Navegando pelos esgotos de Portugal (I)

O subcomissário da PSP António Neto teve uma daquelas frases que ficam para a posteridade, ao comentar a recente onda de assaltos que atinge a cidade de Coimbra, em declarações ao DN. Disse o senhor que “não é por haver mais polícia na rua que acabam os assaltos”. Brilhante. Promovam-no.

Cerca de 15 por cento dos sem-abrigo existentes em Portugal são imigrantes africanos. 10 por cento são imigrantes de Leste. 15 mais 10 faz 25 por cento. Desemprego, alccolismo, ilegalidade são as razões principais da sua situação, de acordo com um estudo publicado pelo DN, no dia 5 de Fevereiro de 2007.

A Associação de Bares da zona histórica do Porto quer instalar um sistema de videovigilância naquela zona, para combater a onda de crimes que ali se verifica. Os talibans dos direitos vão dar-lhes a mesma resposta que deram à municipalidade de Guimarães, quando esta pretendeu colocar o mesmo sistema no centro histórico da cidade, para impedir actos de vandalismo: viola os direitos dos cidadãos a não serem filmados.

Num colóquio na Gulbenkian, foram reveladas as opiniões que os imigrantes têm dos portugueses. De acordo com o DN, “o jovem Primeiro G não compreende porque é quem nasce em Portugal não é português”. Coitado do jovem guineense. Nem sequer conhece as leis do seu país. Que, nesse aspecto, são iguais às nossas.

Isabel Soares, filha de Mário Soares e directora do Colégio Moderno, a propósito das bichas de três dias para se matricularem os filhos naquele estabelecimento de ensino: “É bom perceber que os pais têm confiança no nosso projecto educativo. Por outro lado, penso que é muito revelador da falta de crédito que as pessoas dão ao ensino público”. Ora bem! O socialismo condenado pelo rebento da mais ilustre dinastia socialista.

2 Responses to Navegando pelos esgotos de Portugal (I)

  1. António Marcelo diz:

    Imigração maciça e ultra-garantismo não bons para o país. STOP. Políticas sociais boas. STOP. Mas políticas sociais sem medidas policiais muito más. STOP. Fundamentalismos progressistas cavar tumba para Portugal. STOP. Demagogia da esquerda errada. END TRANSMISSION.

  2. António Marcelo diz:

    Pelos esgotos de Portugal
    eu vi tanta coisa linda
    vi um mundo sem igual…

    António Neto, José Sócrates, Luís Rebelo, Paulo Pedroso, etc…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: