724ad.jpg

10 Responses to A Europa de Chamberlain

  1. Zé Tolas diz:

    Não vais a lado nenhum com este blog, filho. Seja de esquerda ou de direita, não basta mandar umas bojardas. É preciso ter uma certa qualidade. Para contactar com isto que tu escreves, basta ir ouvir os bêbados para a taberna. Arruma-te lá no teu sitiozinho.

  2. LOUIS XVI diz:

    Seguramente ainda é bem melhor uma taberna que um bar de alterne, mas há gostos e gostos…

  3. macillum diz:

    Por um lado, o autor deste blogue é inocente: é, sem ter disso consciência, da lavagem cerebral que vem sendo administrada ao povo europeu (pelo menos) desde há algumas gerações.
    Por outro lado, é culpado de não pensar por a sua própria cabeça.
    É um paradoxo complicado.
    Possivelmente o autor deste blogue acredita, indubitavelmente, na versão da história que lhe foi ensinada na escola, uma vez que até as enciclopédias das mais galardoadas universidades europeias e americanas confirmam tal versão.
    Ensina-se às crianças na escola que, no tempo das naus, Portugal era bom no mar e que todos os outros é que eram piratas. A mesma coisa ensinam ás suas crianças os outros países europeus: cada um deles afirma que era bom no mar e que todos os outros é que eram os piratas.
    Hoje em dia é igual: a Europa e os E.U.A., evidentemente, ensinam ás suas crianças: que a américa e a Europa são bons e que os muçulmanos é que são os maus.
    Simplista demais, não acham?
    O autor deste blogue não passa de uma dessas crianças, que cresceu e nunca despertou para a verdade.
    Aliás, ele ainda continua a acreditar que os governantes se preocupam conosco e que a televisão fala a verdade.
    É assustador!!!

  4. ELISE diz:

    Não deixo de achar impressionante como muitas pessoas facilmente toleram jihadistas como Zarqawi , Bin Laden, ou até o indíviduo que decapitou Theo Van Gogh. O cartoon não retrata um qualquer muçulmano. O Cartoon retrata os radicais que querem decapitar-nos, apedrejar-nos, ou até no meu caso enfiar-me uma burqa.

    E vocês esquecem-se que ao defenderem os jihadistas estão a fazer um péssimo trabalho em protegerem os muçulmanos moderados que querem mudanças e reformas para que o Islão militante não tenha tantos adeptos.

    http://www.jihadwatch.org/archives/012518.php

    “Canadian moderate Muslim leader quits, fearing for his life”

    Estamos todos sob ameaça de fanáticos. Todos, mesmo muçulmanos.

  5. Para o Ze Tolas e para o Macillum, um conselho que já dei a outros: suicidem-se, porque é o melhor exemplo que podem dar aos vossos filhos (e será um alívio para as vossas mulheres, caso sejam adeptos da heterossexualidade)

  6. Luar diz:

    A Europa está, de facto, preocupantemente envelhecida, aburguesada, egoísta, mole e acomodada ao seu bem-estar.

  7. Orlando diz:

    Há gente que nem com um desenho compreende (passo o comentário do Zé Tolinho, porque se tratou nitidamente de um ataque pessoal). O Macilento é uma dessas pessoas: nem com um desenho. Não consegue perceber que o que está em causa é a liberdade de ele se poder expressar livremente. É a lógica do canastrão; ou de alguém já condenado pela SIDA.

  8. João M. diz:

    Gosto da acutilância que o autor deste blog imprime nos comentários por ele tecidos. Revela que mesmo com coisas séris é possível meter umas pitadas de humor, se bem que por vezes, olhando em redor, visualizando um cenário tão catastrófico em que se encontra a nossa outrora orgulhosa e grandiosa Europa, dizia, que por vezes me dá a sensação de que nos assemelhamos a deseperados que se riem nervosamente no momento em que enfrentam o carrasco.

    Por vezes o alinhar pela versão oficial da história deixa-me desconfortável, pois no que toca à historiografia não sou tão complacente quanto o ilustre “dono” desta página.

    Já na análise à sociedade actual, e isso é o que interessa neste momento de urgência, aí estou em perfeito acordo consigo e tem em mim um admirador.

  9. A.H. diz:

    O mz é tão radical como os jihadistas ou os judeus!
    E quanto à sua “democracia”, pode metê-la num certo sitio que não vou dizer (para não baixar ainda mais o nível deste blog)!

    A elise por outro lado gosta de contar piadas:
    “Não deixo de achar impressionante como muitas pessoas facilmente toleram jihadistas como Zarqawi , Bin Laden,…”

    Será que se estará a referir aos mesmos que foram armados e treinados pelos vossos “heróis” americanos e com ajuda de outros portugueses da vossa “estirpe” “democratica”?

    F**… eu sou de direita, agora a vossa “direita” a mim metem-me nojo!!

  10. Caro A.H: E que tal invadirmos Espanha? Caramba, eles invadiram-nos e ocuparam-nos até 1640! Não percebeu? Não faz mal. quando perceber, diga qualquer coisa. Até sempre.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: