Manipulação noticiosa e Esquerda – A “investigação” que convence Daniel Oliveira

No habitual cantinho do Expresso, o esquerdista mais anti-isarelita da toda a blogosfera, Daniel Oliveira, rejubila e lança hossanas ao firmamento. “Uma investigação de Seymour Hersch, publicada na New Yorker, concluiu o que já parecia óbvio: quando, a 12 de Julho, o Hezbollah raptou dois soldados israelitas, o ataque ao Líbano já há muito tinha sido decidido em Telavive e Washington já tinha sido informado da guerra que se avizinhava”, escreve o Daniel Oliveira.
Como todo o bom esquerdista que se preza, Daniel Oliveira não pensa – atira-se de unhas e dentes a qualquer tese que sirva para reforçar o ódio aos EUA e Israel, culpados de todos os males que vêm ao mundo. Se Daniel Oliveira pensasse e raciocinasse, talvez não metesse tantas vezes a pata na poça.

Que “investigação” é esta da New Yorker? Uma colecção de citações de fontes não identificadas, TODAS ELAS, cujas declarações conduzem à conclusão que a Esquerda adora e a Extrema-Direita idolatra: a culpa é dos judeus. Quais são as fontes e respectivas declarações, em que o jornalista norte-americano se baseia para afirmar que Israel tinha preparado esta guerra, antecipadamente, e que o rapto dos soldados foi só o pretexto? Passo a citar:

  • “According to a Middle East expert with knowledge of the current thinking of both the Israeli and the U.S. governments, Israel had devised a plan for attacking Hezbollah (…)”
  • “(…) but early this spring, according to a former senior intelligence official, high-level planners from the U.S. Air Force (..) began consulting with their counterparts in the Israeli Air Force.”
  • “(…) a U.S. government consultant with close ties to Israel said (that “The Israelis told us it would be a cheap war with many benefits”)
  • A Pentagon consultant said that the Bush White House “has been agitating for some time to find a reason for a preemptive blow against Hezbollah.”
  • Several current and former officials involved in the Middle East told me that Israel viewed the soldiers’ kidnapping as the opportune moment to begin its planned military campaign against Hezbollah.”
  • “(…) according to several former and current officials (Cheney’s office supported the Israeli plan, as did Elliott Abrams, a deputy national-security adviser).”
  • A Western diplomat said that he understood that Rumsfeld did not know all the intricacies of the war plan.”

Sao estas a fontes contactadas pelo jornalista e que lhe garantem que Israel e os EUA tinham combinado previamente a guerra contra o Hezbollah, apenas esperando por um pretexto para a desencadear. Como leitor atento e habitual, não só de jornais como também das colunas e sites dos provedores, julgo que nenhum Chefe de Redacção, no seu perfeito juízo, admitiria um artigo destes com uma fundamentação tão pífia. Excepto, claro, no Avante, no Povo Livre e outros pasquins partidários, que são meros órgãos de propaganda política.
O Daniel Oliveira fazia melhor se lesse até ao fim os artigos cujos títulos o entusiasmam.

2 Responses to Manipulação noticiosa e Esquerda – A “investigação” que convence Daniel Oliveira

  1. Carlos Vieira diz:

    O facto é que em Israel muita gente jã se convenceu que a guerra estava premeditada e há partidos e militares que pedem a renúncia do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas israelitas depois de se saber que fez operações financeiras (vendas de acções) poucas horas depois do rapto dos soldados israelitas que serviu de pretexto para a guerra.

  2. Bem, meu caro, a verdade é que, em 1933, a maioria dos alemães estava convencida de que Hitler seria um bom governante. A questão que eu coloco não tem a ver com convicções. Tem a ver com jornalista que escreve um artigo e garante uma conclusão com base em citações de APENAS fontes anónimas. Não identificadas. Um artigo destes não merece nenhuma credibilidade.
    Quanto a convicções, cada um tens a que quer. Há quem acredite que o Capuchinho Vermelho existiu, quem esteja convicto de que o Protocolo dos Sábios do Sião é verídico e quem ache que os judeus são culpados de todo o mal que vem ao mundo. Convicções.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: