Mais pérolas da Comunidade Islâmica da Web (*)

  • “(…) Há algum tempo descobri produtos Halal no Pão de Açúcar, vindos do norte da Europa. Deliciosas salsichas de carne ou frango, fiambres e chouriços de carne de vaca. Vi lá também garrafas de vinho tinto e branco, sem álcool, enfim, modernices a que nos muçulmanos portugueses não estamos habituados (aliás, aqueles produtos são importados sobretudo para satisfazer as novas modas vegetarianas ou apreciadores de coisas exóticas, uma vez que o número de muçulmanos em Portugal, e mesmo em Lisboa, é ínfimo).
  • Coloquei aquilo tudo na mesa – salsichas, fiambre, vinho tinto halal! – e senti-me um autêntico “infiel” a saborear horrorosas coisas proibidas! Quase esperava que um raio me fulminasse e me enviasse “straight to Hell”… Estava tudo óptimo, menos o vinho tinto “halal”. Aargh! Como é que alguém consegue gostar de vinho tinto, pensei Ou gostar de vinho sequer”

Pois. E se algum dia o número de muçulmanos crescer ao ponto de serem a maioria em Portugal? A partir desse dia, deixaremos de poder beber vinho, nós, aqueles a quem o Hamid chama “infiéis”, que comem coisas “horrorosas”. Em quanto países islâmicos os não-muçulmanos podem comprar e beber álcool? Olha o que nos espera, se esta gente continua a vir do Paquistão, da Índia e da Guiné-Bissau para cá, ao mesmo ritmo a que os generosos governos portugueses (com especial destaque para os socialistas suicidas) têm permitido.

(*) O engenheiro Tayab Abdul Habib, administrador do site da Comunidade Islâmica da Web, resolveu bloquear o acesso a todas as ligações que partam deste blogue. Mas para ter acesso ao site da CIW, basta copiar daqui e escrever, no seu browser, o endereço: http://www.myciw.org/

3 Responses to Mais pérolas da Comunidade Islâmica da Web (*)

  1. Anonimous diz:

    Essa do álcool tem muito que se lhe diga…é mais uma das hipocrisias … basta falar com algum tripulante de uma companhia de aviação que voe para países muçulmanos para sabermos 1001 histórias de como os islâmicos bebem tudo o que existe a bordo, excepto os perfumes! E a julgar pelos comentários do Eng Tayeb parece que Baco tem lhe prega umas partidinhas. hic

  2. Jaï bettancourt de carvalho diz:

    Um constante da religião muçulmana è de se comparar sempre aos outros e de criticar tudo o que eles fazem e não fazem !

    Nunca hà meias medidas, por exemplo :

    Uma rapariga com vèu è uma santa, sem vèu è uma puta.

    E tudo assim !

  3. Pedro Marcos diz:

    Em defesa do rojão
    Abaixo o Islão!

    Já agora algumas das iguarias que por aqueles lados são degustadas. Atenção: não recomendado a almas sensíveis!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: