Manuel de Oliveira versus Woody Allen

Woody Allen só faz um filme por ano, enquanto Manuel de Oliveira, quase centenário, despacha três no mesmo período de tempo, escrevia um pasquim cujo nome nem cito, por pudor. Admitindo que é correcto chamar “filme” ao que Manuel de Oliveira faz, quem lhe dera que todos os seus “filmes” atraíssem tantos espectadores como um único filme de Woody Allen.

9 Responses to Manuel de Oliveira versus Woody Allen

  1. Al-Pensativo diz:

    De acordo, embora me envergonhe porque tu és um imbecil!

  2. Meu caro: se quiser discutir e debater, é bem vindo. Se quiser insultar, vá jantar com os seus pais.

  3. O Al pensativo está tão empenhado em insultar e em criticar negativamente que não pensou ainda quão patética é a sua presença neste espaço.

  4. Clara diz:

    Imbecilidade é o que não falta ao MZ. Compara dois realizadores incomparáveis. Duas realidades incomparáveis. Sabe onde Manuel de Oliveira realiza os seus filmes?! Sabe onde Woody Allen realiza os seus?! Sabe a diferença de subsídios?! Sabe as diferenças de condições e meios que estes dois senhores têm?! Sabe alguma coisa do panorama cinematográfico ou artístico?! Não responda!
    Não sabe!!! Caso contrário, não faria uma comparação com esta! Sabe que mais, aprenda alguma coisa com ambos!

  5. Oh Clara, o que se passa na maior parte dos casos não é pelo local onde se realizam os filmes, e quem tem mais dinheiro, pois nesse sentido os franceses não teriam sido capazes de realizar “O fabuloso destino de Amelie Poulain”, apenas para citar um exemplo.

    O que se passa é que os realizadores portugueses são uma cambada de palermas sem clarividência, sem originalidade nem criatividade, sem capacidade de analisar o que é comerciável. Não, ao invés optam por realizar peliculas direccionadas a uma estricta minoria de pseudo-intelectuais (“Branca de Neves” é um exemplo disso, de como se goza com os contribuintes particularmente), peliculas essas em grande parte autobiográficas e reveladoras das taras e tremendas crises humanas que afligem esses realizadores.

    Emfim, o cinema português é lixo e continuará a ser lixo até que se compreenda que o cinema não se faz para os amigualhaços. O problema é que quem paga a factura é o Zé Povinho.

  6. Nunca vi esse Branca de Neve, mas disseram-me que mais de metade do tempo a não se vê nada e só se ouve vozes.

  7. Clara diz:

    Duas realidades distintas e incomparáveis! É como comparar água com vinho. Só quem não entende ou não sabe nada deste meio, é que pode dizer barbaridades como estas.

  8. Minha cara Clara: Imbecil é você, mais a sua mãezinha e o seu paizinho, que lhe deram esse tipo de educação. Gente ordinária não é bem-vinda a este blogue. Discuta, discorde, mas não me confunda com a sua família.

  9. Filipe diz:

    Mais uma prova de que, o caro MZ acha que tem o direito de insultar a cara Clara e sua família. Depois, não lhe dá o direito de resposta e apaga os comentários da mesma. Porquê? Diz para a Clara discutir, discordar e não o confundir com a família dela, para quando a mesma lhe responde, apagar os seus comentários. Você pensa que as pessoas são cegas, mas não são.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: