“Bokassa Branco” ataca de novo

bokassa_ajj.gif

O émulo do antigo ditador da República Centro-Africana ordenou que o Governo regional passe a cobrar renda a todos os serviços públicos do Estado Central que ocupem edifícios considerados propriedade da Madeira. Com esta medida, Alberto João Jardim pretende compensar a Região Autónoma da Madeira pela quebra de receitas que a nova Lei das Finanças Locais irá provocar.

“A dívida pública madeirense, directa e indirecta, quase duplicou entre 2001 e 2004 (passou de 690 para 1.252 milhões de euros, montante próximo do total do orçamento), tendo neste ano de eleições regionais crescido 171% os encargos assumidos e não pagos pela região”, salienta o Diário Digital. E ainda há juízes que mandam os assaltantes de bancos para a cadeia!

17 Responses to “Bokassa Branco” ataca de novo

  1. Nuno Santos diz:

    Já agora explique como é que os Açores recebem 13 milhões de euros do fundo coesão social, inserido no plano finanças para as regiões autonomas, e a Madeira apenas….200 mil euros! Sim…veja bem, 13 MILHÕES para 200 mil euros..!
    Mais valia não dar nada, sempre não gozavam tanto com a cara dos Madeirenses.
    O Sr. Jardim não está a fazer um jogo bonito, é verdade, mas este governo central é que decidiu começar a sua aniquilação sem pensar que quem sofre primeiro é o povo Madeirense, salvo seja, mais PORTUGUESES a sofrer com o poderio de Lisboa!

  2. Mas o que é que vocês estão à espera para declarar a independência?

  3. Nuno Santos diz:

    Eu não estou à espera de nada..
    Há muito tempo que eu, assim como muitos, me considero mais Português do que alguns que por ai andam no “continente”…
    Já agora, porque quer tanto que isso aconteça?
    Basta haver um pouco de mar entre terra pra haver tanta xenofobia?

  4. Poupávamos dinheiro.

  5. Nuno Santos diz:

    muito bem.
    fiquei sem resposta a tanta barbaridade.
    com esta pergunto-me se portugal não se quer a si próprio, porque não deixar que outros ” os que odeia” queiram algo deste pedaço de terra..
    eu até concordava em defender Portugal como voçê, até me aperceber que afianl não pensa assim.
    quer defender só o que lhe é mais próximo.
    n precisa responder, já sei o seu pensamento!
    só lhe interessa o que vê.

  6. Óptimo. Estamos entendidos.

  7. Vera diz:

    “Já agora explique como é que os Açores recebem 13 milhões de euros do fundo coesão social, inserido no plano finanças para as regiões autonomas, e a Madeira apenas….200 mil euros! Sim…veja bem, 13 MILHÕES para 200 mil euros..!”

    Compara o desenvolvimento da madeira (portos, turismo, as conehcidas festas de ano novo, tudo o que o Sr Jardim tem feito por lá e que o povo adora) com o desenvolvimento dos Açores…… Os fundos existem para isso mesmo: para um aCOESÃO SOCIAL, e essa coe~sao nunca será conseguida se os açores não progredirem..há um saldo a distribuir, e os açores são os mais necessitados neste momento.

  8. Vera diz:

    Não é o Jardim que está sempre a falar mal de Lisboa, e que quer masi autonomia e o raio…então, pode começar pela autonomia financeira! já é um grande passo. Ou prefere dar coices e vir sp pedir dinheiro? aí tem a possibilidade de ter autonomia… e de mostrar se realmente é capaz de governar a madeira, ou se é ainda pior que os do Continente.

  9. Nuno Santos diz:

    Pois bem, concordo plenamente que os açores recebam mais $ do que a madeira, e falo no contexto geral, nem é só no caso de programa de coesão social..
    Agora, de 13 milhões para 200 mil euros, haja lata..
    As maravilhas de que tanto falta, turismo e festas de ano novo, xeira-me a mais inveja que outra coisa, e não tou a ver roubar $ do estado para construir os tais afamados hoteis 5 estrelas, são todos privados.
    Posso lhe indicar outras coisas, um exemplo que foi retirado, tanto à madeira como aos açores: preço das revistas, jornais etc,
    Era um preço geral para todo o território português, pois bem, agora tiram essa lei e metem mais caro para as regiões. Como se transportar “Cultura” numa companhia estatal saisse caro! E como se fosse mais caro e dificil transportar uma revista com impressão em lisboa para as Regiões Autonomas do que por ex Bragança….!
    Outra coisa que tiraram foi subidios pra desporto, agora as equipas regionais não recebem subsidios que recebiam para viajar até ao continente de forma a disputar os jogos.
    Grande exemplo, o Madeira CAB, campeão nacional de Andebol, falta a maior parte dos jogos por falta de fundos!
    São partes essenciais para o desenvolvimento do povo português, cultura desporto, etc…todos retirados.
    Conclusão, comparar 13 milhões com 200 mil euros, ainda por cima dando como desculpa o desenvolvimento trazido por meios privados entre ilhas é um absurdo, concordo que recebam mais, sõa muitas mais ilhas, concordo até que recebam o dobro! agora esse numero é pra rir..
    E é claro que os continentais defendem os açores, são aquele carneiro mal morto que não abre o bico pra nada! nunca se keixa e fica nakele monte de inércia! Não se xateiam, só serve pra receberem a mensalidade dos EUA por causa das Lajes.
    O problema aqui não é a Madeira conseguir a independencia, garanto que pode, garanto que ficariamos melhor (bastava tornar isto um paraíso fiscal), ex Luxemburgo!, o problema é eu Ser Português e estar a ser esquecido disto tudo!
    70% dos impostos que eu pago, não vão pro orçamento do governo regional, vai pro governo central! Ah pois é…
    Falam falam, cortam cortam, qualquer dia cortem lisboa e tornam isso 1 ilha..

  10. o leitor assíduo diz:

    ker ke sejam os meus impostos a pagar o transporte das ekipas desportivas da madeira?…devem ser, isso sim, os impostos dos madeirenses…mais uma razão para declararem independencia…
    A questão é: será que se as contas forem feitas com base nakilo que os madeirenses pagam vcs podem ter tudo isso?…
    claro ke nao!
    Mas atrevam-se….declarem a independencia!!!

  11. Nuno Santos diz:

    nunca seriam os seus impostos, estamos ainda cientes que existe uma empresa estatal a operar os vôos!
    Alias, mais valia se calhar que não ouvesse, assim talvez nem fosse preciso, só uma empresa estatal com monopolio consegue criar preços tão absurdos.
    Nós não queremos tudo, onde é que já me viu pedir mais do que voçe tem direito?
    Mas não acho justo que uma portugûes em bragança ou lá nos confins opé espanha, pague mais barato por um simples jornal do que eu! não concordo, não consigo!
    O que lhe digo mais é isto, apesar de haver imensos melhoramentos nos ultimos anos, ainda há um défice de serviços que não conseguimos ter cá em relação a viver no continente. Só nos queixamos digo-lhe já, dos mais essenciais e discrepantes!
    Não percebo, é porque não olham para a Madeira como parte de Portugal! É mentira que todos queiram independencia, maior parte não a quer !
    Não podem julgar uma região inteira por 1 presidente e pelo que vêm na tv!
    Assunto de independecia ou não à parte, é triste ser e nascer portugûes pra nos vermos julgados e postos à parte pelo resto do país como “os outros”!

  12. Não olhamos para a Madeira como sendo Portugal porque o vosso passsatempo favorito é insultar os portugueses, (como se vocês fossem alemães…)acusando-os de roubar, de serem bandidos e cubanos, etc, etc. Por favor, declarem lá a independência! Nós poupávamos dinheiro e vocês transformavam-se num entreposto de tráfico de droga a partir da Venezuela!

  13. Vera diz:

    “As maravilhas de que tanto falta, turismo e festas de ano novo, xeira-me a mais inveja ”

    Inveja? Inveja porque, se no Continente temos mais? Invejas é coisa de nortistas..

    ““Cultura” numa companhia estatal saisse caro! E como se fosse mais caro e dificil transportar uma revista com impressão em lisboa para as Regiões Autonomas do que por ex Bragança….!”

    Er…então e não é…? PAra Bragança vai de carro…

  14. De carrinha, diria eu…

  15. Açoriana diz:

    13 milhões para os Açores e 200 mil para a Madeira?! Não acredito!! Gostava de saber onde é que isso está escrito (de uma fonte fiável, de preferência)…

  16. Miguel diz:

    “Mas não acho justo que uma portugûes em bragança ou lá nos confins opé espanha, pague mais barato por um simples jornal do que eu! não concordo, não consigo!”

    E, muito mais escandaloso que isso, eu não concordo que um madeirense pague 12% de IVA quando eu pago 21%…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: