Confissões de um jornalista perturbado – Carlos Narciso e a luz na estrada de Damasco

blognarciso.jpg

Em tempos que já lá vão, era o homem que fazia as melhores reportagens de guerra no canal de Pinto Balsemão. A última vez que ouvi falar dele, andava a assessorar um ministro qualquer. No seu blog, Escrita em Dia, Carlos Narciso diz que não é “fervoroso partidário de teorias da conspiração” mas admite que elas existam. Acrescenta que “quem me quiser convencer, tem de trabalhar um bocado e apresentar provas e não, apenas, meras conjecturas.”

Mas depois de ter visto meia-dúzia de fotografias do Pentágono após o 11 de Setembro de 2001, milagre! Carlos Narciso converte-se à teoria da conspiração: “Isto cheira a história mal contada, não acham?” Lá vai mais um patusco engrossar as fileiras dos que afirmam ter sido George Bush que mandou os agentes da CIA fazer o 11 de Setembro. Coitado! E lembrar que até foi um bom jornalista…

26 Responses to Confissões de um jornalista perturbado – Carlos Narciso e a luz na estrada de Damasco

  1. Anónimo diz:

    oi goxtei bue de conhecr

  2. Vera diz:

    Eu também, eu também.

  3. Será capaz de explicar porque me considera perturbado? É que a afirmação que faz não me parece estar sustentada no seu texto. Gostava de perceber o seu raciocínio.

  4. Carlos Narciso, não ligue ao que este senhor diz, a melhor maneira de ele se defender, aliás a ÚNICA maneira que ele tem é insultar, ofender, atacar os outros! Ele não suporta os emigrantes, os muçulmanos, o multiculturalismo em geral. Não suporta todos os que não são brancos, portugueses e cristãos… Este senhor não aceita os homossexuais como pessoas, ve-os como animais. Este senhor não aceita criticas e não consegue ver além do seu próprio ego. E como você disse e com toda a razão, não existe qualquer motivo para este senhor o chamar perturbado… mas deixe lá, ele é assim, gosta de insultar as pessoas porque os argumentos são sempre muito fracos, então é a única maneira de ter visitas é com o escandalo, tipo 24h….

    Ainda acha que vale a pena ligar ao que ele diz? nahhh

    Sabe o que vai acontecer de seguida? Pois eu digo-lhe, este senhor muito-bem-educado irá insultar-me com todos os adjectivos que conseguir inventar… Mas não deixar um simples comentário… Vai fazer um post a dizer qualquer coisa como “Tiago Pregueiro, o mártir da esquerda nao sei quê” ou outra coisa qualquer! Vai, mais uma vez, defender-se insultando-me e diminuindo qualquer tipo opinião que eu possa ter… Mas isso também não me incomoda, até me deixa contente.

    Mas não fica por aqui, logo após este comentário, virão os afilhados e afilhadas do MZ insultar-me e dizer que eu sou um anormal e não sei quê. Virão que nem cachorrinhos atrás do osso, mas também não me incomodarão porque, ao contrário do dono do blogue, estes seguidores, fãs, etc, nem personalidade têm; apenas dizem que o MZ tem toda a razão e que eu não sei do que falo. Sempre foi assim, e não irá ser diferente.

    Depois uns dias mais tarde, sairá outro post, juntando outra vítima como o Sr. por exemplo, com o titulo “Tiago Pregueiro e Carlos Narciso… a escumalha não sei das quantas” e virão os afilhados outra vez… e a história vai-se repetir… Até que chegará o final do ano, e o MZ como personalidade que tenta ser, escolhe os prémios do ano MZ…. WOW!! E quem aparecerá? Hum… a “escumalha”… ou seja, eu, o senhor, o daniel oliveira, e todos quantos já foram insultados neste blog. Pelos vistos eu fui um dos vencedores de 2006. Agradeço desde já a todos os que votaram em mim… ou nao lol que tristeza!

    Seja como for e falando agora do tema que está em questão no post, quero desde já dar os parabens ao Carlos pelo blogue. Os sucessivos governos norte-americanos têm mentido constantemente a todo o mundo, porque nao mentiriam desta vez? Enfim…

  5. PP&I diz:

    Caríssimo Tiago Pregueira, o senhor obviamente não se enxerga. É de uma grande incoerência censurar aos outros as ideias que nos permitimos a nós mesmos. Quando apelida despudoradamente alguém de cobarde, é conforme à índole humana que se dê o respectivo troco. E se vosselências têm a liberdade para travarem uma guerra ideológica contra um Império que, obviamente, só existe nas vossas cabeças saturadas e arruinadas, reclamamos em virtude do mesmo direito a liberdade para criticar fenómenos (esses sim, bem reais) como o fundamentalismo islâmico, a imigração ou políticas públicas, como o casamento dos homossexuais. Mais: a sua manifesta desonestidade intelectual confunde, maliciosa e cinicamente, as reflexões sobre as vantagens e inconvenientes da imigração (de muçulmanos ou de outros) com a xenofobia. Quid sapit acredite genuinamente (ingenuamente) que é assim que vai evitar os extremismos. Mas são pessoas como o senhor que, na realidade, servem os extremismos, porque ao proibir que a maioria dos portugueses manifeste livremente o seu sentir, criam condições para que a “panela de pressão” vá enchendo. Até que um dia rebenta.

  6. PP&I diz:

    Errata: “É de uma grande incoerência censurar aos outros as ideias e atitudes que nos permitimos a nós mesmos”.

  7. Certinho direitinho.

    “[…]logo após este comentário, virão os afilhados e afilhadas do MZ insultar-me e dizer que eu sou um anormal e não sei quê. Virão que nem cachorrinhos atrás do osso[…]”

    Afilhado n.º 1: PP&I

    Bah poupem-me!

  8. PP&I diz:

    Reparem como Tiago Pregueiro, numa penada, se atira ao Máquina Zero e comentadores habituais: “Este senhor não aceita criticas e não consegue ver além do seu próprio ego.” E agora atentemos à réplica do Tiago: “Afilhado n.º 1: PP&I. Bah poupem-me!” Não vê aqui nenhuma incongruência? Não? Bem me parecia…

  9. Vera diz:

    Tiago… Vejo aí mta falta de informação pelo meio.
    Tu, certamente, sabes que as pessoas que mais visitam este blog são de direita, logo, é normal que tenham uma opinião diferente da tua e te respondam. Tu é que pareces não conviver bem com isso.

    E escusas de vir com conversas de afilhadas e afilhados que não tenho paciência para os teus dramas de escola primária. Podes dizer que não concordas comigo, podes dizer proque é que não concordas..mas tb tens que aceitar isso como natural! Afinal, não partilhamos a mesma ideologia política, não é? É no mínimo básico o facto de discordarmos muitas vezes.

    TEndo em conta o post, eu não digo nem que sim nem que não, mas já que concordas com o tal jornalista, gostava de saber o que achas da posição do Bin Laden no meio disto tudo. Porque é que ele resolveu assumir a autoria do atentado quando este, supostamente, foi cometido pelo seu maior inimigo?

  10. Afilhada n.º 2: Vera

    As previsões verificam-se. Foram apanhados de surpresa… Ao contrário do que é usual a Vera não me insultou. Porque tudo o que iria dizer, eu já o disse.

    Em resposta à sua pergunta. Bin Laden não é de todo inimigo dos EUA, pelo contrário, os EUA apoiaram Bin Laden e os Mujahideen para lutar contra a invasão soviética do Afeganistão. Não sei porque razão Bin Laden assumiu esta posição. Seja como for, isso para ele é indiferente, porque se realmente ele foi o culpado, ele nunca será preso por isso. Logo outro qualquer na posição dele, se lhe pedissem ou se lhe pagassem milhões para confessar um crime que não cometeu, o faria sem problemas.

    Aonde quero chegar com isto? O simples facto de que nunca houve uma investigação, um julgamento, nada que prove qu foi Bin Laden o culpado. E o facto de ele ter dado entrevistas de duvidosa veracidade não prova nada. A única prova de que foi Bin Laden veio da boca da admnistração bush. E porque raio hei-de eu acreditar neles se só nos dão factos para desconfiar.

    E porque não os próprios EUA prepararem algo tão monstruoso como um ataque no próprio solo? Porque não? Afinal todos ficaram a ganhar, desde as grandes construtoras, empresas de alimentação, etc… E claro as empresas de ARMAMENTO (Se nunca viu aconselho vivamente o documentário “Why we fight”).

    E não vale a pena tapar o sol com a peneira! Os EUA são um império e têm ambições imperiais e devastadoras, tal como foi a invasão do Iraque.

    Bin Laden é apenas um peão neste jogo. Diga-me você Vera, porque raio nunca capturaram Bin Laden nestes últimos 5 anos? Ou porque nunca o capturaram mesmo antes, quando já havia sido acusado dos atentados às embaixadas americanas em áfrica, porquê? Porque se calhar, Bin Laden não é quem nos tentam impingir. Quem sabe não será ele vitima também.

    O que é certo é que não existem provas de que foi Bin Laden. Ponto.

    E por outro lado existem provas que apontam para algo inimaginável mas a meu ver possível, o ataque a mando dos próprios EUA. Sim, as provas podem ser coincidências podem até nem fazer sentido, mas ao menos alguém as mostrou, defendendo assim o seu ponto de vista. Já os que acusam Bin Laden nunca provaram nada.

  11. Vera diz:

    Tiago, isso serão ciúmes possessivos?
    Qual é o teu problema? Eu estou aqui a defender as costas de alguém? Eu apenas te fiz uma pergunta..porque é que levas tudo para aquilo que mais te convém?

    É como digo..já não se pode dizer nada ao menino que ele inventa logo um drama…
    E fomos apanhados de supresa com o quê, exactamente? É que eu já sabia que ias dizer isso do afilhada e dos insultos…lol..és tão previsível Tiago. Eu não te insultei por uma simples razão: eu não venho para aqui já armada, a defender-me de tudo e com a paranóia de que isto é uma conspiração contra ti, que toda a gente te quer levar para o Tarrafal, insultar, etc etc… Tu é que já vens para aqui a denegrir as pessoas. Isso faz com que não consigas discutir nada imparcialmente, porque qualquer coisa que dissermos tu vais usar como “ciúmes” e dizer que estamos a fazer de afilhados de alguém… Davas um belo ditador, davas…

    Até podia avançar com uma explicação psicológica, mas nem vale a pena perder tempo. Ias concerteza arranjar a cassete do costume.. Não me dou ao trabalho. Tu no teu íntimo deves saber ao que me estou a referir, e não tens culpa nenhuma desse problema. Mas se fosses mais calmo seria melhor para todos. Se quisesses até te ajudava…mas não enquanto disparares cego para todos os lados.

  12. Vera diz:

    Quanto ao que diz respeito ao post… Bin Laden uma vítima?
    Muitas das pessoas que defendem a sua tese dizem que Bush se serviu deste atentado como pretexto para a invasão no IRaque e a suposta guerra com muitas nações islâmicas. Então, o Bin Laden, como muçulmano ferrenho, ia aceitar isso? Ia aceitar que acusassem a sua civilização de crimes tão horríveis? Quando supostamente isso vai contra o próprio islão?
    Então, mas se Bin Laden não fez nada disso… Para que existia a AL-Qaeda? PAra que existiam todas as outras organizações terroristas? Também são pagas pelos EUA? Se são pagas pelos EUA PORQUE É QUE SE EXPLODEM REALMENTE? Porque é que as familias empurrão os seus próprios filhos para mártires? Porque os EUA lhes pagam e a vítima do Bin Laden se cala com uns milhões? E o Bussh, vai arruinar este seu mandato com o caos no Iraque?

    Os EUA são uma nação imperial, sim. MAs andam é atrás do petróleo. Quer no Iraque quer agora na Somália. Mas serão os únicos? Porquê tanto ódio aos EUA e tratamento de defesa para com as nações islâmicas que também são verdadeiramente imperiais?

  13. Antes de mais:
    Porque é que as familias empurrão os seus próprios[..] empurrão? Errado: empurram.

    Muçulmano ferrenho? lol parece que estamos a falar de clubes de futebol… E quem lhe disse que Bin Laden é um muçulmano “ferrenho” (lol)? Você por acaso conhece-o? Ou porque leu nos jornais que o homem é terrorista logo acha que ele é “ferrenho”?

    “Ia aceitar que acusassem a sua civilização de crimes tão horríveis? Quando supostamente isso vai contra o próprio islão?”

    A sua civilização? Ou a sua fé? Decida-se, é que são coisas bem diferentes. Suponho que estivesse a falar da sua fé. E quanto isso eu dou-lhe a resposta. Acha que por os EUA e os seus aliados terem ofendido o Islão que Bin Laden deveria ter feito alguma coisa? Então todos nós deveríamos ter feito alguma coisa quando os ingleses e americanos foram para o Iraque manchar a nossa civilização cometendo crimes horrendos, piores que qualquer atentado. Mas não fizemos!

    A Al-Qaeda surgiu como guerrilha para se defender da política americana e israelita para o médio oriente. Nem todas as organizações são pagas pelos EUA, mas acredite que muitas o serão. E é claro que os mártires são apenas um método para atingir um fim, e explodem-se porque acreditam numa causa. No entanto apesar de estas pessoas se explodirem, matando inocentes, não são nada à beira dos poderosos exércitos americano, inglês e israelita, que matam milhares e milhares e no entanto continuam a passar impunes por todos os crimes que cometem.

    “Muitas das pessoas que defendem a sua tese dizem que Bush se serviu deste atentado como pretexto para a invasão no IRaque e a suposta guerra com muitas nações islâmicas.”

    Primeiro, a tese não é minha. Segundo, Bush realmente serviu-se deste atentado e também da grande mentira que foram as armas de destruição massiva para invadir e ocupar o Iraque. E isto sim é um ataque terrorista, isto é, semear o terror.

    Muitas pessoas? Tá a brincar! Milhões de pessoas defendem a mesma teoria, você não?

  14. Meu caro Carlos Narciso, tentarei explicar-lhe melhor: você não aponta um único facto, para comprovar a sua afirmação de que o 11 de Setembro foi auto-infligio. Fala apenas num dos três atentados e limita-se a colocar interrogações, mostrando fotografias, sem qualquer argumento concreto (” Acham que foi um Boeing que bateu no edifício do Pentágono?” parece-me escasso, como argumento, ainda por cima vindo de um jornalista.
    Eu sei que as teses conspiracionistas (Priorado do Sião, Illuminatti, Grupo Bildberg, etc) exigem a mesma fé que têm os partidários das virtudes miraculosas do Aloé Vera, os membros da IURD, os fanáticos das claques de futebol e os compradores de garrafinhas de água do rio Jordão. Sinta-se em boa companhia: milhões de pessoas acreditam em OVNIS, Roswell e no Abominável Homem das Neves…
    Por outro lado, há quem se divorcie e compre um descapotável de dois lugares, quando lhe chega a crise da meia-idade (hoje em dia adiantada para os 50 e muitos, tal como o ser jovem, que se aplica a gente de 30 anos…)

  15. Vera diz:

    Ah..então desculpa lá. O Bin Laden não é um muçulmano “ferrenho”, vulgo extremista..é sim um muçulmano moderado. Está melhor assim?:)

    “Ou porque leu nos jornais que o homem é terrorista logo acha que ele é “ferrenho”?”
    Tiago..por favor. Não ultrapasses os limites do ridículo… Será que ele é moderado? Ou melhor, pacífico?

    A sua civilização ou a sua fé? Decido-me? Civilização: Estado de progresso e cultura social. Partindo do princípio que ele têm uma cultura própria, leis próprias, estilo de vida própria, acho que posso dizer que são uma civilização. Senão porque é que muitas vezes é aplicado o termo “choque de civilizações?”

    Nós n fizemos nd aos americanos e ingleses porque temos valores diferentes!!! VALORES. Ou tu achas que um ocidental e um islâmico são o mesmo?

    vou sair. Continuo mais logo.

  16. Vera diz:

    Bom, continuando e resumindo: Tiago, a grande diferença entre o exército americano e israelita e as guerrilhas islâmicas é esta:

    Acho que a imagem vale por si.

    Quanto ao facto de os atentados islâmicos não serem nada quando comparados com alguns exércitos ocidentais..Tiago, se tivesse perdido parentes próximos nesses atentados..iria mudar de opinião. Se um dia levar com um bomba atómica na sua cidade..logo vê.Talvez a vítima do Bin Laden ou os grupos extremistas (ou moderados?Como vou eu saber?) islâmicos tenham pena de si..como o Tiago tem pena deles. É uma questão de sorte.

    Eu não digo que a atitude do exército americana é correcta ou errada. Simplesmente o Bush mete a pata na poça porque não percebe patavina de história. Mas não é por isso que vou desculpabilizar os islâmicos..nem pouco masi ou menos!

  17. Um ocidental e um islâmico? Que raio de comparação é essa?? Um islâmico e um cristão são sem dúvidas diferentes. Mas um ocidental e um islâmico não dá para comparar. Porque um ocidental pode, perfeitamente, ser muçulmano, logo podem ser a mesma coisa. Agora se falarmos de cristãos e muçulmanos, sim, têm concerteza diferenças como é óbvio.

    Se nós não fizemos nada aos americanos, ingleses, italianos que atacaram o Iraque é porque nós é que não temos valores! Mas é que nem tente distorcer isso! Nós NÃO temos valores! E atenção, não estou aqui a fazer comparações. Tou a falar de nós portugueses, europeus… Nós não temos moral nenhuma para falar. Porque falamos em paz e amor, e eu só vejo destruição! Falamos em honestidade e eu só vejo corrupção! Falamos como se fossemos donos da verdade e “apoiamos” invasões sobre pretextos falsos. Etc, etc…

    Quanto a essa foto tem aqui a resposta: clica aqui

    Ah então perder um parente num atentado é mau? A sério? Pensei que não. Mas então e perder um parente na guerra? E perder milhares de pessoas numa guerra em comparação às poucas que morrem em atentados…

    Não, a atitude do governo americano não é correcta! Não pode ser porque é desde o início ilicita! É baseada em mentiras! E você não tem que desculpabilizar os islâmicos, mas eles é que têm que desculpar todos os que tomam o todo pela parte. Por favor pare de generalizar! Fica-lhe muito mal! Porque se quisesse eu também podia generalizar e começar a insultar os cristãos, os europeus, os judeus, etc… Mas não o fiz…

  18. Vera diz:

    Não, um Ocidental e um islâmico não podem ser a mesma coisa. Partilham valores diferentes.

    Ah, então se tivéssemos valores devíamos estar para aí a explodir bomba no meio do Carrefour e da Feira da Ladra.. compreendo.
    Além do mais, Portugal também participou no Iraque. Porque é que não vais ofender os militares que se ofereceram para ir para lá, no aeroporto de Figo Maduro? Mostravas que tinash alguns valores, segundo a tua teoria.

    A Europa não é perfeita, mas é o melhor que se arranjou até hoje. Vá para onde quiser, só aqui consegue que os seus direitos humanos sejam respeitados minimamente. Pode também optar por ser um Monge tibetano ou ir viver para os confins da Birmânia..mas não sei se está para isso.
    Nós não somos donos da verdade, mas tentamos espalhar o que de melhor há para que os outros tb possam viver melhor. Senão, como vai a Europa viver bem se estiver rodeada de miséria?

    A invasão do Iraque foi feita com a desculpa de falsos pretextos, sim. Mas é a invasão do Iraque que representa os nossos valores? Ou representa, antes, o pior do Ocidente?

    E diga-me lá, se nós não temos valores, quem os tem? Os muslims moderados da Charia? Havia de ter nascido mulher no mundo islâmico. Era disso que muitos esquerdistas precisavam.

    PErder um parente é sempre mau. MAs na guerra ele é, supostamente, militar! Eu qd me alistei no exército não foi a achar que ia para lá fazer ballet!!!! Sei que riscos corro, sei o que estou lá a fazer.
    E os israelitas e americanos matam demasiados civis justamente por causa do que a imagem ilustra. Os grupos terroristas escondem-se atrás da população. Em áfrica metem mulheres e crianças a correr à frente deles. Diga-me lá onde é que o Hezzbolah se escondeu no Líbano? ah pois…se estivessem muito preocupados com o seu próprio povo não se tinham escondido numa aldeia. Usam isso para captar o apoio da população que não se apercebe e dizer “Os porcos dos judeus matam os nossos civis!! Viram!!” Quando eles é que são os cobardes.

    Tiago, porque não entrar em contacto com a Al-Jazeera e tentar enviar um mail de apoio o Bin? Hm? Acho que ficava bem no teu CV de activismo esquerdista..sempre pela paz. (Assina-lhe assim “Peace and Love Pakistan”)

  19. Vera diz:

    Quanto à imagem..Exacto..é por isso que se explodem e atacam civis… Realmente, é mais fácil do que atacar o exército. Pobres coitadinhos.
    Já para não falar na questão de a quem pertencem as terras… Que são obviamente dos judeus.
    Mas pronto..os media fazem a opinião pública, elegem, sujam a imagem…
    Já leu o livro: Mil novecentos e oitenta e quatro? Fala sobre isso…

  20. Sim um ocidental pode ser muçulmano!!! Qual é a dificuldade em entender isto? Assim como há orientais cristãos também há ocidentais muçulmanos, hindus, budistas, etc… Tanto pode ser que os há, e não são poucos, só na Europa são milhões… Não vejo nenhum problema nisso.. Acho que isso nem se questiona… é um facto!

    Quantos aos portugueses não há muito a dizer. Tinhamos um primeiro-ministro que não passava de um cão mandado, assim como o primeiro-ministro espanhol, que apenas serviram de bonecos no meio desta guerra. Logo nem me referi aos portugueses precisamente por isso.

    A europa já está rodeada de miséria! Não vê? E pelos vistos ninguém se importa com isso… Ah peço desculpa, importam-se sim, mas só quando começam a chegar os imigrantes que tentam fugir a essa miséria…

    Sim, as mulheres muçulmanas sofrem muito hoje em dia por causa da má interpretação que muitos fazem do Al Corão. Mas porquê criticar os outros se nem em portugal as mulheres são respeitadas como deviam? Olhe agora o caso do aborto! As mulheres ocidentais, infelizmente, ainda não são livres. Mas estão melhores que as muçulmanas… sim claro que estão.

    Não, quem morre na guerra, não são só os militares. Logo as contrário dos atentados, em que morrem dezenas, na guerra morrem milhares de inocentes! Milhares!!!

    Então você é militar? Só podia… uma mente tão influenciada… Digo desde já que não concordo que portugal gaste tanto dinheiro com militares. Acho absurdo! A meu ver os militares em nada contribuem para este país. E não me diga que qualquer democracia tem que ter como se defender…Não! Ou pelo menos, não com tantos militares. Veja o caso da Suécia! E é sem dúvida uma das 3 melhores democracias do mundo, e nem tem exército significativo!

    Não os americanos e os israelitas não matam civis porque o hezzbolah os usa como escudos, eles matam-os porque não querem saber. Têm um objectivo simples: colonizar, conquistar, destruir. Simples.

    A guerra no líbano neste verão foi demasiado rídicula… E foi uma vergonha para Israel. Onde já se viu? Invadir um país, destruir as infra-estruturas, os hospitais, escolas, casas, ocupar territórios ilegalmente, matar membros da ONU. Mas qual é a dificuldade em perceber os objectivos de Israel e da escumalha que os apoia?! Como podem invadir um país assim sem mais nem menos!?!? E não me venham com a historinha dos soldados raptados, que esses ninguém sabe deles, e Israel tá-se nas tintas para os seus soldados.

    Israel invadiu o Líbano! Um país soberano!

    Se a Espanha invadisse Portugal, dando como desculpa a existência de uma célula da ETA aqui, eu gostava d ver a vossa reacção! Pois, mas como é Israel não faz mal! E como são os árabes que morrem, e para vocês os árabes não são gente, então que se f*da!

    Poupem-me dos vossos discursos moralistas de que a terra pertence aos judeus e mais não sei quê! POUPEM-ME pah! A terra não pertence aos Judeus! Tem lá alguma etiqueta a dizer que lhes pertence? Ou existe algum contrato de arrendamento? Não, espera, foi deus que disse!.. Para os Judeus (e como não quero generalizar, refiro-me aos Zionistas) só uma “raça” tem direito a habitar esta terra: os judeus! Então, por este ponto de vista o planeta terra é deles! Que palhaçada! Só tenho pena dos judeus e árabes inocentes que sofrem no meio disto tudo por causa da ignorância e cegueira de uns!

  21. Vera diz:

    Bom, não estou para muitas conversas porque já sei que aqui a conversa nunca masi acaba e tenho mais que fazer. Vou por tópicos:

    As mulheres ocidentais são livres, tal como os homens e as CRIANÇAS!

    Qualquer pessoa minimamente entendida em política sabe que o sector da defesa é fundamental em qualquer Estado. Países como a Suiça, por exemplo, não possuem sequer exército porque têm acordos com outros países e organizações, sabendo também que os seus vizinhos não a vão invadir. nunca ouviu falar muito das forças armadas suecas, pois não…acha o quê, que irião ser invadidos por ursos polares? Ou que pinguins lhes atirassem mísseis para a fronteira do círculo polar ártico? Desde que acabou a Guerra Fria que não há necessidade de ter regimes activos tão numerosos.
    O Tiago acha que os militares em nada contribuem para este país mas na hora de ir combater não és tu que dás a pele! Na hora das guerras civis não é a tua família que lá está à espera dos barcos da Marinha para a trazerem de volta em segurança. Aliás, para o Tiago o ideal era acabar com todo o tipo de segurança, assim os teus amiguinhos já andavam mais livres pro aí..coitadinhos, reprimidos.

    Estás-te a esquecer de um pormenor: o governo do Líbano encobriu o Hezzbolah. No entanto, a entrada e a atitude de Israel não deixou de ser abusiva, sim.

    Quanto à questão da terra..Os judeus não tem direito a ela, então quem tem? são os Palestinianos que têm lá a etiqueta? Só me falta agora dizeres que é de todos…a terra é de todos! Da Lua não se veêm fronteiras.. Ai que emocionante…

  22. Vera diz:

    * regimentos activos tão numerosos

    (sim, os bichinhos são do hemisfério Sul..:) e dirão os conspiracionistas..”com longo alcance..nunca se sabe!!!”)

  23. Vera diz:

    Ahhh vi agora a imagem do “World Peace Please”.. Caso não saibas, as forças armadas não têm só como função fazer a Guerra. Muitas vezes previnem-na, vigiam os locais, etc. Ainda dizes tu que não servem para nada. Nunca pensaste que podem ser úteis na resolução de conflitos, em vez de apenas fazerem guerra?
    Mesmo assim, vamos sempre precisar de protecção! Nossa ou de outros, como tem a Suiça, mas vamos precisar! E se amanhã estala uma guerra? Como é? És tu que estás preparado e treinaste as técnicas de salvamento, corrida, estratégia? Ainda não saíste da fase do ideal hippie, pois não?

    Curiosamente, fazes-me lembrar aqueles nazis que atribuem a culpa de tudo e mais alguma coisa aos judeus..uhuh..que ironia, já viste?

  24. Pois claro! Eu fui bem explicito. Mas para ficar claro, vou repetir: quando me refiro a Israel não me refiro ao povo mas sim à corja que governa o país. Um bando de fascistas que apenas querem poder poder poder, nem que para isso tenham que por em risco o proprio povo! Por isso que fique bem claro. Para mim os Judeus são como os Muçulmanos ou os Cristãos. E como tal há os bons e os maus. Da mesma maneira que existem muçulmanos terroristas, existem cristãos imperialistas e terroristas, assim como um governo zionista fascista a governar Israel. Não confunda as coisas. Eu fui bem explicito! Ao contrário de si, que pega nos muçulmanos e mete-os todos na mesma panela e os culpa pelas desgraças que acontecem no mundo, quando na verdade nem se comparam com as que os cristãos fazem hoje em dia.

    Quanto à guerra. Que mais posso dizer. Sou completamente contra a guerra. Ponto. A guerra não resolve nada, só traz mais guerra, mais mortes, mais desgraça! E não existe tal coisa como guerra preventiva! Se não houvesse exércitos não havia guerras. Sempre foi assim, desde os egipcios aos romanos. É um facto. Só há exércitos porque vivemos em constante clima de terror provocado e semeado pelos nossos proprios países. Temos medo! Nem sabemos ao certo de quê. Mas temos medo! Metem-vos na cabeça que existe um inimigo e já nminguém consegue dormir só a pensar nisso! É triste! É deprimente!

    Disse e repito. As forças armadas em nada contribuem para este país! Nada!

    mas na hora de ir combater não és tu que dás a pele!

    Obviamente que não! A minha luta eu faço com palavras não com armas! Primeiro o Homem desenvolveu as armas depois a palavra! Alguns de nós evoluiram! Outros continuaram iguais!

    Na hora das guerras civis não é a tua família que lá está à espera dos barcos da Marinha para a trazerem de volta em segurança.

    Lol! Guerras civis? Onde? Aqui? Só se for por causa do futebol! Quais guerra civil quais quê… ! É o que eu digo, a lavagem cerebral é tal, que até sonham com guerras civis! Enfim…

  25. Vera diz:

    As palavras são muito bonitas, mas lembra-te que nem toda a gente pensa como tu. Nem toda a gente quer a paz, nem toda a gente é pacifista. Tenta ir pregar para uma zona intolerante para ver se alguém te houve. Não tenhas ilusões, o ser humano não se rende dessa maneira. Tu pensas assim, certamente essa é a via mais calma..Mas lembra-te que existe gente muito diferente com objectivos muito diferentes.

    Relativamente ao governo de israel e a essa raiva toda com que falas de israelitas e americanos, não te vejo a fazer o mesmo em relação ao governo libanês que na altura do conflito incluia membros terroristas . Deixou o Hezzbolah refugiar-se no Líbano, sabendo que a sua população ia ser massacrada. Não te vejo a falar assim, também, do governo iraniano, nem da Síria. Não te vejo revoltado com os crimes de honra cometidos em solo europeu, com a cultura repressiva que eles criam e fazem questão de aplicar em terra alheia, logo tu que pareces ser adepto da liberdade, nem com o massacre de Darfur onde os ISLÂMICOS massacram constantemente a minoria negra cristã.. Ah, já sei, os cristãos fazem muito pior, por isso, deixa-os sofrer um bocadinho. Compensa.
    Não estarás a ser imparcial?

    Bom, e o teu último parágrafo era desnecessário, principalmente a parte da lavagem cerebral:
    Eleições no congo e alerta de possível Guerra civil, a recente guerra no Líbano, os conflitos em Timor, os distúrbios em Angola… Quem vai lá tirar os portugueses? AS tuas palavras?
    Se lesses com atenção vias que não fazia lá muito sentido a Marinha portuguesa ir buscar (?) portugueses em situações de risco para os trazer de volta (?) para Portugal…porque já cá estavam.. não é? Nem sei como conseguiste chegar a uma conclusão tão….estranha, no mínimo.

  26. Vera diz:

    E lembra-te, para tu hoje estares a escrever essas palavras, sentadinho na secretária, já muitos exércitos perderam milhares de Homens.

    Mas lá está…o mundo deve ser tudo uma cambada de parvos. Forças Armadas? Quem foi a besta que inventou isso? Cá para mim foram os judeus..digo..o governo israelita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: