Notícias da “religião da tolerância” e dos cobardes que a apoiam

koran5.jpg

  • Uma funcionária cristã da British Airways foi suspensa, depois de se recusar a retirar uma pequena cruz suspensa de um fio, ao pescoço. A empresa alega que violou as normas da companhia, que permitem aos muçulmanos e sikhs usar símbolos da sua religião, como o véu, os turbantes e as adagas. Só os cristãos estão proibidos de usar símbolos religiosos.
  • Farmacêutico muçulmano, em Inglaterra, recusou-se a vender a “pílula do dia seguinte” a uma mãe de dois filhos, de 37 anos de idade, por razões de carácter religioso.
  • Líderes muçulmanos querem alterar a data dos Jogos Olímpicos de 2012, a realizar em Londres, devido ao facto de o calendário dos jogos coincidir com o Ramadão, época em que os muçulmanos praticam o jejum.
  • Polícia britânico foi dispensado de prestar serviço na segurança da Embaixada de Israel. O polícia, muçulmano e de origem libanesa, terá manifestado aos seus superiores receio pela segurança de familiares no Líbano, caso fosse prestar serviço na Embaixada de Israel.
  • Rainha de Inglaterra instalou uma sala de orações para um elemento muçulmano do seu staff, no Castelo de Windsor.
  • Empresa planeia “hospital muçulmano”, na Holanda. O hospital terá zonas distintas para homens e mulheres, com médicos e enfermeiros exclusivamente do mesmo sexo.
  • Gangs islâmicos aumentam na zona Sul de Londres.
  • Motoristas de táxi muçulmanos de Minneapolis, nos EUA, recusam transportar passageiros que levam consigo garrafas de vinho ou outras bebidas alcoólicas, alegando razões religiosas.Transexuais também são vítimas de discriminação pelos mesmos motoristas muçulmanos.
  • Estudante agredida à pedrada por não respeitar o Ramadão, numa escola francesa.
  • Abdul Rasheed Majekodumni, motorista de táxi em Londres, recusou transportar uma inglesa cega, que se fazia acompanhar pelo seu cão-guia. O motorista, muçulmano, alegou razões religiosas para o fazer. O Islão proíbe todo o contacto com cães, que considera animais impuros.
  • Cidade italiana planeia criar praia exclusivamente reservada a mulheres muçulmanas.

4 Responses to Notícias da “religião da tolerância” e dos cobardes que a apoiam

  1. Gentio puro diz:

    Nada de andar ou estar com criaturas imundas.
    Assim todas as outras pessoas também deveriam recusar viajar junto de maometanos ou de os transportar.
    Nunca se sabe quando podem explodir.
    E a avaliar pelo que pensam e dizem o repectivo interior não é lá muito puro.
    Não são eles que até fazem estradas separadas.
    E ainda há mais coisas muito “interessantes ” sobre os fanáticos seguidores de maomé.

  2. Mas será que você acredita em tudo o que esses jornais escrevem? Parece impossível. Daqui a pouco também vai afirmar que houve um arrastão em portugal… Santa paciência…

  3. Não. só acredito no que leio nos jornais que você cita, no seu blogue…

  4. John diz:

    É incrivel a hipocrisia muçulmana.
    A cada dia me surpreendo mais.
    Proibem tudo. Vêe pecado em todos os lugares. Só não é pecado matar ocidentais, espancar mulheres, fazer contratos de casamento com varias mulheres só para passar uma noite. Proíbem a tecnologia, mas adoram as últimas inovações em armas. Constroem palácios suntuosos, oprimem os pobres e controlam com sua leis bizarras jovens sem perspectiva. É uma hipocrisia mesmo. Como é bom ser Cristão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: