Quase 10 anos depois – António Colaço foi assassinado

Peritos do Instituto de Medicina Legal concluíram que António Colaço, vereador da Câmara de Almodôvar, foi assassinado. O corpo do vereador foi encontrado, no Verão de 1997, carbonizado dentro do seu carro, um Opel Astra a gasóleo. As janelas do carro estavam todas fechadas (embora estivéssemos em Agosto e Colaço fosse um fumador inveterado) e o veículo trancado. As chaves do carro não foram encontradas. Naquele modelo do Astra, as portas só podiam ser trancadas com as chaves e de fora do carro. Tanto a GNR como a PJ consideraram que foi acidente e que o carro – a gasóleo!!! – explodiu, quando se despistou, “em resultado de incêndio na tubagem da gasolina”, considerou o Laboratório da Polícia Científica.

Em 1989, um Procurador do Ministério Público achou a história estranha e mandou enxumar o corpo. Na parte posterior do crâneo havia um pequeno orifício, com derrame de massa cerebral, consistente com o orifício provocado por uma bala. Os técnicos do Instituto de Medicina Legal perderam o crâneo. Um inquérito foi levantado, como escreve o Correio da Manhã, e arquivado sem que ninguém fosse punido.  De salientar que António Colaço denunciou, em 1992, alegados negócios imobiliários feitos na Câmara de Almodôvar, que foi presidida durante muitos anos pelo seu camarada do PS António Saleiro, posteriormente Governador Civil de Beja e hoje em dia, presidente da Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: