Notas sobre a construção de Cabora Bassa

“Na altura da obra o Dr. Almeida Santos, vivia na cidade da Beira (750 quilómetros de Cabora Bassa), onde ninguém lhe conhecia os sentimentos, independistas a favor de Moçambique, ou que tenha bebido um café no Capri, no Riviera, no Scala e no Empórium (a portas do seu escritório) com um preto ou mulato que seja. O Dr. Almeida Santos não se juntava à arraia-miuda (preta ou branca), mas sim aos latifundiários da Beira que lutavam, estes, pela posse ilegal de terrenos onde se incluiam os da baixa da Munhava. Não vou aqui citar nomes dos seus clientes, porque, muitos já partiram para os anjinhos.
Ele o Dr. Almeida Santos “marimbou-se” para os pretos e para a independència de Moçambique. A independência do Dr. Almeida Santos era o dinheiro e dos “esquemas” que traçava para os seus ricos de “podre” dos seus clientes.”

in Moçambique para todos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: