Novidades no Máquina Zero

Contra a Esquerda, marchar, marchar!

A partir de hoje, o Máquina Zero apresenta-se de forma mais organizada e estruturada, num esforço que pretende servir melhor o objectivo a que nos propusémos, já lá vai mais de um ano e 172 mil visitas: ser um “espaço de crítica odiosa” e dar “uma atenção especial a jornais e jornalistas, políticos, militares, membros da Maçonaria e da Opus Dei, autarcas, empresários da Comunicação Social, advogados, extremistas de direita e de esquerda, terroristas islâmicos e seus apoiantes e simpatizantes.” – isto sem esquecer as senhoras que trabalham nos passeios do Instituto Superior Técnico, uma autêntica instituição que já deveria ter sido declarada de interesse cultural e onde gerações e gerações de jovens têm dado os primeiros passos na vida. Este singelo e modesto estatuto “bloguitorial” foi resumido, aqui, quando me mudei do Blogspot para o WordPress. Este blogue pretende combater:

– A Esquerda, mãe de todos os vícios;

– Os extremistas muçulmanos que querem enfiar uma burka pela cabeça abaixo das nossas mulheres e substituir a Constituição pela Sharia;

– O Daniel Oliveira, o João Morgado Fernandes e o Boaventura Sousa Santos, expoentes do nihilismo pró-terceiro-mundista, da fobia a Israel, do anti-americanismo primário e do lamber de botas a terroristas islâmicos, bem como discípulos, seguidores e imitadores dos anteriores.”

Assim, para além da página principal, que reservamos para o debate, teremos outras secções, que funcionam como uma espécie de depósito de munições, guardando material que, julgo eu, ajudará a muitas, boas e animadas discussões:

– “Pérolas & Porcos” – Parafraseando o aforismo popular que retrata o desperdício de algo com valor como sendo atirar pérolas a porcos – e sem ofensa para nenhum dos envolvidos – aqui colocamos algumas das afirmações que nos fazem pensar duas vezes sobre a utilidade de os seus autores se reproduzirem

– “Pérolas da Má-Língua” – Protagonizada especialmente por políticos e jornalistas, gente que devora os seus semelhantes e se abocanha mutuamente com tal sofreguidão que envergonham os Korowai e fazem empalidecer de inveja as piranhas brasileiras.

– “Pérolas de Cultura” – Repositório de ditos dos muitos bloguistas que viram demasiadas vezes o “Acontece”, de Carlos Pinto Coelho, leram todos os ensaios de Eduardo Lourenço ou acham que colocar palavras estranhas umas atrás das outras significa escrever poesia.

– “Pérolas Preciosas” – O que de há de melhor e mais raro, na blogosfera: afirmações inteligentes, sensatas e expressas de forma correcta e educada, sem erros ortográficos nem agressões gramaticais.

11 Responses to Novidades no Máquina Zero

  1. Anónimo diz:

    piranhas brasileiras? não daria pra respeitar um pouco mais as regras de trato social…? não custa nada lhe permite expressar-se sem ofender ninguém…

  2. Stran diz:

    É interessante quando se propõe a combater algo que desconhece e que não faz a minima ideia do que seja. Só peço que não comece aos tiros a tudo o que se mexa.

  3. Olha! Por acaso não tinha pensado nisso… Mas parece-me bem! Obrigado pela sugestão, caro Stran!

  4. Já agora, deixe que lhe diga, meu caro STran, que, para mim, um português que se autodenomina “tuga” ou aceita que lhe chamem isso, é igual a um negro que se autodenomina ou aceita que lhe chamem “escarumba”…

  5. Stran diz:

    Ops… Parece que acabei de dar uma pessima ideia, tenho de começar a ter cuidado na rua…

    Já agora terminando o seu raciocinio: “um português que se autodenomina “tuga” ou aceita que lhe chamem isso, é igual a um negro que se autodenomina ou aceita que lhe chamem “escarumba”…” que por sua vez é igual a uma pessoa que se autodenomina “maquina zero” ou “jarhead”.

    Se pensar um pouco (não é preciso muito) verá que tenho razão, mas desafio-o desde já a, caso ache que não tenha razão, a argumentar racionalmente (enfase nesta parte) do contrário.

  6. Stran diz:

    Errata: em ves de “tenha” na penultima linha é “tenho”

  7. Roberto Alves diz:

    Combata também a sua má educação e arrogância de meia-idade frustrada!

  8. Todas estas acusações de mal-educado, rude e arauto da piroseira que querem imputar ao MZ são a típica reacção dos “tugas” quando confrontados com as verdades expostas neste e noutros blogs. Negam a realidade e continuam fechados no politicamente (e pretensamente) correcto de Dani Olibeirinhas e afins, afirmando, como certa personagem da “Mafalda” depois de ler um jornal cheio de notícias deprimentes, “AINDA BEM QUE O MUNDO FICA LÁ TÃO LONGE!”.
    Por isto e muito mais, força Máquina Zero.

    Tenho dito.

  9. Stran diz:

    É só pena que estas “verdades” sejam tão parciais…

  10. Humberto Fonseca diz:

    O Zé Canivetes tem um nome mesmo «tuga»!

  11. E já cá faltava o Humberto a tentar ser engraçado. Este “nome” vem da tradição tasqueira bem lisboeta, não é cá nome de barrigudo que passa a vida a dizer mal dos “perêtes” e dos “vazucas” e depois vai às meninas com a camisola da selecção “nacional”.
    Tuga = basofe.
    Não sabes o que é basofe? Just Google it, dude.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: