Mexicanos miseráveis, imbecis e mal-agradecidos

imigramexico.jpg

Por estranho que pareça, ainda me consigo indignar. Julguei perdida essa capacidade, depois de ouvir tantas vezes o Boaventura Sousa Santos e o Francisco Louçã. Mas afinal, ainda havia um resquício de sensibilidade que resistiu a estas duas aventesmas. E confesso que até saltei do sofá, esmurrei a palma da mão, larguei três impropérios em voz baixa (embora a mulher estivesse na cozinha) e bufei meia-dúzia de vezes.

Apeteceu-me ter menos 20 anos para poder fazer mais que resmungar, protestar e votar contra, de quatro em quatro anos. E porquê? Porque, ó Senhora do Almortão, estes anormais destes pés-descalços destes mexicanos, esfomeados, corruptos, traficantes de droga e assassinos, que não conseguem governar-se civilizadamente e quase se comem uns aos outros no seu país, queixam-se de que a construção de um muro na fronteira com os EUA é um atentado contra os Direitos Humanos.

Como? Então um país que toma medidas para impedir a prática continuada de um crime, está a atentar contra os Direitos Humanos? Claro que a indignação é manifestada, basicamente, por anormais cujos cérebros estão profundamente delapidados pelo consumo de muita tequila e tacos estragados e por jornalistas de Esquerda, que reproduzem qualquer arroto, desde que tenha cheiro de anti-americanismo (está-lhes na massa do sangue, são clonados para isso…) Mas já não deve faltar muito para o José Saramago ir em romaria a Tijuana, apelar aos proletários de todo o mundo para que destruam a vedação. Aliás, consta que o comuna mais famoso de Portugal já abriu as portas da sua luxuosa casa na ilha de Lanzarote, nas Canárias, para dar abrigo a alguns dos muitos milhares de imigrantes ilegais africanos ali chegados… Pois, pois…

7 Responses to Mexicanos miseráveis, imbecis e mal-agradecidos

  1. Fernando Alves diz:

    Para que toda a gente compreenda a dimensão deste problema: são 400000 os emigrantes mexicanos que passam a fronteira todos os anos.

  2. Antonio Marcelo diz:

    O camarada Saramago criticou as medidas pseudo-repressivas do governo espanhol contra a imigração maciça nas Ilhas Canárias. Defendia um futuro de mestiçagem e de tolerância e não se importava do facto de haver quase cem milhões de africanos dispostos a emigrar. Claro, não acolheu imigrantes na sua luxuosa mansão.

    Uma antiga ministra de cultura espanhola, hoje em dia Presidenta da Comunidade Autónoma de cria que o dito camarada era uma escritora chamada Sara e apelidada Mago.

  3. Antonio Marcelo diz:

    Espanha está a gozar agora das delícias da imigração maciça de ibero-americanos. Antes tinha lástima de aqueles pés-descalços, mas agora que conheço o problema em primeira mão, mudei de ideias.

    No século XIX, os mexicanos tiveram essa “generosidade” com os imigrantes anglo-saxãos em Texas, Califórnia e Novo México. Em vez de atirar contra eles e expulsá-los, os mexicanos acolheram-nos fraternalmente. Afinal, quando eles foram mais numerosos separaram-se de México.

    Os Estados Unidos deviam aprender de essa experiência e travar essa invasão. Pouco importa que sejam soldados ou camponeses famintos. A longo prazo as consequências podem ser iguais. Acho que qualquer Estado tem o direito de defender o território e acolher a quem quiser.

    Falando em Portugal, fico muito indignado ao ver aos filhos e netos de aqueles que assassinavam portugueses no mato, assaltarem comboios e banhistas nas praias de Estoril. Se queriam a liberdade, já conseguiram. E se não estavam preparados para a independência, que se lixem.

  4. leitor assiduo diz:

    oh maquina zero…nao sei onde esta’ o seu email…portanto ca vai: sendo vc um “blogger” dedicado pode mandar para o meu email sff um conselho a nivel de como saber quem visita o meu blog?…isto parece surreal mas ando a ser perseguido(noutro blog onde comento) por um ratardado qualquer comunista. Mails ameacadores e tudo. Estes gajos sao mm de uma raca que ate ja cheira mal a’ distancia. Ainda bem que temos um maquina zero…senao para nao ter visitas em casa kk dia era obrigado a dizer sempre “abaixo salazar”.

    PS: peco desculpa pelos erros mas escrever num teclado ingles da’ nisto!

  5. o leitor assíduo diz:

    entao responda sff ao mail que lhe enviei…..obg

    abraço

  6. […] {Novembro 05, 2006}   Nós é que nos indignamos Entrada de Máquina Zero em MáquinaZero […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: