Paz a qualquer custo, “mesmo que de pernas bambas”

Ora leiam. Aqui está alguém que faz da cobardia uma ideologia. Esta, ainda não tinha visto. Mas a foto de entrada do blogue diz tudo. É o que dá, consumir demasiado “branquinha”.

  1. albimorena Diz:
    Agosto 26th, 2006 às 7:53 pm emz:
    Digamos que o sr. esteja certo: “os que não são terroristas partilham das mesmas idéias”, o seja, apoiam os que são. Então o que fazer? Exteminar a grande maioria? Matar milhões de pessoas? É assim tão simples: ou eles ou eu? Pode ser covardia como o sr diz, mas quero paz, democracia mesmo que de pernas bambas, quero acreditar em mediação, em outros caminhos.. não quero pagar um preço tão alto! E tenho a certeza de que não será preciso.
    albimorena

2 Responses to Paz a qualquer custo, “mesmo que de pernas bambas”

  1. Sliver diz:

    Oh MZ, claro que já tinha visto!!! Lembre-se disto «Antes vermelhos que mortos», famoso slogan ‘pacifista’.

  2. […] A rejeição da verdadeira identidade do inimigo permite também que o bom conspiracionista recuse o conflito. Dá-lhe o mais sólido dos argumentos, o pilar da sua tese de não-combatente, a razão última para que procure o diálogo com o terrorismo (vide Mário Soares e a dúbia posição de Ana Gomes). E essa razão, assente na cobardia, procura o diálogo acima de tudo, a paz seja a que preço for, a negociação custe o que custar. Como bem dizia uma leitora deste blogue, em comentário colocado aqui, esta gente quer “democracia mesmo que de pernas bambas”. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: