Ataques de cães aumentam em Inglaterra

22 por cento das vítimas são crianças

dentada_cao.jpg

A pediatra britânica Rachel Besser, num artigo publicado no British Medical Journal, defende “formação obrigatória para donos de cães”, a fim de combater o crescente número de crianças feridas por cães. No Reino Unido, em 2002, 70 mil pessoas foram assistidas em hospitais, devido a mordeduras de cães. No ano passado, 4.133 pessoas foram internadas em hospitais, devido a ataques de cães. Do total de vítimas, 22 por cento eram crianças com menos de nove anos. A maior parte dos ataques ocorreram em casa e os cães eram propriedade de familiares.

21 Responses to Ataques de cães aumentam em Inglaterra

  1. António Marcelo diz:

    Em 1.984 quando o governo de Margaret Thatcher tencionava ajudar os americanos para bombardearem a Líbia em represália pelo sanguinário atentado no aeroporto de Fumicino, a imprensa árabe dizia: «Senhores britânicos, sejam conscientes de quantos cães e gatos inocentes podem morrer nestes ataques».

    Os cães com dois patas são ainda mais perigosos, mas não se pode esquecer o facto da maioria destas raças agressivas serem uma criação artificial através de muitos cruzamentos para obterem exemplares agressivos e letais. Um cão destes comporta-se como o escorpião da fábula. Ter tais espécimes é comparável a ter uma arma de guerra na casa e nem todos estão preparados para isso.

    Além do fundamentalismo islâmico, o ocidente tem de sofrer o fundamentalismo dos defensores dos animais. Alguns destes seres compassivos não se importam nada do sofrimento dos seres humanos. Conheço alguns que mesmo se alegram quando um toureiro é colhido na praça, mas poucos deles são vegetarianos. Não desprezam um bom bife, um presunto da serra ou um apetitoso chouriço.

    O quê dirão os simpatizantes da Frente de Libertação Animal destas agressões?

  2. amarcelo diz:

    «Os cães com dois patas». Shit, queria dizer duas…

  3. Anónimo diz:

    Confesso que partilho de boa parte das ideias deste blog mas… esta coisa dos cães não é um bocadinho ridícula? Parece-me uma espécie de bandeira política ao bom estilo do Bloco de Esquerda. Deixem lá os cãezinhos fora desta discussão. É verdade que a lista de pessoas que gostavam mais de cães do que de pessoas é preocupante: Hitler, Wagner, Nietzsche, Steiner… mas reflictamos bem… não é melhor um boxer esfaimado do que a desordem mental do Sr. Louçã ou a acefalia do Daniel Oliveira? Não é melhor a mariquice dum caniche do que a virilidade da Odete Santos? Eu duvido muito do conceito de Humanidade e confio cada vez mais na irracionalidade de certos animais…

  4. Anónimo diz:

    não hà nada como um caniche com um sobretudo de renda e com um autofalante dos antigos junto às orelhas!

  5. Custa-me a aceitar que um cão mate crianças… Deve ser defeito meu…

  6. o anonimo das rendas e do tricot diz:

    o dono de um cão que mate uma criança deve ser eliminado juntamente com o cão, Há duvidas?

  7. Anónimo diz:

    Afinal o cão é menos culpado que o dono

  8. Anónimo diz:

    E quantos cães e outros animais são atacados pelo Homem? Quantos animais são barbaramente mortos pelo Homem, por dinheiro ou simplesmente por maldade? E experiências em animais? E quantas espécies já desapareceram e estão em risco de desaparecer por causa do homem? Só o Homo Sapiens Sapiens merece viver com dignidade, ou simplesmente viver?
    “O nível civilizacional de uma sociedade vê-se pelo modo como trata os seus animais” – Ghandi

  9. Anónimo diz:

    Ó Marcelo, uma pessoa para ser contra o sofrimento desnecessário de um animal tem de ser vegetariano? E uma pessoa pelo facto de se importar com o sofrimento de animais (irracionais) abstrai-se do sofrimento humano?
    De facto vocês têm muito em comum com a esquerda. Vocês criticam os esquerdistas e comunas por serem extremistas, mas vocês não vêem que também vós sois extremistas? Tal como eles, vós sois fanáticos e extremistas. Pior cego é aquele que não quer ver.

  10. António Marcelo diz:

    O sofrimento nas granjas, laboratórios, matadouros e quaisquer lugares onde os animais são estabulados é muito pior do que os sofrimentos dos toiros na praça. Não gosto dos padecimentos desnecessários de qualquer criatura viva, mas nunca devem ser evitados às despesas dos seres humanos. Temos de sobreviver. A natureza, Deus, ou quem for, fez-nos assim. Não somos culpados disso.

    Ainda compreendo menos esse amor ilimitado pelos cães, nomeadamente por esses exemplares perigosos para os donos e para toda a gente. Não compreendo essa defesa desmedida. Esses animais seguem a sua natureza, os culpados são realmente os donos, mas porquê permitir? Noutros países essas raças estão a desaparecer e os exemplares vivos foram esterilizados.

    Não admira que os árabes fizessem burla dos britânicos. Ainda não estão contaminados por essa moda. Sofrem de outros, mas o fundamentalismo pro-animal, próprio dos ricos ainda não chegou a esse países pobres.

  11. Anónimo diz:

    Se são grandes amigos e defensores dos animais, não os devem comer!

  12. O anonimo anterior diz:

    O senso comum manda que não se maltrate um animal; agora daí a tentar Justificar de todas as maneiras e feitios (como se vê aqui ,os tais grandes amigos dos animais) ataques de cães a uma pessoa vai uma grande distancia.

  13. Anónimo diz:

    Há cães que mordem, pois há. Mas também há homens que matam e esses, supostamente, têm a responsabilidade da racionalidade. Como não acredito no Bom Selvagem mas na Bondade construída com esforço e abnegação, ilibo os cães de qualquer tipo de obrigatoriedade moral – o contrário parece-me desprovido de sentido. Nesta construção ética que o Homem faz, um dos seus primados deve dizer respeito aos direitos dos animais e a uma vivência harmoniosa com a Natureza. O facto de eu comer um animal não significa que eu não o respeite; o mesmo digo relativamente aos sacrifícios religiosos e até às toiradas (que não aprecio apenas porque me ferem o sentido estético). Acredito que um ser racional é responsável pelos seus actos e deve enfrentar as consequências. Já não aceito que um animal irracional seja responsabilizado pelo não cumprimento das leis da racionalidade. Se há cães agressivos, isso deve-se mormente à irresponsabilidade humana. É, contudo, curioso que nunca veja por aqui qualquer tipo de referência ao trabalho que os cães desenvolvem, por exemplo, na Polícia e no resgate de vítimas nos mais variados cenários de catástrofe. O pior é que este permanente e irracional rancor aos cães remete-me de imediato para aquelas feministas fanáticas que estão constantemente a maldizer os cães sob o seu amor doentio pela independência dos gatos. Por certo já repararam que, salvo raríssimas excepções, as mulheres radicais de esquerda são lésbicas, usam o cabelo curto e são taradas por gatos e, logo, alérgicas a cães. Portugal tem uma tradição religiosa de vivência respeitadora dos animais: o franciscanismo. Quer-me parecer que o problema do mundo não está na fidelidade que os cãos têm ao Homem. Mas não tenho certezas relativamente a isto… Provavelmente estou errado…

  14. Anónimo diz:

    Morto o cão acabar-se-a a raiva.

  15. ci diz:

    Os cães são proibidos em todos os espaços públicos e privados(praias,,estabelecimentos,, consultórios,,,hipers ,,etc……) devido a problemas de higiene e poluição sonora….
    Porque é que não são proibidos nos apartamentos aonde incomodam milhares de pessoas põem os elevadores cheio de pulgas?????

  16. Anónimo diz:

    E as ruas cheias de caquinhas? E os parques? E os lugares de jogo das crianças?

  17. ES diz:

    Já agora temos o problema dos pombos , que dão cabo dos edificios e já me deram cabo da pintura do carro!
    Os animais devem permanecer no seu ambiente natural .
    Um ex: “os amiguinhos dos periquitos metem os desgraçados numa gaiola—–e depois armam-se em grandes defensores dos animais.
    Pela minha parte não incomodo nenhum animal, deixo-os viver no seu ambiente natural!

  18. Aqui na Bélgica criou-se a lista dos cães perigosos, mas não leva a nada. Para além de existirem cães perigosos e que em caso algum devem estar sozinhos ou em contacto com crianças, também há donos que treinam os cães para serem usados como arma. Há ainda os inconscientes que levam esses cães a passearem sem trela e os deixam à solta em jardins ou parques infantis e depois admiram-se da carnificina que aí acontece. Vejo com frequência Rottweillers (um cão lindíssimo mas bastante perigoso) a passearem sem trela em parques ou nas praias…

  19. joana antunes diz:

    Mas há dúvidas que a culpa é dos donos?Eu também acho que cada vez mais sou a favor do fim das especies todas,não só das “perigosas” mas de todas a especies de caes,gatos e animais de convivio com o homem.Esteriliza se as femeas(sim,as femeas, já que a esterilização dos machos retirar lhes á o impulso sexual,a menos que se faça vasectomias,digo eu)e acaba se com tudo.porque de facto,eu tambem nao gostava nada de ser mordida por um cão desses,e também nao gosto nada de ver a pena de morte para os animais,enquanto que o dono a seguir vai arranjar outro.também nao suporto ver a forma como os animais são tratados nos canis municipais,e nao concebo muito bem que um cão ou um gato nao tenham direito de andar por onde querem(e sim,a cagar os passeios e a relva).por isso sim..o fim das especies.e os que ca ficam entretanto,deixemo los viver em paz.

  20. andre diz:

    mta gente aqui tem medo e tal como os caes, qdo ha medo aparecem reacçoes despropositadas e comentarios estupidos. o trauma do medo a caes é tao valido como o medo de alturas de automovel, de avioes ou do escuro! e o motivo é sempre o mesmo, conviver com algo que nao controlamos totalmente e que nos pode magoar, mesmo que indeliberadamente.
    superem isso por favor e deixem de chamar perigosos aos animais. perigoso é o homem, os outros seres apenas seguem os seus instintos de sobrevivencia e infelizmente os instintos moldados pelo homem q os tornam agressivos.
    a questao dos caes serem geneticamente modificados tb me faz rir.. alem de demonstrar grande ignorancia demostra que sao pessoas aterrorizadas e num estado surreal que fazem os comentarios anti caes.
    espero que sejam todos mordidos pelos vossos amigos

  21. adidhax diz:

    So gostava de dizer uma coisa a esse tipo de pessoas que tenhem uma pequena fobia contra cães. Secalahr gostam de gatos e os gatos tenhem pulgas e urinam em tudo que e sitio. Se o animal tem pulgas nao e culpa do animal se o animal faz as necessidades na rua e ali ficam a culpa e do dono nao do animal pk sabem por muito que ensinem um cao ele ja mais sabe pegar num rola de papel limpar se e pegar na vasoura e limpar o que fes. E alem do mais a tanta gente tanta gente a fazer coisas pior como os pedofilos e nimguem os quer estrelizar. tentem saber quanto e que fic aao estado a tentativa de um integraçao de um “ex pedofilo” na comonidade e vejam quantos deles voltam a fazer o mesmo, e meus amigos mais vos digo quem paga esse dinheirinho sao vcs com os vossos contribuintes. O animal e o refeclto da educaçao dada por o dono . Podem ver as crianças dos bairros degradados o exemplo que sao ma educaçao so pode dar maus resultado. deixem os animais em paz dediquem se a reticar outras coisas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: