Recordando o General D:

GeneralD“(…) Há muita gente que eu conheço que se reúne para ir atacar os “pulas” (os brancos). É a expressão máxima de um sentimento de revolta que está no interior de muitos negros: os negros sentem-se marginalizados na escola, ao trabalho, na sociedade em geral. (…) Mas a verdade é que os brancos não sabem ao certo porque que os jovens negros atacam ‘pulas ‘ nas ruas ou em estações de comboios; não têm autoridade para falarem no assunto porque não sabem o que é viver num bairro de lata. (…) Eu não sou pelo pacifismo. Só quando houver uma consciência colectiva entre os irmãos africanos é que será possível mudar o estado das coisas.”

Entrevista de General D ao semanário O Independente, em 17/6/94

4 Responses to Recordando o General D:

  1. […] a civilização egípcia como exemplo de uma grande civilização africana. Infelizmente, estes “Black Panthers” da Arrentela não conseguem citar mais nenhuma civilização que se tenha desenvolvido na zona geograficamente […]

  2. […] Quénia, da caça aos negros albinos para prática de feitiçaria com partes dos seus corpos, do racismo anti-branco do General D, etc, etc. Bem haja, meu caro Peri! Você é a prova viva daquilo que eu […]

  3. SS diz:

    VC CENSURA MAIS OS MEUS POSTS QUE NO GLADIUS..!!

  4. Pedro diz:

    Vem para a porta dos Portugueses os problemas e a miséria de África e os africanos é que estão revoltados!?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: