Cãezinhos queridos…

ataquecao1Mais dois exemplos de cães perigosos que, por pouco, não assassinaram duas crianças. Um, no Algarve, e outro em Sintra. Em ambos os casos, as crianças atacadas eram familiares dos donos dos cães. Claro que os débeis mentais para quem um cão vale mais do que a vida de uma criança vão já dar saltos, como bons idiotas que são, a defender estes cães assassinos e acusar os caniches de serem verdadeiramente perigosos. Para além de se proibirem, pura e simplesmente, estes cães assassinos, será necessário lançar um programa de apoio, a nível de saúde mental, para os donos de pitbulls, rotweilers, mastins, pastores-alemães e outros animais de grande porte.

4 Responses to Cãezinhos queridos…

  1. andre diz:

    A critica ja vai direccionada para os animais de grande porte em geral. já estamos a verificar progressos. aos poucos, se a tendencia se mantiver, estou certo que um dia poderão surgir aqui comentarios e soluçoes interessantes que valera a pena discutir. Para ja subsistem os insultos e muito desconhecimento de causa.
    Se fosse um cavalo a dar uma patada, um papagaio a esfacelar com bicadas ou qq outro animal q se lembrem a culpa seria do animal ou dos animais que deixam a pobre criança perante o animal sem os cuidados SEMPRE necessários?

  2. andre diz:

    é importante compreender que os acidentes acontecem com diferentes raças e nao apenas com as raças mais mediaticas. é necessário compreender os motivos dos acidentes e acima de tudo procurar soluçoes que permitam resolver ou diminuir a taxa de incidentes que se verifica actualmente.
    Ja foram feitos estudos e experiencias noutros paises, comprovando que efectivamente a exterminaçao de determinadas raças nao irradica os problemas. O facto das raças punidas por lei serem diferentes de pais para pais também indicia que o problema esteja mais relacionado com os proprietarios e criadores do que propriamente com os cães. é possivel criar condições, leis, regulamentos e normas que devem ser cumpridos pelos criadores e proprietarios de forma a minimizar o risco de acidentes e voltar a credibilizar as raças em causa e sensibilizar para a perigosidade que pode representar a posse de um animal sem a consequente responsabilidade de o possuir.

  3. andre diz:

    Para quem quiser saber um pouco mais sobre comportamento canino de forma a entender as causas/consequencias/soluções dos casos tantas vezes aqui publicitados recomendo a leitura de alguns artigos deste blog http://comportamento-canino.blogspot.com/ que sao muito bem escritos, de facil leitura e interpretação. Espero que a divulgação deste tipo de informação contribua para a consciencialização de todos (criadores, proprietarios e sociedade em geral) de forma a sabermos usufruir e tirar partido da marivilhosa relação que podemos estabelecer com estes animais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: