“Camaradas” sempre, sempre ao lado da escória

grafitiseixal.jpg

Os comunas da Câmara do Seixal promovem um festival de grafitti, convidando meia-dúzia de vadios para encher um muro de rabiscos, a que chamam “arte urbana de rua” (?). Longe vão os tempos em que os “comunas” organizavam dias de trabalho para a Nação ou campanhas de limpeza. Agora, promovem uma das mais asquerosas manifestações de vandalismo provenientes dos guetos afro-norte-americanos. Já não se fazem “comunas” como antigamente, gente séria, honesta e trabalhadora, que pegava numa enxada e abria regos na massa encefálica de algum destes “artistas de esgoto” que ousasse pintalgar a parede da sua casa.

15 Responses to “Camaradas” sempre, sempre ao lado da escória

  1. Vera diz:

    Já não se escrevem livros nos cafés…já não se desenha ao ar livre, num papel… coisas básicas e mt pequenas que vão desaparecendo…e em vez de organizar um concurso de verdadeiras artes, para as promover junto dos mais novos..não.. é isto que se vê.

  2. Por acaso moro no Seixal mesmo ao pé do local onde se realizou esse festival de graffiti. Foi das coisas mais interessantes que vi nos últimos tempos. Pena que o autor do artigo seja cego, não queira ver(é o pior cego…),goste de opinar sobre o que não sabe e, ainda por cima, goste de induzir em erro colocando uma foto que nada tem a ver com os espectaculares graffitis que lá foram desenhados.
    Quanto ao seu asco a comunistas, pretos, muçulmanos, mulheres, crianças… Apenas lhe posso dizer que cada um tem os seus ascos de estimação. Eu, por exemplo, não gosto de asnos.

  3. Ó meu caro, você tem um problema dramático! Se não gosta de asnos, como é que consegue fazer a barba?

  4. Saraiva diz:

    Talvez com Gillette Mach3. Que tem um escanhoar mais suave. Mas o que é que isso tem a ver com asnos?

  5. Para fazer a barba, o Homem das Cidades tem que se ver a si próprio ao espelho…

  6. pensador diz:

    Pelos vistos o nosso amigo máquina zero é preconceituoso e está orgulhoso de o ser.
    E é também estúpido que nem um carro!

  7. Não faz mal, meu caro. Antes isso que comunista.

  8. Se o Sr.Maquina não viu os graffitis pq é que opinou como se os tivesse visto? Já só lhe falta chamar nazis aos graffiters…

  9. pensador diz:

    “Não faz mal, meu caro. Antes isso que comunista.”

    ____

    Pois olhe meu caro, não sou comunista (não tenho seuqer partido) tenho amigos comunistas, são pessoas fantásticas e em termos de humanidade estão muitos furos acima de você.
    Eu teria vergonha em o ter a si como amigo!Quiz o destino (felizmente) que eu não o tivesse conhecido e espero bem não ter o desprazer de vir a ter esse azar.

  10. Não preciso de ver os grafitis. Tal como não preciso de ver uma violação ou um assassínio, para ser contra.
    Não posso ser amigo de um comunista. Tal como não posso ser amigo de um neo-nazi ou de um militante de extrema-direita. Acredito na Democracia e não defendo ditaduras, como os comunistas e os militantes de extrema-direita.
    E para mim, estão todos no mesmo saco: defensores de ditaduras, com desculpas diferentes.

  11. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Alguns graffiters são verdadeiros artistas!

  12. Pois. É pena que utilizem a parede das casas compradas pelos outros, os autocarros e comboios pagos por todos nós. Deviam pintar-lhes as mães às riscas preto e branco.

  13. pelayo diz:

    O problema dos grafittis não tem a ver com a menor ou maior qualidade artística dos mesmos. Gostos não se discutem.
    O problema dos grafitis é que a esmagadora maioria dos seus autores não respeita a propriedade privada ou a propriedade pública. Levam a sua “arte” a quem a não quer.
    Justamente associados à marginalidade, conspurcam o meio envolvente, procurando importar a sub-culturas dos marginais americanos.

    Por é que não pintam a sua própria casa e por dentro?

  14. Nicolae da Romênia diz:

    Os melhores e mais igualitários países do mundo são os chamados covardamente de “capitalistas”, USA, Inglaterra, Alemanha, Japão, França, Austria, Suiça, Suecia etc. onde se enfiaram na CUADA dos “capitalistas” milhares de idiotas socialistas portugueses para “sofrerem” no “capitalismo”! Os mais miseraveis, corruptos e famintos países são as Merdas Socialistas de Cuba, Coreia comunista, China, Vietnã, Laos, Angola e Moçambique! Morte ao socialismo explorador!

  15. Commie4ever diz:

    É melhor ser Comunista do ke fascista komo vcs ke escrevem neste blog…
    Esses tais paises ke mencionam como a coreia NAO sao comunistas, sao apenas ditaduras fascistas ke se intitulam comunistas. Morte aos fascistas e Nacionalistas portugueses!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: