Chamem-lhes racistas….

blogueblackinformant.jpg

“While about 9% of all American men will spend some time in state or federal prisons, the figure is 4% for white men, 16% for Hispanic men and 28% for black men.”

Embora 9 por cento dos homens americanos passem algum tempo numa prisão, estadual ou federal, os números mostram que 4 por cento são brancos, 16 por cento hispânicos e 28 por cento negros.

E agora digam que o blogue BlackInformant.com é racista. Ou que os números são falsos. Ou que a culpa é dos marcianos. E se houvesse este tipo de estatísticas em Portugal?

12 Responses to Chamem-lhes racistas….

  1. o leitor assíduo diz:

    Pois é meu caro MZ. E na universidade onde estou, nos EUA, a equipa de futebol americano tem pretos e brancos. Há umas semanas ganharam contra uma univ/ do Nebraska. Os brancos foram para os bares e festas que eu bem os vi a divertirem-se e a festejarem com outros. Os pretos tb os vi a caminho de casa. A forma de festejo desses foi a voilência. O que me revoltou nem foi isso, foi a protecção que estes meninos têm da univ/ só porque são estrelas.

  2. Pedro diz:

    Não tarda nada aparecem por aqui os fanáticos do multiculturalismo a protestarem por se divulgarem estes dados. Segundo eles, apenas contribuem para o aumento do racismo e da discriminação,a raça nunca deveria ser divulgada nas estatísticas. Não lhes convém que as populações europeias tomem consciência que está a suceder na Europa o mesmo que nos Estados Unidos, e o contributo inestimável destas gentes de além mar para a criminalidade e conflituosidade social.

  3. Pedro diz:

    A forma de festejo desses foi a voilência. O que me revoltou nem foi isso, foi a protecção que estes meninos têm da univ/ só porque são estrelas.
    Comentário por o leitor assíduo — Dezembro 1, 2006 @ 9:36 am

    É a tal prepotência dos ex-oprimidos que beneficiando de privilégios, quotas, amnistias e demais regalias pelo facto de serem minorias, presentemente, pelo menos aparentemente, estão bem integrados na sociedade.

  4. Antonio Marcelo diz:

    Não gosto da palavra hispânicos. Esses «hispânicos» ou «latinos» são na realidade índios, pretos ou mestiços a falarem espanhol. Nos Estados Unidos há centenas de milhares de imigrantes de origem portuguesa ou luso-descendentes e não são denominados «ibéricos» ou algo parecido. Porquê? Porque são europeus a parte inteira, totalmente integrados no país. Não constituem um corpo estranho introduzido nessa nação.

  5. O “Fanático do Multiculturalismo” chegou.
    Mas os “fanáticos do anti-multi-culturalismo” já cá estavam antes.
    Portanto o melhor é pirar-me, não vá algum “fanático do anti-multi-culturalismo” querer expulsar-me com um taco de madeira.

  6. Pedro diz:

    Comentário por Mário Lopes — Dezembro 1, 2006 @ 7:09 pm

    Não sei a que “fanáticos do anti-multi-culturalismo” se refere a não ser que não consiga conviver com opiniões diferente enquadradas com evidências, nem dei conta de alguma vez alguém ter sido expulso daqui, ao contrário dos mainstream media sequestrados pelo politicamente correcto.

    Mas veja lá para onde se pira, porque se for para zonas onde já impera esse tal de multiculturalismo, como por exemplo Londres, pode ser que tal como muitos outros tenha de se pirar de lá fazendo parte do processo de white flight:

    http://www.telegraph.co.uk/opinion/main.jhtml;jsessionid=DCTOR5DIW2L4PQFIQMFCFGGAVCBQYIV0?xml=/opinion/2006/12/01/do0102.xml

    White flight is a fact of British life

    By George Walden
    Last Updated: 12:01am GMT 01/12/2006

    «The moral, it will surprise no one to learn, lies in my book, where after doing her honest best to adapt to the sudden and massive changes around her, my daughter-in-law, like so many true-life versions of herself, ends up joining the white flight she denied existed.»

  7. Areg diz:

    muito bom e bons comentarios que mostram o ridiculo desta gente.

    ja vi umas estatisticas que diziam que em espanha 80% dos presos são imigrantes. 80% reparem que ultrapassa enormemente a % de imigrantes a viver em espanha. Mas claro a maioria desta gente vem para a Europa para fazer merda.

  8. “Não sei a que “fanáticos do anti-multi-culturalismo” se refere a não ser que não consiga conviver com opiniões diferente enquadradas com evidências”, vou transformar isso na minha frase, se me permitir -> Não sei a que “fanáticos do multi-culturalismo” se refere a não ser que não consiga conviver com opiniões diferentes enquadradas com evidências.

    E pronto, o mesmo que o senhor pensa da minha opinião, penso eu da sua.

  9. Açoriana diz:

    “E agora digam que o blogue BlackInformant.com é racista. Ou que os números são falsos. Ou que a culpa é dos marcianos. E se houvesse este tipo de estatísticas em Portugal?”

    Não dizem isso, mas dizem que os hispânicos e os pretos são mais facilmente condenados à prisão pelos juízes, porque estes são racistas. Há sempre desculpas…

  10. Jorge Luís Xavier diz:

    Os pretos são maioria nas cadeias dos EUA e também do Brasil por serem oriundos das camadas sociais mais baixas. O problema é social. Há muito tempo a teoria criminal leva em conta o meio, mais do que qualquer outro fator , como causa principal de tendencias criminosas.

  11. REALMENTE ESTE SITE DÁ VONTADE DE VOMITAR!!!

    E DESDE QUANDO PORTUGAYS É GENTE???
    HAUHAUAH

  12. A subnutrição, ao longo de gerações, tem maus resultados. Vide caso dos nordestinos…Depois, escrevem coisas destas…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: