“Habemus Papa”!

Como era de esperar, a canalha extremista que pulula pelas fileiras da “religião da paz e do amor”, já está nas ruas a queimar efígies do Papa Bento XVI. Mais interessante se torna, se lembramos que os piores insultos e as ofensas mais degradantes são a tónica dominante, quase diariamente, na boca dos muçulmanos extremistas, quando se referem aos cristãos.

Ainda recentemente um pobre de um afegão que se tinha convertido ao cristianismo foi preso e correu o risco de ser condenado à morte. Acabou por ter de fugir do país, para conseguir sobreviver. Que sentido faz, sermos tolerantes perante uma religião que condena à morte os seus praticantes que se convertam a outra religião?
Felizmente, temos um Papa com ideias firmes. Um Papa que sabe que chegou o momento de agir. Ou alguém será tão ingénuo que pense que a escolha daquela citação foi acidental? Para os que ainda não conhecem bem o pensamento de Bento XVI, recomendo a leitura deste interessante texto, escrito pelo ainda Cardeal Ratzinger, em 2004.

Aqui fica um excerto: “ The West reveals here a hatred of itself, which is strange and can be only considered pathological; the West is laudably trying to open itself, full of understanding, to external values, but it no longer loves itself; in its own history, it now sees only what is deplorable and destructive, while it is no longer able to perceive what is great and pure.

5 Responses to “Habemus Papa”!

  1. Luar diz:

    Caro Máquina Zero, sem dúvida que temos – sempre pensei que tínhamos. Só receio que a sua voz, que é, afinal, um educado, inteligente, mas sentido «grito» de protesto contra a violência e o terror em que vivemos sob a tirania do Islão político, possa ser silenciada pela irracionalidade completa deste mundo em que vivemos.

  2. Cá estaremos, para não nos calarmos.

  3. Vera diz:

    Já me estranha é a Ana Drago não andar aí a espernear na tv…Estará de férias, ainda?

  4. De facto! Esquisito! Por onde andará a Ana Drago, que ainda não insultou o Papa?

  5. Roberto Alves diz:

    Caro Sr Máquina Zero (gostaria de o tratar pelo seu verdadeiro nome, mas o Sr não o disponibiliza)
    A única coisa que peca o seu texto é pela referência ofensiva da palavra canalha, sobretudo escrito por quem, em ocasiões anteriores, fez a apologia da boa educação e do respeito pelas opiniões adversas que se manifestem neste seu espaço de informação. Esta atitude igualiza-o a quem o Senhor anteriormente criticou e acusou.
    Cumprimentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: