UPS, a distribuidora “oficial” da Jihad islâmica

A empresa UPS não distribuiu encomendas em determinadas zonas de Israel. Bom, de facto, não é bem assim. Ao que tudo indica, a UPS rejeita distribuir encomendas para determinadas áreas judaicas (o mesmo é dizer destinatários judaicos) mas aceita encarregar-se do trabalho se o destinatário for palestiniano. É o que se chama negócio racista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: