A superioridade do Islão

mulherpakistao.gif

No Paquistão, país muçulmano (*), cerca de 70 por cento das mulheres são vítimas de violência doméstica. Ansar Burney Trust é uma organização paquistanesa, dedicada a defender os direitos humanos e a combater a violência contra mulheres. Queimadas com ácido, mutiladas, com o nariz e as orelhas cortadas, são alguns dos métodos em voga neste país muçulmano. regra geral, as autoridades não agem, uma vez que, como refere a organização presidida por Syed Ansar Ahmed Burney, na sociedade paquistanesa é legítimo uma mulher ser espancada por um parente masculino.

(*) – Dedicado ao Convidado de Honra, muçulmano alegadamente português, que aqui se insurgiu contra Portugal, dizendo que neste País morriam mais mulheres vítimas de violência doméstica que de cancro, ao mesmo tempo que garantia que a violência contra mulheres não é problema existente nas sociedades muçulmanas.

NOTA: ALGUNS DOS LINKS DESTE POST CONTÊM IMAGENS CHOCANTES DE MULHERES PAQUISTANESAS CUJOS ROSTOS FORAM COMPLETAMENTE QUEIMADOS COM ÁCIDO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: