O político com vergonha da mãe branca

Obama Barak: “Deixei de mencionar a raça da minha mãe a partir dos 12 ou 13 anos..”

obamarosto.gif

Tiger Woods, o mais bem pago desportista do mundo, recusou uma sugestão do seu principal patrocinador para se “apresentar” como negro, com objectivos meramente comerciais. Woods, filho de mãe tailandesa e de pai de sangue misto (negro, branco e índio), refere-se a si próprio como “Cablinasian”, uma junção de Caucasian, Black, Indian e Asian. Ou seja, é um homem que não tem vergonha de ser filho de quem é. Obama Hussein Barak, nas suas memórias escreve: “Deixei de referir publicamente a raça da minha mãe quando tinha 12 ou 13 anos, quando comecei a suspeitar que, ao fazê-lo, estava a tornar-me agradável para os brancos” (*). Obama Hussein Barak, a grande esperança do Partido Democrata para as próximas presidenciais, foi abandonado pelo pai, um imigrante queniano de família abastada, aos dois anos de idade e criado pela mãe, norte-americana e branca, com a ajuda dos avós maternos. Anda uma mãe a criar um filho para isto…

(*) “I ceased to advertise my mother’s race at the age of 12 or 13, when I began to suspect that by doing so I was ingratiating myself to whites.”

18 Responses to O político com vergonha da mãe branca

  1. O crime racial dá nisto, um novo pseudo-Howard Dean. Acham todos muita graça a este arauto do politicamente correcto, mas poucos o vão eleger como candidato Democrata às Presidenciais de 2008.

  2. Mais afro-americanos racistas: Malcolm X (David Duke versão preto, prostituto antes de se transformar na celebridade que foi), Al Sharpton (destila ódio de cada vez que fala de brancos, judeus, hispânicos e todos os que não são afro-americanos), Jesse Jackson (igual ao anterior, desta vez com a agravante de ser um clérigo encornante), Kamau Kambon (o atrasado-mor, mais ódio por palavra quadrada do que qualquer outro grande ditador da história, mas há gajos muito estúpidos e cobardes tipo o Dani Olibeirinha, que acham que este símio é uma invenção do FBI e da CIA), etc. etc. etc..

    A lista de imbecis nunca mais acaba. Agora venham de lá os imbecis do costume acusar este blog, o seu autor e os que cá comentam de “racismo” e não sei mais o quê.

    E já agora um update nessa besta quadrada do Obama: nas suas últimas conferências e operações de charme sobre os votantes dos EUA este senhor inventa uma nova ascendência a cada oportunidade, ele é Native-American, ele é Jewish-American, ele é descendente de um general da Confederação, ele é tudo. Obama é um sensacionista da ascendência e acaba por ser um inovador nesta coisa de angariação de fundos e votos: até aqui prometiam-se impostos mais baixos, mais relvinha na cidade, mais isto e aquilo, este diz que descende um pouco de todos e portanto simboliza os EUA como ninguém. Ridículo. Quem me vota nisto votaria num cão rafeiro de gravata.

  3. EU SINTO É VERGONHA DE POSSUIR POUCO MAIS DE 3% DE GENES PRETOS, OU 1/32 DE NEGRITUDE!!!

    TUDO BEM QUE NA INGLATERRA EU SERIA BRANCO, MAS NOS EUA, A LEI DA UMA GOTA ME PÕE COMO PRETO E POR ISSO JAMAIS COMENTO MEUS ANTEPASSADOS AFRICANOS, POIS SOU BRANCO POR PREDOMINANCIA E DE ALMA!!!

    COMO AQUI NO BRASIL AS ESCRAVAS NEGRAS NÃO POSSUIAM REGISTROS, MINHA FAMÍLIA PÔDE OCULTAR A PULADA DE CERCA DE NOSSO PATRIARCA, MAS O SANGUE PRETO É SUJO!!!

  4. Egidio Vaz diz:

    Haverá alguma relação entre raça (que não existe) e racismo? Haverá uma relação directa entre determinados grupos sociais e a sua propensão as praticas racistas? O debate parece-me estar a sair dos carris dando campo a nossa intuição irracional, coisa que acontece quando as pessoas reagem obedecendo o seu instinto e não a razão.
    Voltemos ao debate.

  5. WSA diz:

    Funk Jew Nowww, está inventando ciência, dizer que tem 3% de genes pretos, é de uma burrice deslavada. Segundo o projeto genoma que é o projeto que mapeou todos os genes humanos, depois de muito estudo se descobriu que não existem genes raciais, os genes são os mesmos, no entanto o fenótipo é diferente pois os mesmos foram ativados devido a características ambientais, e para ser mais claro, cientificamente, não há qualquer dúvida que não se pode classificar na espécie humana qualquer raça, mesmo utilizando-se os mesmos critérios utilizados para determinar raça nos outros animais, eu poderia aqui falar sobre os estudos e me aprofundar mais caso fosse de interesse, o fato é que o tal de Funk Jew, antes de dizer bobagem deveria se curar da ignorância.

    Quanto ao fato de esconder a mãe branca, eu acho um ato nobre e corajoso e isto se deve ao fato de conseguir chegar onde chegou sem utilizar o que para uma sociedade racista seria um mérito, quanto a mãe, com certeza esta mãe o apóia, pois teve um filho com um negro e deve entender a situação do negro no mundo, eu acho que não existe um entendimento por parte dos opressores do que seja a situação do oprimido.

    A questão racial é muito mais complexa do que este ódio pregado aqui, e o passado parece que não faz diferença para as pessoas, o fato de não entender ou não respeitar a história, tem como conseqüência a mesma repetição dos erros do passado, esta violência demonstrada aqui somente mostra que os ideais de Hitler ainda estão vivos e com as mesmas justificativas, aliás, devido aos testes feitos pelos padrões do nazismo, muitas mulheres judias se casaram com oficiais nazistas por serem consideradas alemãs, felizmente a ciência avançou e hoje se sabe que tal teste é simplesmente impossível de ser feito, principalmente porque a tal raça ariana, nunca existiu.

    Será que é covardia chutar a perna de um perneta? Se alguém disser que tem orgulho de somente ter uma perna, isto será uma questão de superioridade ou de auto-estima? O fato é que quem pela sociedade já é atacado, de alguma forma tem que manter a auto-estima, de alguma forma tem que manter a dignidade, de alguma forma tem que dizer ao dominante que não está nem aí para o domínio. No dia em que as pessoas forem realmente tratadas de forma igual e deixarem de ser pernetas, ou quando ser perneta realmente não fizer a mínima diferença, não será necessário nenhum tipo de sentimento de orgulho, somente existirá o sentimento de igualdade, infelizmente esconder a mãe branca ainda pode ser necessidade de auto-afirmação de que independentemente do que poderia para uma sociedade onde a cor da pele é importante ser uma vantagem se consiga sucesso somente pelas próprias forças, a história pode até ser triste, e mesmo que não possa ser aceita por alguns, tem justificativas, o que é necessário e se repensar a sociedade humana como um todo e não atacar alguém que por defesa se priva de privilégios para atingir um objetivo.

    Eu acredito que mesmo que não existam raças como a ciência já provou, existe o racismo, existe o racismo social, o mesmo racismo que existe na Rússia, mesmo que todos tenham a pele branca, o mesmo que existiu e ainda existe na Bósnia, onde a cor da pele também é a mesma, o fato é que existem os dominantes e os dominados por questões ligadas a irracionalidade, o Funk Jew Nowww mostrou isto através da ignorância e porque não dizer, através da mentira também.

    Branco por predominância e de alma? Qual a vantagem disto? eu realmente não sei qual é, Hiltler também era assim e foi derrotado, talvez ser branco por predominância por questões genéticas e ter a alma sem cor, não o colocaria no lado dos derrotados.

    • RATO diz:

      Por favor parem de falar mal da raça branca quando você diz os brancos você esta falando mal de mim da minha mãe do meu pai e também dos meus avós que não tem nada a ver com esta pessoa com no qual você esta indignado se você tem problemas de alto afirmação você deveria procurar ajuda de um psicólogo ou algum profissional da area e não generalizar falando mal e uma raça inteira .E digo mais pois se eu tivesse uma mãe negra eu teria todo orgulho de dizer que ela é negra pois ela é minha mãe e não a nada no mundo que faça mudar isto .

  6. piloto diz:

    A raça só existe uma ,a raça humana, o que existe é a divercidade de culturas , culturas quais que ñ se devem sobre por as outras.

  7. admirador diz:

    condordo!

  8. LUSITANO diz:

    Nos EUA pouco importa que a mãe dele seja branca, para eles ele é negro e pronto.
    Há muitos americanos com o tipo físico branco e são classificados como negros, porque lá a origem é mais importante que a aparência. Lá, negro é quem tem antepassado africano, pouco importando a aparência.

  9. WSA diz:

    Lusitano, você leu isto?

    “Deixei de referir publicamente a raça da minha mãe quando tinha 12 ou 13 anos, quando comecei a suspeitar que, ao fazê-lo, estava a tornar-me agradável para os brancos”.

    Se um negro americano diz isto é porque pelo menos para ele, a cor da pele da mãe faria sim a diferença. Marya Carey, também disse isto, disse que quando saia com mãe branca era tratada de uma maneira, quando sai com o pai negro era tratada de outra forma, portanto, faz sim toda a diferença, no entanto, eu não acredito que nos Estados Unidos exista um preconceito tão arraigado tanto de negros contra brancos quanto de brancos contra negros, o que existe são apenas resquícios das lutas pelos direitos civis, pois os negros, mesmo sendo lá uma pequena minoria tem um tremenda reprentatividade, principalmente no exterior, muito diferente do Brasil por exemplo.

    De qualquer forma, se um negro americano diz que faz diferença, eu só acreditaria em você se também fosse negro e norte americano, você é?

    Existe apenas uma raça, a raça humana, mas isto somente é verdade quando existe uma reflexão científica e dependendo do ângulo, também filosófica, mas no dia a dia, existem as raças sociais, pois se não existissem, não estariamos neste momento discutindo sobre isto, e com certeza as diferenças não são somente culturais, estão na cor da pele por exemplo, na maneira de se vestir, e em outras coisas sem a menor importância mas como todos sabemos, a cor da pela não significa que uma pessoa é mais parecida ou menos parecida com outra pessoa, posso apresentar um exemplo simples:

    Se um homem branco tem por exemplo o sangue do tipo A e precisa de transfusão, se ele recebe sangue de outro individuo branco com o sangue tipo B, ele simplesmente morre, se recebe de um indivíduo negro com o sangue do tipo A, ele sobrevive, então este homem branco é mais parecido com o homem negro que pela semelhança sanguínea poderia lhe trazer a vida, ou com o homem branco que pela diferença sanguínea poderia lhe trazer a morte? Neste caso a semelhança entre o homem branco e o negro está no sangue.

    Aqui no Brasil o FUCK JEWS NOWWW seria um criminoso, se este site fosse no Brasil, ela já poderia até ter sido denunciado e com certeza ele sabe disto, racismo é crime inafiançável e imprescritível, mas mesmo as leis não impedem que um criminoso contumaz cometa um crime, desta forma aqui no Brasil possuimos uma sociedade as vezes hipócrita, onde o racismo se encontra em cada esquina, por isto eu entendo o que o americano tentou dizer, a questão é de auto-afirmação, não é de negação da mãe.

    • RATO diz:

      Só uma correção deste poste eu queria dizer a todos que os negros não são maioria neste pais pois a mais descendente de indígenas neste pais dizendo que é negro do que negro de origem afro-descendente .E eles usam uma expressão errôneo dizendo que ja avia negros nesta terra antes da chegada dos negros que é errado avia sim índios o povo indígena que agora os chamam de aborígenes não sei se eles gestão deste termo .Mas porque isto acontece porque os negros os tratam mal menos que gente s eles se apresentarem como descendentes indígena .Como fazendo piadinhas de como era a vida na oca dizendo que todos os índios eram cornos e assim vai .

  10. JUDEUS... diz:

    MARCADORES GENÉTICOS RACIAIS EXISTEM SIM JUDEUS INTERNACIONAIS!!!

  11. ATG diz:

    Sou brasileiro e sobre o problema do racismo no meu país vou narrar só um acontecimento. Em um bar estava assistindo, junto com um grande grupo de pessoas, a um jogo da seleção brasileira no mundial dos EUA. Pois bem, havia um grupo de torcedores que, a cada vez que um jogador negro ou mulato perdia a bola ou cometia algum erro diziam: Tinha de ser preto mesmo! O jogador Romário, eleito o melhor daquele mundial e dos que mais ajudaram a seleção a ganhar o título, que não é negro, é pardo ou mulato, a cada vez que pegava na bola era “incentivado” por este mesmo grupo de torcedores com expresões como: Vai “neguinho” sujo! É isso aí “neguinho” maloqueiro! O próprio REI Pelé contou que a famosa comemoração, mundialmente imitada, do soco no ar, foi por ele feita pela primeira vez durante uma partida entre Santos e Juventus de São Paulo, no campo do Juventus, time com a maioria dos torcedores da colonia italiana, en fins da década de cinquenta, onde a arquibancada fica quase dentro do gramado. Pois bem, a cada vez que ele pegava na bola vinham os insultos: “seu crioulo safado!”, “seu preto filho da puta!”, “macaco!” “negro sujo!”, resumindo, ele foi tão xingado que, ao fazer um gol, saiu correndo em direção àqules que o insultavam, saltou e deu um soco no ar de raiva! Se o Brasil, a “democracia racial” é assim, imaginem os EUA!

  12. É MUITO MELHOR OS CAUCASÓIDES PORTUGUESES SE ALINHAREM AOS CAUCASÓIDES BRASILEIROS POR INTERESSES EM COMUM DO QUE TENTAR NOS ENFRENTAR, POIS ACABARÃO DESTRUÍDOS PIOR DO QUE OS JUDEUS INTERNACIONAIS DESTROEM O MUNDO POR AÍ A FORA!!!

    NÃO PENSEM QUE O BRASIL É BONZINHO E O PARAÍSO RACIAL COMO DIZEM POR AÍ, POIS DE MODO ALGUM O É!!!

  13. Renato diz:

    E o engraçado é que o Obama tem mais votos da população branca do que da negra, porque para estes ele não é realmente negro.

    “Mas há também um ponto inquietante: muitos negros rejeitam Barack Obama por não considerá-lo um deles.

    Como escreveu Debra Dickerson na revista online Salon, “no nosso vocabulário politico e social, negros significam os descendentes de escravos africanos”.

    Quem não tem o legado da opressão, não é negro americano. Assim, Obama no máximo é “afro e americano”, pois seu pai era do Quênia e ele foi criado por sua família branca.”

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2007/02/070212_caioblinderrw.shtml

  14. ele não tem vergonha da mãe diz:

    acontece que para os politiqueiros conseguirem votos, pega melhor quando são mais de acordo com o que realmente pregam da boca pra fora…

  15. Palanque diz:

    Amigos, eu já tracei várias mulheres de todas as raças. Não há diferença.

  16. preta diz:

    eu me orgulio muitissima de se preta pois e uma rasa igual a todas as que esistem no mundo todo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: