Campanha para salvar o Natal

A Esquerda, a debilidade mental, a cobardia, o espírito de submissão e a subserviência canina são características que se encontram juntas, com frequência, habitando o mesmo receptáculo humano. Em Inglaterra, as amebas que dirigem uma organização governamental de apoio às crianças chamada Sure Start, decidiram que, este ano, não haveria festa de Natal (“Christmas party”) mas apenas Celebrações de Inverno (“Winter Celebrations”). Claro que a f., do Glória Fácil, fanática e intolerante, que confunde um Estado laico com um Estado ateu, estaria 100 por cento de acordo.

Mas o próprio Gordon Brown, sucessor anunciado de Tony Blair já zurziu nos costados das bestas. Curiosamente, tanto cristãos normais (não de Esquerda, claro) como muçulmanos condenam este exagero politicamente correcto, característico de lesmas que se odeiam a si próprias. E gente mais decidida lançou já uma campanha nacional: Salvem o Natal!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: