Nota: Mensagens apagadas

Meus caros: Juguei que já tinha ficado claro que não são permitidos palavrões, nos comentários, mas encontrei agora uma série delas com esse tipo de expressões. Todas as mensagens que contenham palavrões são (foram) apagadas. Se os seus autores as quiserem recolocar, façam o favor. Mas sem palavrões.

Obrigado

Máquina Zero

4 Responses to Nota: Mensagens apagadas

  1. António Marcelo diz:

    Confiteor Deo omnipotente.

    Padre MZ:

    Ave Maria Purissima. Acuso-me de ter publicado uma poesia obscena e impiedosa contra o meu caro amigo Anti-Camões. Transgredi gravemente as regras morais impostas pelo nosso guia espiritual São Francisco de Asís que aconselhou respeitar e amar todas as criaturas da criação.

    Mea culpa. Mea máxima culpa. Irmão preto, peço-te desculpas fraternais. Visto o meu sincero propósito de reforma, peço também a absolvição à Vossa Eminência pela grave falta cometida.

    Amen.

  2. São Francisco diz:

    «Amai e respetai todas as criaturas da criação, racionais e irracionais, homens animais e plantas…»

  3. Camões diz:

    O Anti Camões foi o primeiro a ofender-nos ao por o seu pé em solo sagrado Nacional!
    Vejam quem é que o multiculturalismo trás para cá! Como se já não tivessemos muitos desses Nacionais!

  4. António Marcelo:

    Ego te absolvo a peccatis tuis…

    Máquina Zero

    PS – Mais um bocadinho de calma, que já regresso…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: