Tiago Pregueiro, um português auto-flagelante

Li e reli este comentário, do jovem Tiago Pregueiro que bloga aqui. O autor é um exemplar daquilo que de mais asqueroso a civilização ocidental produziu. O jovem Tiago Pregueiro  só vê um “grande culpado” para os “gravissimos problemas da imigração ilegal”: “(…) O mundo cristão, ocidental, ou como lhe queira chamar. O nosso portugalzinho é também um dos culpados desta imigração. Fomos nós que invadimos áfrica, a colonizamos, e lhe tiramos todos os recursos explorando tudo o que havia a explorar, incluindo as gentes africanas, as quais escravizamos e tratamos como animais durantes séculos.”

O jovem Tiago Pregueiro diz que se orgulha do seu país, mas tem “muita vergonha e desprezo pelo seu passado colonialista”. O jovem Tiago Pregueiro pensa que “nós todos, estamos em dívida para com África! E devemos, sem sombra de dúvidas, acolher aqueles que tentam fugir da morte.” Espero que o jovem Tiago Pregueiro seja coerente com o que defende e esteja disposto a dividir a sua casa com uma dúzia de senegaleses, para os acolher.

72 Responses to Tiago Pregueiro, um português auto-flagelante

  1. Vera diz:

    ” e lhe tiramos todos os recursos explorando tudo o que havia a explorar”

    ahahahaah Na volta nunca pisou em África, e manda para o ar as asneira que já ouviu alguém dizer.
    Se há coisa que Portugal não soube fazer foi explorar os recursos naturais, de Angola por exemplo, como deve ser.

    E já agora, para quem não sabe, todas as empresas estrangeiras que exploram recursos em África pagam vários milhões e milhões ao ano, aos governos regionais e nacionais. E os governadores depois é que tratam do dinheiro…Mas se não o tratam bem, a culpa é deles , e não dos ocidentais que cumprem o seu dever.

    O menino Tiago também me deve ser capaz de explicar: Se não fossem os estrangeiros a explorar, eram os africanos que lá estavam com sondas e estudos geológicos? Viviam melhor sem as verbas que recebiam das empresas estrangeiras que lhes exploram o terreno com a devida autorização e cumprimentos legais?

    É preciso ser mt tapadinho e ir na conversa da treta. O problema em África está na corrupção dos líderes que o povo não tira de lá e se for preciso até os reelege.

  2. Ah desculpe, então você acha que Portugal deveria ter explorado melhor os recursos de angola? Sim, realmente, fomos burros em não ter roubado tudo o que podiamos antes de sairmos de lá.

    E sim, as ditaduras perduram em áfrica, mas, como no caso angolano, a culpa é também dos colonizadores que, tal como portugal, abandonaram estes países à sua sorte, e como tal à mercê de opurtunistas. A verdade é que àfrica inteira foi colónia dos europeus durante séculos, e isso é um facto. Só após a II GM é que começaram a descolonizar o continente. Logo não foram 50 anos de história que fizeram de áfrica o que ela hoje é, mas sim séculos de escravidão e de colonização.

  3. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Tiago Prequeiro, não se “esforçe” muito para que a cara Vera entenda o que escreve. Digo para não se esforçar, na medida em, é difícil tal menina o compreenda. Vai ter que teclar muito e do outro lado só vai ler argumentos repetitivos… Boa sorte! E se é dos meus, força!

  4. Daqui a 600 anos, ainda o colonialismo é culpado pela miséria em áfrica…

  5. Caturo diz:

    A arenga de Tiago Pregueiro não se sustenta, ficando ao nível do lugar-comum asquerosamente auto-culpabilizador.

    Primeiro: os filhos não são culpados dos crimes dos pais, motivo pelo qual nem os Portugueses nem os outros Europeus têm qualquer responsabilidade no que se passa hoje em África.

    Segundo: mas se se quiser mesmo enveredar por aí… se tem mesmo de haver responsabilização histórica, então também têm de existir, digamos, agradecimentos históricos, e, nesse caso, os Africanos

    estão em dívida eterna

    para com os Europeus, uma vez que a abolição da escravatura é um produto exclusiva e unilateralmente europeu

    Quanto à sua resposta ao que a Vera certeiramente disse, não passa da banalidade repetitiva, prontamente secundada pelo «P. é lindo e mai nada», também useiro e vezeiro em insignificâncias repetidas ad nauseam.

  6. LOUIS XVI diz:

    Parabéns caro caturro, Já agora caro Máquina, não faça o favor ao menininho tiaguinho de lhe dar atenção pois ele aproveita para “colar” o respectivo “blog ??” ao sucesso que o seu já tem…Os cumprimentos devidos…

  7. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    “(…) não passa da banalidade repetitiva, prontamente secundada pelo «P. é lindo e mai nada», também useiro e vezeiro em insignificâncias repetidas ad nauseam”, escreve o caro Caturo.
    É a sua opinião. Não é a de todos.

  8. Caturo diz:

    É a sua opinião. Não é a de todos.

    Tal como a sua opinião sobre o que a Vera escreve não é a de todos.

  9. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Pois claro, caro Caturo. Nem mais. Mas quem é que disse o contrário?
    Quem é que levantou tal questão?
    O que escrevo, incomóda-vos. Só pode ser essa a resposta.

  10. jornada diz:

    Acho interessantíssimo vosso vocabulário. Desculpem ser tão directo, mas as ideias são as de sempre. E maquinazero, foi um bocado baixo o seu post, uma coisa é discordar e apontar discordâncias e outra é acicatar o ódio. Para quê?

  11. Caturo diz:

    Quem é que levantou tal questão? O que escrevo, incomóda-vos. Só pode ser essa a resposta.

    Você é que levantou a questão; você é que veio aqui falar contra o que a Vera disse, sem contudo referir os argumentos da dita participante.

    Por conseguinte, fica evidente que o que a Vera escreve é que o incomoda a si…

  12. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, quem levantou tal questão foram os senhores, como todos podem constatar.
    Agora, não posso ter uma opinião diferente da da cara Vera sobre o aborto?! (vejam em: https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments).

    Então, mas este blogue não se auto–intitula como democrata?! Está à vista de todos o que entendem por Democracia. Se alguém tinha dúvidas, o senhor fez o favor de as esclarecer. Certamente, que todos os leitores de blogue agradecem.

    O senhor está mesmo incomodado comigo. Porque será?! Agradecemos a importância que nos dá e que atribui aos nossos comentários. Vimos que os mesmos lhe merecem atenção e análise.

    ” (…)sem contudo referir os argumentos da dita participante (…)”, escreve Caturo. É a sua opinião. Não é a de todos. Tanta defesa à menina Vera. Não se sabe defender?! A resposta é clara: não sabe mesmo. No “debate” que tive com a cara Vera acerca da despenalização do aborto, é notório, e todos podem ver que os seus argumentos não incomodam ninguém. Melhor: incomodam pela ignorância, divagação… Várias vezes se dispersou, misturando tudo. E porquê? Por falta de capacidade argumentativa, longe de ser satisfatória para defender o Não ao aborto. A menina ou mulher já estava desesperada (mas claro que lhe damos o benefício da dúvida, para outros “debates”). E desesperados andam todos vocês: MZ e companhia. São mesmos intolerantes!

  13. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    ” (…) Vemos que os mesmos (…), fica a correcção. Verbo ver.

  14. Continuo à espera que o Tiago Pregueiro diga se está ou não disposto a partilhar a sua casa com meia-dúzia de imigrantes senegaleses, já que ele considera que é obrigação dos portugueses acolher os imigrantes africanos…

  15. Vera diz:

    “Ah desculpe, então você acha que Portugal deveria ter explorado melhor os recursos de angola? ”

    Eu não disse que era bom ou mau. Apenas disse que não exploramos a sério os seus recursos. Alguma mentira nisto? Ah, então pronto, não comecem já a distorcer. Eu sei que gostam..mas acalmem-se.

  16. Vera diz:

    “É a sua opinião. Não é a de todos. ”

    Éa a dele, a minha, a do MZ, a do Loius…queres mais ou já chega?

    Portugal é lindo, tu a única coisa que fazes neste blog é dizer que as pessoas não tem competência para..qualquer coisa~, conforme a tua opinião. Naquele tema do aborto não foste capaz de desmontar ou dar um único argumento. E depois eu é que sou a menina que não percebe nada. Se eu sou a menino, tu já devias ser o homem com a obrigação de dizer qualquer coisa de jeito, menos que não seja uma opinião igual à nossa, mostravas que tinhas algum valor intelectual.

  17. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Lá está a cara Vera a espernear, a bater o pé.
    Caríssima, acho de mau tom tratar–me por tu. Certamente que concorda comigo. Que eu saiba não nos conhecemos.

    Quanto ao assunto do aborto está à vista de todos em: https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments

    A Vera está mesmo com o “debate” entalado na garganta. Beba um golo de água.

  18. Caturo diz:

    Caro Caturo, quem levantou tal questão foram os senhores,

    Não, foram mesmo vocês, como aliás se pode constatar.

    Agora, não posso ter uma opinião diferente da da cara Vera sobre o aborto?!

    Claro que pode. Do mesmo modo, quem tem uma opinião contrária pode deitar abaixo os vossos argumentos.

    Ou não pode?

    Claro que pode. E tanto pode que o fez, como se pode ver em: https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments).

    Então, mas este blogue não se auto–intitula como democrata?!

    Claro que o é. Se o não fosse, você nem sequer podia aqui escrever, que é aliás o que acontece em vários blogues esquerdistas.

    O senhor está mesmo incomodado comigo

    Isso queria você… para «se vingar» do facto, por demais evidente, de que é você e quejandos quem se sente incomodado pelo que aqui dizemos, como aliás a sua primeira mensagem nesta caixa de comentários sobejamente comprova.

    …)sem contudo referir os argumentos da dita participante (…)”, escreve Caturo. É a sua opinião. Não é a de todos.

    Tal como a sua opinião sobre o que a Vera diz não é a de todos.

    Tanta defesa à menina Vera. Não se sabe defender?!

    Tanto sabe que demoliu a sua argumentação. Não vim para defender a Vera ou a sua argumentação, mas para rebater a sua, «por. é lindo». De resto nem sequer apareci na caixa de comentários onde a Vera deita por terra o que você balbucia repetidamente, sempre sem nada de jeito para dizer.

  19. Caturo diz:

    Beba um golo de água.

    Sim, Vera, bebe água que te faz bem… não te metas na pinga, senão ainda acabas por ficar aí pelas esquinas a dizer asneiras anti-racistas e a repetir sempre as mesmas alarvidades e cobardias pró-imigração…

  20. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caríssimo Caturo, os seus olhos vêem o que mais ninguém vê. A tal questão foi levantada pelos senhores. Contra factos não há argumentos.
    Todos temos direito à nossa opinião. Mas daí a dizer que os argumentos da cara Vera deitam abaixo os meus sobre o aborto, vai uma grande distância. Mas mais uma vez é a sua opinião, dos seus colegas e amigos. Poupe-me com a sua conversa da treta, porque para “Conversa da Treta” já temos bons actores que a fazem com sabedoria.

    Todos podem opinar, nomeadamente, sobre o “debate” em causa: https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments

    Não influencie as pessoas. Deixe que as mesmas formem as suas opiniões de forma livre, independentemente de serem a favor do Sim ou do Não à despenalização do aborto.
    ” (…) Claro que o é. Se o não fosse, você nem sequer podia aqui escrever, que é aliás o que acontece em vários blogues esquerdistas (…), diz Caturo a querer demonstrar que este é um blogue democrático. Conclusão: com esta sua afirmação, mais uma vez disse tudo. Ou seja, este blogue é tudo menos democrata.

    Não ataque os blogues ditos esquerditas. Mais uma vez se confirma que de democrata não tem nada. E se sou de Esqueda, de Direita ou do Centro não é relevante. Mas se ainda não percebeu, eu digo-lhe que não sou de esquerda. Não sou é da extrema direita como os senhores demontram ser. Mas cada qual com as suas ideologias políticas.

    “Caro Tiago Prequeiro, não se “esforçe” muito para que a cara Vera entenda o que escreve. Digo para não se esforçar, na medida em, é difícil tal menina o compreenda. Vai ter que teclar muito e do outro lado só vai ler argumentos repetitivos… Boa sorte! E se é dos meus, força!”, este foi o meu primeiro comentário neste post. O caro Caturo diz que por fazermos tal comentário se deve ao facto de estarmos incomodados com este blogue. Mas isto merece resposta?! Não! Para bom entendedor meia palavra basta.
    Já percebemos que acha os argumentos da Cara Vera sobre o aborto mais válidos do que os nossos. São opiniões. Repetição, falta de argumentação e divagação… não falta a cara Vera. E agora, pelos vistos, o caro Caturo já foi contaminado. Ou então, já é de nascença. Mas olhe que ainda está a tempo de abrir as pestanas. Não as queime, com repetições.

    Você é lento a entender as coisas.

    A caríssima Vera é livre de beber golo de bebida que quiser, para engolir o dito debate. O importante é tirá-lo da garganta!

  21. Vera diz:

    “Caríssima, acho de mau tom tratar–me por tu. Certamente que concorda comigo. Que eu saiba não nos conhecemos.”

    ahaha hilariante! Epá..desculpe lá. Primeiro maltrato a língua portuguesa (enquanto o senhor prefere maltratar fetos. Cada um tem a sua opinião.) agora é isto… é mesmo o bate boca que não diz nada.
    Quanto ao conhecer..não, não o conheço pessoalmente mas topo esse tipo de conversa a léguas! é que não sei se já reparou mas aqui, neste blog, sendo democrata ou não, é o único que não argumento…e que eu me lembre, quem tinha o hábito de não argumentar eram os ditadores e não so democratas.

    “Contra factos não há argumentos.”

    O que vale é que pra si é tudo factos…será por isso que não dá argumentos? Fico à espera de resposta… (ah não, mas agora vai dizer que não responde aos meus disparates, já me esquecia…)

    “Você é lento a entender as coisas.”

    Aí fala o mestre..

    “A caríssima Vera é livre de beber golo de bebida que quiser, para engolir o dito debate. O importante é tirá-lo da garganta!”

    Eu não preciso de tirar nada da gargante porque, ao contrário de si, tenho as coisas no cérebro.
    Mas já agora, se quiser continuar a demonstrar a sua faceta verdadeiramente democrata pode dizer quantos centilitros aconselha… Se isso lhe faz crescer o ego… é que quanto maiores são so complexos mais revoltada fica a pessoa, e nós não somos a favor disso, embora a juventude bloquista possa dizer o contrário.. (já viu como aceitamos as diferenças..)

  22. Vera diz:

    “Repetição, falta de argumentação e divagação”

    Podia dizer que eram as suas características..se um dia se atreve-se a pronunciar um só argumento. Como é que os vossos argumentos podem ser mais válidos que os meus se nem se quer os dão?

    O que nos incomoda, senhor pensa rápido, é o facto de ter que estar a perder tempo com pessoas que não sabem falar sobre um assunto. Ou acha mesmo que têm algum poder ou credibilidade para nos incomodar no sentido de terem um teoria e argumentos melhores? É que eu sonho…mas não me iludo. Já vocês…ó ó…

  23. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Sonha e é utópica. E ilusões?! Vive no mundo delas. Não escreva tanto. Quer fazer crer que quantidade é qualidade?! Não consegue! Vocês querem conversa, mas enquanto continuarem com ataques pessoais e por aí fora. A moeda vai ser a mesma, mas pode variar… E claro, sem descer de nível.

  24. Bem, não nos esqueçamos de que o Tiago Pregueiro ainda não nos informou se está ou não disposto a reservar parte da sua casa para acolher imigrantes, Algo que ele considera ser obrigação de todos os portugueses. Ó Tiago Pregueiro, quantos imigrantes vais acolher em tua casa? (já que acolher imigrantes africanos é uma obrigação de todos os portugueses, por causa do que este país fez, no passado, ao colonizar áfrica….)

  25. Caturo diz:

    Caríssimo Caturo, os seus olhos vêem o que mais ninguém vê

    Fale por si… já se percebeu que é míope, mas não tente falar em nome dos outros.

    A tal questão foi levantada pelos senhores/i>

    Não, foi realmente colocada por vocês. Vocês é que andam aqui a intervir. Contra factos não há argumentos.

    Mas daí a dizer que os argumentos da cara Vera deitam abaixo os meus sobre o aborto, vai uma grande distância. Mas mais uma vez é a sua opinião,

    Tal como a sua opinião é a sua opinião e dos da sua laia, com a sua arenga mal amanhada, intelectualmente medíocre e culturalmente desonesta.

    Poupe-me com a sua conversa da treta, porque para “Conversa da Treta” já temos bons actores que a fazem com sabedoria

    E maus actores que a fazem sem qualidade, como é o seu caso.

    Não influencie as pessoas

    Ahahahah… isso é que nervos, ó cidadão… está realmente assustado que haja pessoas a concordar connosco…

    Aí se vê o seu medinho da Democracia…

    ” (…) Claro que o é. Se o não fosse, você nem sequer podia aqui escrever, que é aliás o que acontece em vários blogues esquerdistas (…), diz Caturo a querer demonstrar que este é um blogue democrático. Conclusão: com esta sua afirmação, mais uma vez disse tudo.

    Pois disse. Você é que não disse nada.

    Ou por outra, tirou uma conclusão completamente a despropósito, sem qualquer justificação lógica:
    Ou seja, este blogue é tudo menos democrata

    Mais uma vez, a sua mediocridade intelectual em todo o seu esplendor.

    Não ataque os blogues ditos esquerditas

    Claro que ataco – se vivo em Democracia posso atacar o que me apetecer. Ao não compreender sequer isso, você mostra que não só não é democrata como ainda por cima não percebe peva de Democracia.

    E se sou de Esqueda, de Direita ou do Centro não é relevante

    Eu não disse que você era de Esquerda – você é que enfiou a carapuça, vá-se lá saber porquê…

    este foi o meu primeiro comentário neste post. O caro Caturo diz que por fazermos tal comentário se deve ao facto de estarmos incomodados com este blogue

    Sem dúvida – não só não argumenta coisíssima nenhuma como ainda por cima dirige um ataque pessoal, rasca, reles, cobarde, a uma rapariga.

    Já percebemos que acha os argumentos da Cara Vera sobre o aborto mais válidos do que os nossos. São opiniões.

    Tal como as suas: repetição, falta de argumentação e divagação… e ataques pessoais.

    A caríssima Vera é livre de beber golo de bebida que quiser, para engolir o dito debate. O importante é tirá-lo da garganta!

    Você pelos vistos é que o tem atravessado. Mas habitue-se porque há-de sofrer mais dessas…

  26. Portugal é lindo mas o maquinazero não diz:

    Para:
    Tiago Pregueiro
    e
    Portugal é lindo

    Esta gente (mz, vera e caturo) não valem a vossa atenção nem tempo…

    a vera então, é um humanóide manipulado e resultado frustrante de uma limpeza cerebral mal acabada cuja única função é servir o seu mestre (mz) mesmo que não tenha argumentos para isso. Dotada de uma capacidade terrívelmente precária de raciocínio, tem graves probelmas em aceitar um contra-argumento só porque o seu mestre também não o faz. Posto isto e não querendo desperdiçar também o meu tempo e numa tentativa de salvar o vosso, desejo-vos boa sorte!

  27. Caturo diz:

    Eu não preciso de tirar nada da gargante porque, ao contrário de si, tenho as coisas no cérebro.

    Ahahahahah, boa Vera!…

  28. Caturo diz:

    Para:
    Tiago Pregueiro
    e
    Portugal é lindo

    Esta gente (mz, vera e caturo) não valem a vossa atenção nem tempo…

    a vera então, é um humanóide manipulado e resultado frustrante de uma limpeza cerebral mal acabada cuja única função é servir o seu mestre (mz) mesmo que não tenha argumentos para isso. Dotada de uma capacidade terrívelmente precária de raciocínio, tem graves probelmas em aceitar um contra-argumento só porque o seu mestre também não o faz. Posto isto e não querendo desperdiçar também o meu tempo e numa tentativa de salvar o vosso, desejo-vos boa sorte!

    Pronto, mais um impotente cobarde que aparece só para dizer que… que… que não tem nada para dizer, mas os outros são parvos!, mas ele próprio vai-se já embora…

    É o velho bate-e-foge numa versão cibercretina, embora disfarçada de pretensão intelectualóide.

  29. Caturo diz:

    Bem, não nos esqueçamos de que o Tiago Pregueiro ainda não nos informou se está ou não disposto a reservar parte da sua casa para acolher imigrantes, Algo que ele considera ser obrigação de todos os portugueses. Ó Tiago Pregueiro, quantos imigrantes vais acolher em tua casa? (já que acolher imigrantes africanos é uma obrigação de todos os portugueses, por causa do que este país fez, no passado, ao colonizar áfrica….)

    Isso mesmo, MZ, não deixe que os impotentes do costume desviem a conversa.

  30. Portugal é lindo mas o maquinazero não diz:

    Resposta ao .28:

    O caturo ficou amuado porque não foi mencionado em destaque no .27.

    Sabe porquê, porque não merece.

    Agora já lhe fiz a vontade.

  31. Caturo diz:

    Resposta ao .28:

    O caturo ficou amuado porque não foi mencionado em destaque no .27.

    Sabe porquê, porque não merece.

    De si já tive o que esperava – demonstração de completa falta de cultura ou sequer de educação numa discussão.

    Enfim, o costume, vindo desses lados, onde ninguém deve nada à Sra. Inteligência.

  32. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, foi levantada pelos senhores. Intervemos quando quisermos! Percebeu?
    Não vou comparar a sua intelectualidade e cultura com a minha. Porque a avaliar pelo que escreve não há qualquer possibilidade de comparação.
    Infelizmente, há pessoas que concordam com vocês. Mas vivemos em Democracia. Medo?! Meu caro, você não sabe o que é ter medo.
    Agradecemos por nos considerar artista. Avaliou pela nossa escrita e argumentação. Certo?! Claro!
    Então, você é democrata e ataca os blogues esquerditas, porquê?! Diga lá. Se é democrata não tem pelo que temer. Há lugar para todos e para todas as ideologias políticas.
    Tem medo das suas ideologias e princípios em que acredita terem cada vez menos “apoiantes”?! Pois é. Mas sabe que em DEMOCRACIA é assim mesmo.

    ” (…)Sem dúvida – não só não argumenta coisíssima nenhuma como ainda por cima dirige um ataque pessoal, rasca, reles, cobarde, a uma rapariga (…), diz caturo. Não é um ataque pessoal. É uma constatação! Senhor, senhor Caturo se alguém tem o “debate” sobre o aborto: (https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments) atravessado na garganta ou embrulhado no estômago são os caríssimos desse lado. Cada ves demonstram mais isso mesmo. Já reparou que você ainda não parou de falar do assunto?!

    Não sofremos nada e nem vamos sofrer, claro está. Os senhores é que estão aflitos, muitos aflitinhos.

  33. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    “(…) cada vez (…), com z e não com s. Fica a correcção.

  34. Vera diz:

    OH nãããooo quem em arranja um psiquiatra?? Eu preciso! O Portugal é lindo incomoda-me, traumatiza-me (mas dps diz para não atacar no plano pessoal..ui), aidan por cima fico confusa… :/

  35. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Portugal é lindo mas o maquinazero não tem toda a razão. Sabe, estes senhores são de baixo nível, mas que não seja por isso que lhes deixemos de dar umas alfinetadas. Daquelas que eles não gostam de ouvir.

  36. Vera diz:

    “Não vou comparar a sua intelectualidade e cultura com a minha. Porque a avaliar pelo que escreve não há qualquer possibilidade de comparação”

    Ena..começaste a perceber que não dás uam pra caixa? (ops, afinal é “já começou..”)

    E para tua informação, chico esperto, nem sempre concordo com posts deste blog, mas quando concordo tenoh argumentos a favor, não é como uma certa pessoa que eu cá sei que só saber criticar intelectualmente quem não conhece e se acha o maior quando na verdade só faz figura de parvo.

  37. Caturo diz:

    Caro Caturo, foi levantada pelos senhores

    Não, foi mesmo pelos senhores. A escrita registada não vos deixa mentir, tenham paciência. Culpem a Internet, não nos culpem a nós…

    Intervemos quando quisermos! Percebeu?

    Tenha calma, homem. Está de tal maneira nervoso que já se engana na ortografia.
    Claro que podem intervir quando quiserem – mas quando o fizerem, escusam de dizer que o não fizeram, porque se tornam ainda mais ridículos do que já são (o que se afigurava impossível…).

    Não vou comparar a sua intelectualidade e cultura com a minha. Porque a avaliar pelo que escreve não há qualquer possibilidade de comparação.

    Sem dúvida… pela primeira vez vejo-o a escrever alguma coisa de jeito.

    Infelizmente, há pessoas que concordam com vocês

    E haverá cada vez mais, o que só aumenta ainda mais o vosso pavor. Medo?! Pois é, pois é…

    Meu caro, você não sabe o que é ter medo

    Sim, em matéria de ter medo acredito que tenha muito para dizer, foi o que eu afirmei… de ter medo sabe você melhor do que ninguém.

    Então, você é democrata e ataca os blogues esquerditas, porquê?!

    Porque discordo deles e da sua atitude anti-democrática.
    Qual é o problema? Não sabe que isso se faz em Democracia?

    Aliás, você não ataca também este blogue?

    Ou queria ser o único a poder atacar?…

    Pois é, os vossos donos habituaram-vos a viver num regime em que só vocês podem falar e agora com a internet vêem-se aflitos por terem de arcar com as consequências da verdadeira Democracia, porque agora o nosso lado pode enfrentar-vos ponto por ponto.

    E, por isso, vê-se agora, cada vez mais, que vocês, para além de serem geralmente inaptos argumentativamente e basicamente desonestos nas vossas atoardas, ainda por cima têm mau perder. É como diz o Povo, uma desgraça nunca vem só…

    Mas habituem-se, porque ainda a procissão vai no adro.

    Tem medo das suas ideologias e princípios em que acredita terem cada vez menos “apoiantes”?!

    Sim, tem cada vez menos apoiantes… por isso é que, por toda a Europa, os partidos nacionalistas têm cada vez mais eleitores. Pois é. Mas sabe que em DEMOCRACIA é assim mesmo.

    (…)Sem dúvida – não só não argumenta coisíssima nenhuma como ainda por cima dirige um ataque pessoal, rasca, reles, cobarde, a uma rapariga (…), diz caturo. Não é um ataque pessoal

    É um ataque pessoal. Ao menos tenha um mínimo de dignidade, admita os seus erros.

    (https://maquinazero.wordpress.com/2006/10/20/camara-fernando-digno-representante-da-esquerda-intolerante/#comments) atravessado na garganta ou embrulhado no estômago são os caríssimos desse lado. Cada ves demonstram mais isso mesmo. Já reparou que você ainda não parou de falar do assunto?!

    Mas é você quem trás para aqui essa discussão, que nada tem a ver com a conversa…

    Tenha juízo, concidadão.

    Não sofremos nada e nem vamos sofrer,

    Sofreram, estão a sofrer e hão-de sofrer ainda mais. E o vosso nervosismo aqui é já um prenúncio disso mesmo.

  38. Vera diz:

    “Os senhores é que estão aflitos, muitos aflitinhos”~

    Sim..até damos pulinhos por não aguentar mais na fial de espera….

    Sinceramente.. achas que fazes alguma coisa de jeito a dizer esse tipo de coisas? Achas que convences alguém a dizer “vocÊs estão chateados e nós não!!! toma toma!” Quando sabes que nem estamos..isso não apssa de estratégia psicológica de quem não sabe argumentar.

  39. Vera diz:

    PArece que “ganha” quem disser masi vezes que o outro está incomodado… MAs vocês acham-se asism tão importantes? lol (e eu é que sou utópica…sim, pk os ideais hipócritas do comunismo têm os pés bem na terra..claro, então a Vera é que é parva, n percebe nada..)

  40. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Cara Vera, resuma-se à sua insignificância. Você parece um pau mandado desse clero de senhores à sua volta. Revolte-se, lute, reivindique, mexa-se… Porque está mesmo com os neurónios atrofiados.

  41. Caturo diz:

    Mais atrofiado do que você é difícil, p. é lindo.

    É que você, além de atrofiado, tem ainda outro problema grave – é inteiramente destituído de coluna vertebral. Anda por aqui a rastejar e fica-se por aí…

  42. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, quanto a si, a sua escrita, o que a sua cabeça podre e suja lhe dita para escrever falam por si e fica registado.

    Você e Vera fazem um belo casalinho. Mas dêem mais espaço um ao outro, porque contaminaram-se de tal forma que não há volta a dar. Cuidem-se. Cuidado com a chegada do Inverno, para não apanharem o vírus da gripe. Vocês já tem vírus de estupidez pura suficientes.

  43. Caturo diz:

    Enfim, está no seu devido lugar. Olhe se não fôssemos nós, que seria de si… era capaz de andar por aí a fingir que era inteligente…

  44. Caturo diz:

    Cuidado com a chegada do Inverno, para não apanharem o vírus da gripe. Vocês já tem vírus de estupidez pura suficientes.

    E você, além do vírus da estupidez, tem também o vírus da canalhite, o que só agrava o seu problema de invertebrado.

    Por conseguinte, só lhe resta continuar aqui a ser desmascarado…

  45. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    A inteligência não se finge. Ou se tem ou não tem. É isso que vos falta. Ainda existem os espertos, mas nem isso vocês, bando de imbecis, conseguem ser.

  46. Caturo diz:

    A inteligência não se finge

    Já aprendeu essa lição… faz-lhe bem a sua presença aqui – por mais que lhe doa, sempre o educa. Porque, de facto, você cai sempre ainda mais fundo quando tenta armar-se ao pingarelho.

  47. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Procure ajude Caturo. O reconhecimento da necessidade de ajuda tem que partir da própria pessoa. Isso é fundamental para uma possível cura. No seu caso… não sei se vai a tempo. Mas tente.
    Não se acanhe. Tenha ambição, esperança… Deite para traz das costas essa raiva e ódio. Vá, Força!

  48. Caturo diz:

    Caro «p. é lindo», toda a gente tem as suas raivas… e cada qual exprime-as como pode.
    Eu, por exemplo, venho aqui desmascará-lo e fico porreiro da vida.

    E você, completamente indefeso neste blogue, como é que trata dos seus rancores?… Como é que limpa essa baba toda?…

    Talvez batendo na mulher… por isso é que simpatiza tanto com o Islão, está visto…

  49. Vera diz:

    Oh pxt..desculpe. No plano pessoal, não então! Está a ser baixo! (onde é que eu já ouvi isto..?)

    Esperneia amor, esperneia… Ui que incómodo que ele causa…
    Olha lá, tem cuidado…é que já estás a parecer mais incomodado que o eu…. Não é pelo barulho, nem pela agitação..por mim estás à vontade..é mesmo porque tu pareces ter mts complexos com isso..e estou-te sou a alertar 🙂 Vês cm até sou simpática…

  50. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Você é alguém para desmascarar quem quer que seja?! Estamos todos a rir da sua ignorância.
    Quem é que está indefeso neste blogue? Diga lá? Nós, aqui deste lado? Então, mas porquê? Você é uma anedota.

    ” (…)Talvez batendo na mulher… por isso é que simpatiza tanto com o Islão, está visto…”, escreve caturo. Não nos merece qualquer comentário, a não ser dizer que se calhar é o que ele faz à Vera. Por isso, é que ela está completamente apanhada da cabeça. Um horror, sei lá.

  51. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caríssima Vera, você é que esperneia. Sempre esperneou, sempre bateu com o pé, sempre fez fitas. Grite por socorro, por liberdade. Pode ser que alguém ainda tenha a bondade de a ajudar. Sabe, aquela caridade alheia em que tanto a menina acredita.

    Não faça alertas. Quem é que vai acretitar nos seus alertas?! Deixe isso para os especialistas das diferentes áreas.

  52. Caturo diz:

    Você é alguém para desmascarar quem quer que seja?!

    Sem dúvida. E a prova é a sua crescente irritação, é que já nem tenta argumentar, só lhe saem insultos, tal é o seu estado de nervos.

    Estamos todos a rir da sua ignorância

    Todos quem?… Você e mais o seu lacaio Bernardino. Mas olhe que esse riso é um bocado forçado, fede a nervosismo e a raiva mal disfarçada…

    Quem é que está indefeso neste blogue?

    Você.

    Diga lá?

    Já disse.

    É preciso repetir? Lá está, você não percebe à primeira e depois diz que somos repetitivos…

    Nós, aqui deste lado?

    Olha, afinal sabia… malandreco… a querer ganhar tempo, já que nunca ganhou juízo…

    Então, mas porquê?

    Porque todos os seus argumentos caem por terra. por isso.

    Você é uma anedota

    E você é um romance de cordel sem interesse que acaba em tragédia.

    (…)Talvez batendo na mulher… por isso é que simpatiza tanto com o Islão, está visto…”, escreve caturo. Não nos merece qualquer comentário,

    Pois não, depois de eu lhe acertar em cheio, que mais é que você há-de dizer?…

  53. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Acreditar, deve ler-se na última frase do comentário 51 deste post. Fica a correcção.

  54. portugal é lindo mas o maquinazero não diz:

    Bingo! Portugal é lindo.

    É isso mesmo.

    o caturo bate na vera…hahaha

  55. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, não lhe diz respeito com quem nos rimos. Rimo-nos de vocês, do vosso blogue, que mais tarde ou mais cedo vai ter um fim. E sabe porquê? Porque vocês insultam as pessoas e por aí fora. A justiça irá decidir.

  56. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, não lhe diz respeito com quem nos rimos. Rimo-nos de vocês, do vosso blogue, que mais tarde ou mais cedo vai ter um fim. E sabe porquê? Porque vocês insultam as pessoas e por aí fora. A justiça irá decidir.

  57. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Caturo, não lhe diz respeito com quem nos rimos. Rimo-nos de vocês, do vosso blogue, que mais tarde ou mais cedo vai ter um fim. E sabe porquê? Porque vocês insultam as pessoas e por aí fora. A justiça irá decidir.

  58. Caturo diz:

    De nada lhe vale corrigir, se mesmo quando escreve «bem», afinal escreve é mal…

    Ou seja, dum modo ou doutro, você arranja sempre maneira de se enterrar, de se afogar e de arrebentar os seus próprios pés a tiro de bazuca.

    Já reparou nisso?… Ou andam-lhe a dar alguma substância para o manterem de pé sem saber bem onde está e o que faz?

  59. Vera diz:

    “Deixe isso para os especialistas das diferentes áreas. ”

    Especialista da área do incómodo procura-se.

    Podia começar a escrever aqueles livros ” N sei quem à beira dum ataque de nervos”.. 🙂

    Estamos todos a rir da sua ignorância

    Ainda está naquela fase em que só liga à aparência e ao que os outros acham de si..? Que desilusão…

  60. Caturo diz:

    Caro Caturo, não lhe diz respeito com quem nos rimos

    Então se não nos diz respeito, escusa de nos dizer. Porque, se o diz, leva a devida resposta e depois fica mal disposto. É mesmo assim, tenha paciência.

    Rimo-nos de vocês, do vosso blogue, que mais tarde ou mais cedo vai ter um fim

    Olha o democrata… tão ridículo e cobarde, nojento até dizer chega – tão típico da sua laia: primeiro, gritam pela Democracia, mas depois são sempre os primeiros a ir chamar a polícia para calarem as vozes opostas…

    Enfim, o «p. é lindo» comprovou, com as suas próprias palavras, aquilo que eu disse: isto é maralha que odeia a liberdade de expressão alheia e, quando o Povo não está a olhar, tudo faz para censurar o oponente político, pela calada, com os tribunais e a polícia.

  61. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caríssimos, vão-se rindo que nós também. Vamos ver quem ri mais alto.

  62. Caturo diz:

    Ahahahh, o cobarde nojento está mesmo doentinho de raivinha, completamente babado de ódio, vai já fazer queixinhas à polícia…

    E queria «isto» dar lições de Democracia. Esta gentalha não tem realmente o sentido do ridículo.

    Ou então é mesmo o medo que fala mais alto e os faz perder por completo as estribeiras, eles estão por tudo, caiu-lhes a máscara de democratas, já não têm sequer um mínimo de respeito por si mesmos, vão mesmo fazer queixinhas e acabou…

    Ahahahhahhahahahhh

  63. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Continue a rir que nós também.

  64. Caturo diz:

    Sim, continuo a rir e vocês também.

    Só que eu rio de desprezo e troça, ao passo que o seu riso é forçado, para esconder as lágrimas.

    Enfim, cada um ri do que pode….

  65. Vera diz:

    PT é lindo..eu já sabia que não tinaha capacidade nenhuma para a argumentação..mas daí a ser tão desinteressante…puxa…

  66. Caturo diz:

    Desinteressante e com mau perder… e queixinhas…

    Ahahah, é a dose completa, a deste autêntico aborto…

  67. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Continuem se assim entenderem. Cada um se responsabiliza pelos seus actos.

  68. Posso sugerir que se concentrem mais nos argumentos dos opositores e menos nas alegadas características pessoais de uns e outros?

  69. Todo e qualquer acto de manifestação racista, repudia-me…
    Como tal, irei escrever um post, elegendo o Máquina Zero como blog mais nojento da Web. Vou publicitá-los? Vou publicitar-me? Digam o que quiserem.
    Espero que me autorizem.
    Aguardo resposta.

  70. E mostra lá uma frase racista que eu tenha escrito…

  71. […] Aqui, já posso dar uma ajudinha ao dr. Prazeres. Justifica-se da seguinte forma: eles correram-nos ao tiro, quando nós lá estávamos. Portanto, se os africanos pretendem fazer, em Portugal, a mesma coisa que nós fizémos – invadi-los – temos todo o direito de não aceitar que “nos batam à porta”. E, caso seja necessário, a fazer o mesmo que els nos fizeram. Já agora, recomendo ao Tiago Pregueiro a leitura deste texto do dr. Prazeres (e vice-versa). Vocês são duas almas gémeas. Estou mesmo a imaginá-los numa praia do Algarve, com um cartaz nas mãos a dizer “Irmãos africanos, bem-vindos, a minha casa está à vossa disposição”, quando as pateras começarem a lá chegar. […]

  72. ATG diz:

    Esta canção é dedicada a todos que tem idéias que envergonham a espécie humana.

    Blues da Piedade

    Composição: Roberto Frejat/Cazuza

    Agora eu vou cantar pros miseráveis
    Que vagam pelo mundo derrotados
    Pra essas sementes mal plantadas
    Que já nascem com cara de abortadas

    Pras pessoas de alma bem pequena
    Remoendo pequenos problemas
    Querendo sempre aquilo que não têm

    Pra quem vê a luz
    Mas não ilumina suas minicertezas
    Vive contando dinheiro
    E não muda quando é lua cheia

    Pra quem não sabe amar
    Fica esperando
    Alguém que caiba no seu sonho
    Como varizes que vão aumentando
    Como insetos em volta da lâmpada

    Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Pra essa gente careta e covarde
    Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

    Quero cantar só para as pessoas fracas
    Que tão no mundo e perderam a viagem
    Quero cantar o blues
    Com o pastor e o bumbo na praça

    Vamos pedir piedade
    Pois há um incêncio sob a chuva rala
    Somos iguais em desgraça
    Vamos cantar o blues da piedade

    Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Pra essa gente careta e covarde
    Vamos pedir piedade
    Senhor, piedade
    Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: