O “politicamentecorretês” do Bloco de Esquerda

coruche_ciganos.jpg

Esta não lembrava ao Francisco Louçã. Numa reportagem sobre um bairro social nas Olaias, da autoria da jornalista Marina Almeida, do Diário de Notícias (14.11.06), denuncia-se um crime escandoloso:um grupos de ciganos está a tomar conta do bairro, maioritariamente habitado por idosos. Ameaças, ocupações selvagens das casas são comuns. “É impossível viver com eles”, queixa-se uma moradora, que não se quis identificar. “Eles”, como escreve a jornalista, são “indivíduos de etnia cigana que há mais ou menos cinco anos descobriram as fragilidades daquele bairro que hoje é ‘terra de ninguém”. Vem então um patarata, José Franco, eleito pelo Bloco de Esquerda para a Assembleia de Freguesia, que explica o que se passa: “(..) as pessoas do antigamente não se entendem com outras que vivem de forma algo oportunista.” Registem: o militante do Bloco de Esquerda acaba de dar um precioso contributo para o léxico do “politicamentecorretês”. Não de diz “ciganos“, mas sim “pessoas que vivem de foma algo oportunista”. Brilhante! Depois admirem-se que aconteça o que aconteceu em Coruche, como descrevem alguns blogues ligados à terra.

6 Responses to O “politicamentecorretês” do Bloco de Esquerda

  1. Anónimo diz:

    Se os problemas com ciganos se cingissem só a Coruche…ainda me lembro de um relógio, que me havia sido oferecido em dia de aniversário, que me foi roubado por dois ciganos.

  2. […] No Correio da Manhã, um senhor que já foi agente da Polícia Judiciária e agora preside à Câmara Municipal de Santarém, rivaliza com José Franco, o patarata do Bloco de Esquerda que utiliza a frase “pessoas que vivem de forma algo oportunista” para designar “ciganos”. O professor doutor Francisco Moita Flores escreve 478 laboriosas palavras, que encerram em si 2.458 caracteres, analisando o tiroteio entre dois grupos de jovens africanos, em Marvila, que provocou sete feridos, sem nunca utilizar apalavra “africanos”! É obra! […]

  3. Anónimo diz:

    O bloco de esquerda esteve bem: “pessoas que vivem de forma algo oportunista” é uma boa designação para a cultura cigana, lol. Não vejo qual é o problema… Aliás, não é o bloco de esquerda o único dos grandes partidos a se colocar contra a globalização? Eu não tenho preferência especial por nenhum partido, no entanto acho voçês precisam de relaxar mais.

  4. Raiza diz:

    Deviam era ter vergonha de falar mal dos ciganos ate parece que voces tambem nao se matam uns aos outros

  5. António diz:

    Oh raiza, desculpe mas não sabe do que fala. Se vivesse como nós vivemos em coruche aterrorizados com medo de levar um tiro ou sermos assaltos por ciganos não dizia isso. Você merecia era ir viver para o meio deles. Calava-se que era um instante.

  6. cristiano diz:

    VERDADE QUE OS CIGANOS FAZEM MUITA COISA MAL FEITA MAIS SO A 55MIL CIGANOS EM PORTUGAL E O RESTO SAO SANTOS.?EU JA TIVE PROLEMAS COM CIGANOS E FORTES .MAS TAMBEM TIVE PRESENTE DUM CASO QUE DOIS RAPAZES AFRICANOS ENFARDARAM OUTRO BRANCO E AS PESSOAS PASSAVAM E NAO FIZERAM NADA PASSARAM TRES AMIGOS CIGANOS GRITARAM VAO SE EMBORA JA CHEGA E LEVARAM O RAPAZAS AO HOSPITAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: