Vários pacóvios juntos não pensam melhor que um pacóvio sózinho

Boaventura Sousa Santos, o Noam Chomsky português, e José Saramago, o maior equívoco de sempre da literatura portuguesa juntaram-se a outras sumidades idênticas, alguns pategos, muito esquerdistas saudosos do ‘paizinho dos povos’ e bastantes lunáticos que estão sempre ao lado seja de quem for desde que se oponha à América. Subscreveram um documento onde apelam a qualquer coisa muito confusa, que tem a ver com a soberania de Cuba. Fossem mais novos e dizia que andavam a exagerar no haxe. Com esta idade, tudo indica tratar-se mesmo de senilidade.

Mas esta malta bandalha, tipo Saramago, que andou a sanear colegas e a censurar notícias no PREC, obedecendo apenas ao Comité Central do seu partido, não admira que sacuda o rabinho, ladre e se ponha de pé nas patas traseiras, sempre que os pulhas do Governo cubano assobiam. O coitado do Boaventura Sousa Santos vive atormentado com a sombra do Noam Chomsky. Por mais que faça, não consegue ser tão citado como ele. Dos restantes 400 que assinaram aquela colectânea de imbecilidades redigida pelo Ministério da Cultura de Cuba, 92 são brasileiros. Comunistas, muitos deles. Obedientes ao dono, portanto.

Claro que a fina flor da intelectualidade mundial não podia deixar de estar presente. Fiéis ao ódio à Liberdade, como bons intelectuais de Esquerda, assinam qualquer bosta só por causa da companhia. Chocante, é a quantidade de prémios Nobel que aparece na lista de mentecaptos defensores do regime comunista cubano. Esta gentalha já era assim antes de receberem o prémio Nobel? Ou só depois de empocharem o dinheiro e levarem para casa a medalha é que revelaram a sua admiração por certos regimes totalitários?

4 Responses to Vários pacóvios juntos não pensam melhor que um pacóvio sózinho

  1. CMF diz:

    O Chomsky pelo menos tem uma das mais importantes obras científicas do século XX. O Boaventura Sousa Santos nem isso. O seu trabalho “científico” chega mesmo a ser patético.
    (Quanto a Saramago, discordo. O homem escreve com um deus. Tal dom conviver com a estupidez revelada em questões não literárias é um dos mistérios insondáveis da vida…)

  2. Meu caro CMF, agradeço o comentário. Não concordo com tudo, mas é sempre agradável encontrar gente civilizada e culta. Sobretudo quendo se está ligeiramente fora dos cânones aprovados, como eu.
    Parabéns pela reflexão em torno da idiotice do Gonçalo Cadilhe. Quem inveja a ‘pureza’ da vida dos povos africanos merecia passar seis meses numa tabanca, nos confins da Guiné-Bissau.

  3. CMF diz:

    “Quem inveja a ‘pureza’ da vida dos povos africanos merecia passar seis meses numa tabanca, nos confins da Guiné-Bissau.”
    É isso mesmo!
    Um abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: