Proprietários de pitbulls, rotweilers e outros cães assassinos – Um novo tipo de débeis mentais (II)

PitBulCriançaFerida

Wolf-dog steals infant baby from crib, nearly kills him

Family dog kills baby boy

Family dog kills Orange County toddler

Reservoir man Eric tells of terrifying fight with pit bull that killed his dog and latched on to his arm

Pit bull shot after it kills a woman’s cat, injures her dog and bites her

Com os meus cumprimentos, dedicado a todos os débeis mentais que dão mais valor à vida de um cão do que à vida de um ser humano…

42 Responses to Proprietários de pitbulls, rotweilers e outros cães assassinos – Um novo tipo de débeis mentais (II)

  1. Shiv@ diz:

    Caro maquina zero,como ja havia dito anteriormente(se nao o disse,digo-o aqui)lamento que essas situaçoes aconteçam,mas nao dou mais valor a um cao do que a uma vida humana!Apenas continuo a atribuir a culpa à educaçao que os donos dao a essas raças “consideradas perigosas”.Da mesma maneira que um ser humano tem que ser tratado com amor e carinho,um animal tambem tem que o ser.
    Um casal que tenha um filho com cerca dos seus 5 anos de idade e que decida ter um outro filho,tem que saber lidar com a probabilidade de a criança poder a vir ter ciúmes da nova criança na casa,imagine entao um cao no lugar da primeira criança…
    (Lembre-se que um cao tem a mentalidade e a capacidade de uma criança de 5 anos,apenas nao fala)
    Se vao para casa dos donos numa tenra idade ate sao alimentados a biberon,sao pegados ao colo ate adormecer,dormem na cama com os donos(pois a falta de calor de um corpo faz com que comecem a fazer barulho durante a noite),comida da melhor,brinquedos,muitos ate tem direito a umas guloseimas pelo caminho.
    Um dia a dona chega a casa com um novo “bichinho”.
    A partir desse dia as atençoes sao viradas para o bebe…
    Os biberons,o colinho,a caminha,a comidinha e as guloseimas…Desaparecem!
    Cada vez que o cao se tenta chegar perto para saber para onde vai toda aquela euforia,é corrido a pontapé,posto a dormir no quintal ao frio,sem carinho e sem todos os outros confortos que tinha antigamente.
    Se uma criança sente ciúmes e por vezes bate no irmao mais novo e indefeso,um cao que tem a mesma capacidade e o mesmo raciocinio tambem sente.
    A diferença está na força.
    Nós,só temos que saber dividir o amor por toda a familia,porque um cao alem de estar perto ta familia,tambem faz parte dela.
    Apenas há que saber lidar com a natureza de cada um.
    Quanto a débil mental…
    Só mesmo para quem nao compreende.
    Cumps e beijinho bom!

    • Anónimo diz:

      concordo plenamente, debil mental e o dono que ensina o cao a ser mau. e todos gostam de carinho a culpa nao e dos caes mas sim dos donos

    • Inteligencia ainda existe diz:

      Então senhor shiv arroba, me responda porque um cão precisa ser educado, treinado e usar focinheira quando sai na rua? Voce chama isso de cachorro docil?
      Ja tive cachorros de outras raças que nunca na vida precisaram ser treinados e mesmo assim nunca mataram ninguem e nem conheço algum que tenha matado.
      Todo criador de pit bull é um doente mental, não consegue enxergar a realidade que está explicita a sua frente e se tranca num mundinho de fantasia onde pit bulls são carneirinhos vitimas de racismo.
      Só pro seu conhecimento 40% de todos pitbulls ja atacaram ou mataram alguem. Isso é pouco pra voce?
      Saber que de cada 100 pitbulls 40 são responsaveis por um ataque mortal, e os outros 60 ainda podem matar a qualquer momento não é motivo pra ter medo ?

      A não, donos de pitbull são todos valentões, não tem medo de nada, nem de ver o fiho estraçalhado no necrotério.

      Vai lá valentao, continue assim e logo vai achar o que esta procurando.
      Mas mantenha seu pitbull nojento bem longe de mim e de minha familia, pois ele nem voce é a prova de balas.

  2. balança diz:

    então shiva, que parte da “educação” (tao engraçado quando referem caracteristicas da socieade humana aplicadas aos animais) acha que deveria ser reformulada para que o caozinho nao sinta ciumes aquando da chegada da criança? Umas consultas no psicólogo ajudarão? ou uma conversa prolongada com os donos antes de se ir deitar? Por amor de deus. Um cão é um animal, ponto final. Como tal a sua racionalidade é super limitada, agindo de acordo com os seus impulsos e reflexos, e como tal interpreta o meio ambiente apenas de modo a sobreviver, comer e fazer sexo. Acredito que não seja desprovido de emoção, alias está provado que não é. Mas poderá isso pesar mais do que o facto de reconhecermos que estes animais podem ser efectivamente perigosos, e que podem de facto atacar sem motivo aparente? Não me parece.

    • nayara. diz:

      Eu tenho um pit bull e creio que eles não são tão malvados assim , a mel ( minha cachorra ). ela trata minha irmã de 3 mêses super bem , da até carinho a ela .. o modo como o cachorro reage depende dos donos , cachorro precisa de carinho , pit bull não serve apenas pra te livrar ” de ladroes ” ele é um amigo. tbm , cachorro tbm sente frio , fome & falta de carinho. eles não são ameaças , depende do modo que cuidamos. eu amo minha cachorra , e nuca iria deixar nada de mal acontecer com ela.

  3. thurbeast diz:

    Podes crer que dou mais importancia á vida de um animal que à de um ser humano. Principalmente se for a tua. Palhaço. Deves ser daqueles frustrados em que os pais nunca te deixaram ter um animal e agora vens para aqui ganir sobre o que nao sabes. Eu tenho um dogue argentino, um bull terrier, staff e um yorkshire terrier. Dormem todos juntos, saem á rua, os meus sobrinhos brincam com eles, andam ao colo deles e nada aconteceu. Agora vens para aqui dizer estas merd*s? Oh meu deus.. Pois claro que se eu criasse os meus caes para ser maus, seriam. E os que sao maus tiveram treino para isso.

    Pensa e reflecte. Aproveita e arranja um cao.

    • Matabull diz:

      Olha seu turbobesta, voce deve ter problemas sexuais serissimos pra dar mais importancia a um cão do que a um humano. Sugiro que voce procure viver isolado no mato, em um canil ou zoologico do lado de dentro da grade onde não possa ameaçar nós humanos normais que adoramos viver em sociedade, em paz e sossego, livre de débeis mentais que atentam contra nossa segurança e direito de viver. Voce é mais um doente mental. Espere até que seu cãozinho apaixonado te dê o que voce ta merecendo. É só uma questão de tempo.

  4. thurbeast diz:

    Aproveito para dizer, o cao do vizinho é abatido por ter atacado alguém, o meu que nao fez nada tem de andar de açaime na rua. E semelhante a um vizinho teu matar uma pessoa ir preso mas tu também pagares. Ah, e um cao morde e abatido, um gajo que tem cabeça para pensar e só o faz porque o quer fazer é preso mas passado de nao sei quantos anos ta ca. Por isso e que este pais nao anda para a frente. Cuidem-se

  5. Thurbeast,

    Percebo perfeitamente que dês mais valor à vida de um animal do que à vida de um ser humano. Estás apenas a valorizar-te a ti próprio.

    Máquina Zero

  6. Thurbeast,

    Nem sabes como te agradeço, por teres vindo comentar esta post. És a prova viva de que os animais possuem alguma inteligência. Alguns, até conseguem ler e escrever.

    Máquina Zero

  7. andre diz:

    é triste ver como as pessoas à semelhança dos animais tb podem ceder facilmente aos seus instintos mais básicos e agredirem-se ou defenderem-se se preferirem quando nao têm condiçoes de socialização, formaçao e educação adequadas.

    é natural sentirmos necessidade de abater cães, abater animais em geral e até nos abatermos a nós próprios quando a nossa visão é a que fica aqui demonstrada nestes topicos preconceituosos e desinformados.

    Vou-me abster de opinar porque quem não compreende também não quer aprender. Deixo-vos um bem haja pela discussão que ja é um principio.

  8. andre diz:

    só mais uma nota ao autor do blog:

    por variadissimas vezes aqui no blog ja foram expostos acidentes com cães de raças diversas. Estudos e estatisticas tb ja referidos por mim aqui atestando que os acidentes estao dispersos por muitas dezenas de raças. Neste mesmo post, refere-se um caso de uma raça que nem sequer faz parte da lista de raças com potencial (husky). Pq nao abandonar a referencia a raças especificas e dirigir a critica aos proprietarios de cães em geral por uma questão de coerência e demonstração de algum sentido de equidade?
    fica a sugestão. Desta forma discute-se a questão em si mas sem os preconceitos que existem contra determinadas raças que demonstrava pelo menos mais conhecimento de causa.

    Cumprimentos

    • Matabull diz:

      Bom andré, ja que voce é a favor dos pitbulls, porque voce não tenta capturar os pitbulls que escapam na rua e matam crianças e pessoas inocentes? Vai la enfrentar o pitbull ! Voce não diz que ele é mansinho? Aproveita e leva seus filhos pra brincar com a fera no quintal do pitbull do seu vizinho, aquele valentão que sai pra passear com a féra na rua assustando todo mundo.

  9. A Consciência diz:

    Concordo com o andre. Julgo que a discussão acerca deste tema é pertinente mas temos de ter noção que, apesar do que o MZ refere, e bem, que há raças que têm alguma predisposição para atacar há que ter em conta que os cães de certa forma “imitam” o comportamento dos donos. Se um dono (esse sim, um possível débil mental) educar o cão simplesmente com o intuito de o tornar agressivo podemos ter a certeza que o cão vai tornar-se agressivo. Seja Rottweiller ou Chiuhahua. Claro que é muito mais provável morrer ou sofrer graves danos se o ataque for de um cão de grande porte mas isso é o mesmo que constatar que se eu for atropelado por um camião me aleijo mais do que se for atropelado por uma bicicleta… Acredito que há certas raças que deviam ser vigiadas, nomeadamente as híbridas tipo Pitbull, pois está mais que provado que o seu comportamento não é de todo estável, mas não vamos generalizar essas medidas a todos os cães porque isso seria uma medida típica do socialismo e suas variantes… nacionalistas ou internacionalistas.
    Tenho agora um cachorro de raça Rafeiro Alentejano e estou a educá-lo da melhor maneira que sei, fazendo-o socializar com outros animais e pessoas e, sabendo que é um animal de grande porte, tentando “cortar” quaisquer manifestações de agressividade que ele possa ter. Claro que acidentes acontecem etc, mas já tive uma Serra da Estrela e nunca se portou mal, por isso estou disposto a arriscar também com este:) Mas também sei que há aí muito menino que não trata os cães da maneira que eu trato… e com esses é que temos de manter a trela curta.

  10. Andre diz:

    ha aspectos basicos que devem ser entendidos:
    – qualquer cão pode atacar e magoar uma criança pelo que nenhum cão deve ser deixado sem supervisão;
    – a estabilidade e caracter de qualquer exemplar de qualquer raça vai sempre depender de factores relacionados com o criador (a criaçao selectiva permite apurar as caract. das raças) e com o proprietario (a educaçao e sociabilização sao funtamentais para inserçao do cao na sociedade);
    – quanto maior o porte do animal, maiores as lesoes que pode provocar mesmo sem intencionalidade;

    Neste sentido devem existir leis especificas para garantir q estas situações sao salvaguardadas e que nao existirá discriminação relativamente aos proprietarios ou aos proprios animais.

    • Matabull diz:

      Então vamos pensar nesse aspecto: Um chiuaua te atacando e um pitbull te atacando. Em qual desses aspectos voce prefere se enquadrar?

  11. thurbeast diz:

    ”Mas também sei que há aí muito menino que não trata os cães da maneira que eu trato… e com esses é que temos de manter a trela curta.” Nesse caso nem a trela curta servirá, o melhor mesmo é nao sair de casa. Há que ter consciencia. Por favor, tanto um animal como um ser humano nao sao estaveis. Há que saber compreender o animal, dar carinho e educaçao acima de tudo. Como disse, tenho um dogue argentino, amstaff, um bull terrier e um yorkshire, o unico que por vezes mostra sinais de agressivo é o york. Dá para perceber? Aquela amostra é que se joga aos outros, nao os deixa comer.. claro que pode haver um dia em que um perca a paciencia e lhe facam qualquer coisa mas isso e como o ser humano minha gente.

  12. thurbeast diz:

    Isto sim podem criticar e até eu sou o primeiro a criticar embora muito defensor dos animais seja. Este cao nao era capaz de ter por perto embora de para ver claramente que o culpado e o dono: http://www.youtube.com/watch?v=gTYWWqY7Lv8&feature=rec-r2

    E este? http://www.youtube.com/watch?v=Wbf0Zam8UkU&feature=rec-r2

  13. andre diz:

    pobre cão que é submetido a estas barbaridades

  14. andre diz:

    essa senhora do 2 video é bem provavel q em breve esteja a contribuir para os posts aqui do blog. nada de errado com o cão,mas este tipo de comportamentos sao negligentes. basta o cão ir contra a criança ao saltar à bola e ela bater com a cabeça p ficar morta. basta a criança ter um dia um comportamento estranho perto do cão, diferente desta brincadeira habitual para acontecer um acidente. é fundamental sociabilizar o cão mas é preciso saber educar tb a criança.

  15. thurbeast diz:

    Ah, a criança.. já falaram o que eu queria ouvir. Obrigado.

  16. catia diz:

    Tive a ler estes comentarios, e o unico débil mental aqui e o maquina zero!
    so fala o k nao sabe!
    “concordo que qualquer raça de cao pode ser um assino ms se este nao tiver sido educado, a unica diferença e a força que possui!
    Retirei um pequeno texto de um site para esclarecer alguma duvidas ao nosso amigo debil mental:Este cão tem diversas qualidades, são dóceis, inteligentes, excelentes com crianças e como guardiões, protegem devotadamente seus donos, conseguindo distinguir se a pessoa que se aproxima tem boas ou más intenções, podendo ainda, com um pouco de treino conviver pacificamente com outros cães. O cão é um dos melhores amigos das pessoas e em muitos aspectos é visto como valente dependendo do tipo da criação que as pessoas o dão ao animal. O Amstaff, como é conhecido, é visto como um dos melhores cães, até sendo usados para terapias ou obrigações públicas, como na polícia e bombeiros”
    para mais inf. podem ver u site de algem que percebe verdadeiramente do assunto: http://pt.wikipedia.org/wiki/American_Staffordshire_Terrier
    Eu tenho American pit bull Staffordshire Terrier e tive uma criança de 2anos ate agora nunca aconteçeu nada e a mi8nha cadela brinca tardes e tardes com a naide com a minha vigia mas nao porque eu tenho mjedo que ela morda na naide mas de sim por causa dos empuroes que pode dar sem intençao de magoar, ela tira os brinquedos e da comida a boca da minha cadela e nada..
    A minha cadela veio para mim com um ano e 2 semanas depois fomos acampar o meu irmao foi para um rio e nao conseguia sair de dentro de agua pois a cadela a ver o meu irmao aflito e mal o conhecia,atirou se agua para o socorrer claro que nao adiantou nada tivemos de tirar la o meu irmao e a cadela que tavam presos num tipo de algas!

    Bem como a minha cadela deve haver muitos que de assinos nao tem nada, e devem pagar pelos os que os donos nao souberam educar como deveriam?!

  17. Parabéns, catia!!!! Espero que a sua filha ainda esteja viva…

  18. catia diz:

    Esta e com muita saude!
    E vai continuar se acontecer algum problema espero bem que nao,mas ponhu as maos no fogo que nao vai ser por causa da minha cadela!
    Aconselho te aranjar um cao deste que des o mesmo amor que eu dou a minha e depois falamos!
    So ves as noticias de mal e o resto? Ah?
    sabias que existe uma associaçao que utiliza estes caes que efectuam uma terapia com crianças deficientes anteriormente esses eram utilizados em lutas mas levaram um tratamento de reablitaçao e tornaram se numa grande ajuda para estas crianças!
    vou te deixar o site para aprenderes um bocado, e para aproxima antes de falares pensa um bom bocado para nao tares a faser fig. de otario!
    http://www.pitbulloeste.com/

    • Os meus parabéns, novamente, Catia, pelo facto de a sua filha ainda estar viva. A mesma sorte não teve a mãe de John-Paul Massey de quatro anos de idade. Mas claro que você se está nas tintas para isso. A sua filha e o seu cão estão vivos, isso é que interessa…

    • Matabull diz:

      catia voce é uma doente mental, devia ser presa num manicomio judiciario por expor crianças ao perigo extremo de morte.

  19. catia diz:

    Aserio ou es mt estupido ou nao sei!
    Nao percebes que nem todos os caes sao como eses que matou sei la quem!
    Isso depende da educaçao que lhe dao!
    ja deu pa ver que deste uma vista de olhos nos sites que dei!
    Aserio vai la ve os videos que tao la pode ser que mudes de ideias.

    • Pois. Por isso é que as pessoas são autorizadas a andar com leões pela trela, nas ruas de Lisboa. desde que os leões sejam bem educados, não fazem mal a ninguém. O cão que matou “sei lá quem” (uma criança de quatro anos) era um pitbull. Animal que mata mais crianças que os caniches e os poodles. Claro que isso não é problema, para si. Problema, é morrer um cãozinho. Isso sim, é dramático! agora crianças… Bahhh!!!!

  20. catia diz:

    E outra coisa tanto a muidacomo a cadela vao continuar vivas ok?
    e antes de diseres que sao todos este caes assinos bla bla bla trata de cunhecer uma como a minha.
    Ela mal sabe ladrar quanto mais rosnar, para tu veres que ela vai muitas veses comigo buscar o meu irmao a escola, a festas anda de taxi e carro com pessoas que mal cunhece, toda a gente que passa po ela fas festa e ela nada so lambe.
    A propria veterinaria nao usa asaime com ela, a minha cadela ja foi operada e teve de faser corativos que era muito delorosos e mesmo assim nao mordeu.
    cunheço um casal que tb uma rott e um pit bull e um filho de 4 anos e ate agora nada.
    Os caes ca fora sao como a minha, eu propria ja tive sosinha com u pit e tou aki bem inteira, mas dentro de casa ningem pode entrar sem tar com algem da casa.
    Eles ja deram uma educaçao diferente que dei a minhna mas mesmo assim nunca aconteceu nada.
    Tambem cunheço um verdadeiro debil mental que tem um pit bull e o cao e espancado po ele,ainda po cima lava o cao a passear para abeira dos amigos,pela minima coisa que o bixo faça ele asapa logo.
    Este cao qualquer dia olha aconteceu como qualquer raça e porque?
    porque em vez de ter carinho nao… espancado por tudo e por nada
    Esse boi so tem o cao como um simbolo de respeito!
    Va la inda nao se lembrou de por o bixo em lutas para ganhar uns trocos..
    Era a estes que devias tar te a referir no teu blog
    porque este sim e um verdadeiro debil mental!

    Outra coisa para alem desta tambem tenho 2 labradores um delese mesmo mau. Uma vez soltou se e ferrou mesmo na pessoa e porque?
    Porque ele ta habituado a tar sempre no quintal nunca viu pessoas sem sermos nos de casa e quando se soltou aconteceu, ja o irmao dele nao e assim tambem teve mais carinho porque a brincadeiras dele nao aleijavam nao fxxxx [editado] tudo que via, agora o outro sempre que saia da beira dele vinha sempre magoada fasia sempre asneiras atao nos predemos e ele ficou mau.
    E e um labrador que conhecido por ser um cao meigo e pacifico.

    • Matabull diz:

      Catia, seu cão ja entrou pra faculdade? Ele deve ser tão educado né? Ele devia estudar para se tornar um medico perito em amputações, já que todo pitbull nem precisa estudo para dilacerar e amputar membros de pessoas. Eduque ele direitinho, e um dia vai ter uma surpresinha bem desagradavel, igual daquele pitbull que viveu 10 anos na casa até que resolveu matar a criança que cresceu junto com ele.

  21. Cara Catia,

    No seu comentário, escreve: “Era a estes que devias tar te a referir no teu blog porque este sim e um verdadeiro debil mental!” Exactamente. E continuo a desejar que a sua filha permaneça viva, por muitos anos. Infelizmente, há bastantes pais que não podem gozar da mesma felicidade, porque os seus filhos foram mortos por cães perigosos, raças assassinas.
    Um terço das cerca de 300 pessoas mortas en ataques de cães, entre 1981 e 1992, nos Estados Unidos, foram vítimas de pittbuls e arraçados (*). Rotweiller foram reponsáveis por metade das mortes ocorridas entre 1993 e 1996, também nos Estados Unidos. Não há notícias de mortes causadas por caniches ou poodles.
    Consegue perceber a diferença? Se não conseguir diga, que eu faço-lhe um desenho…
    (*) http://www.dogbitelaw.com/breeds-causing-DBRFs.pdf

  22. andre gustavo diz:

    Caro MZ

    apraz-me verificar que o interesse por averiguar a veracidade dos factos e a realidade associada a este tema tem vido a aumentar. Se ler com atenção os estudos que existem, facilmente chegará à conclusão que o numero de incidentes está directamente correlacionado com o numero de exemplares existentes de cada raça e o meio social em que estas se inserem. raças como caniches ou poodles não são vulgares em meios sociais degradados e violentos, contrariamente a muitas das raças que ouvimos nas noticias como perigosas. este fenomeno traduz-se no aparecimento de exemplares medrosos e nervosos que se tornam agressivos. quando estes exemplares sao reproduzidos e vendidos corre-se o risco de uma familia adquirir um exemplar que venha a causar acidentes graves.

    Dos varios estudos e experiencias feitos em diversos paises chegou-se a conclusao que o melhor não é exterminar um ou outra raça mas antes dotar a sociedade de legislaçao especifica para a criaçao, posse e circulação com cães considerados perigosos de forma a atenuar este fenomeno e a medio prazo as raças terem novamente uma criaçao idonea e fidedigna que devolva aos exemplares as suas caracteristicas proprias em detrimento de instabilidade e agressividade.

  23. andre gustavo diz:

    um exemplo de sucesso destas medidas é a raça dobermann que actualmente voltou a ser aceite em diversos paises e nao consta de listas de animais considerados perigosos. Outras como o rottweiller também está ja no bom caminho, depois de alguns anos de varios problemas e muitos exemplares medrosos e instaveis que foram colocados no mercado.

    Qto aos pitbull, as associaçoes enfrentam obstaculos complicados para fazer este trabalho que vao desde a constante publicidade para denegrir a raça (q atrai deliquentes a possuirem estes animais), dificuldade em oficializar a existencia e reconhecimento da raça pelas entidades responsaveis, dificuldade em limitar o numero de criadores, dificuldade em fazer desaparecer o fenomento das lutas de cães, entre outros

    a actuaçao das associaçoes de criadores das raças é fundamental para melhorar e dignificar as caracteristicas proprias e reais de cada cão, q nestas circunstancias se tornam um animal de grande valor como companhia ou de apoio nas mais diversas tarefas.

  24. andre gustavo diz:

    uma ultima nota referente ao seu comentario. a diferença entre um caniche e um fila brasileiro por exemplo é o porte e a força. isso é obvio e ambas as caracteristicas por si só representam um maior potencial do cão criar danos naturalmente. a questão é admitir que existem centenas de raças de igual porte e força que os considerados perigosos ou os mais instigados pelos “media” e a unica diferença está no papel dos criadores, no nº exemplares existentes e o meio social em que as raças estao inseridas.

    exemplos dos quais dificilmente se registam incidentes e tem exactamente o mesmo potencial em termos de caract fisicas mas apenas com diferentes inserçoes em termos de contexto social humano:

    raças > 40kg
    leao da rodesia
    samoiedo
    weimaraner
    schnauzer gigante
    terra nova
    serra da estrela
    leonberger
    cane corso
    dogue de bordeus
    etc

    justificar a perigosidade com o peso ou a força é demagogia e nao resolve o problema das mortes que tanto o preocupam p atacar determinadas raças. enquanto isso nao for compreendido os acidentes sucedem-se independentemente da raça

  25. adriana diz:

    tenho um rottweiller e nem por isso sou debil mental,amo meu cão e minhas netas o adoram, só que tem uma diferença com esses debiloides acostumados a treinar matadores, “eduquei” o meu com amor e não com odio, abraços.

  26. thurbeast diz:

    este atrasado mental ainda tem isto aberto? é o que eu digo, é um frustrado que nunca teve nenhum… só pode AHAHAH palhacinho.

  27. Pat diz:

    Bem pessoal, acabei de ler os vossos comentários e todos têm razão…
    Sempre tive e vivi com cães, e sem dúvida que são animais extraordinários, e apesar de adorar os meus cães, e de eu própria dizer “é pá o meu cão é mesmo inteligente”, não nos podemos esquecer que são animais irracionais… e que funcionam através de instintos… Têm uma memoria muito curta… E quem tem cães sabe que por ex. se ele fizer xixi no sitio errado, das duas uma ou toma uma atitude na hora ou então é melhor esquecer porque o animal não vai associar o raspanete ao xixi… Isto tudo para lembrar que um cão é como outro animal qualquer, incluindo os humanos…, ele reage em forma de defesa. Ou seja, um cão de grande porte que seja treinado para “lutar” é ouviu que é um cão extremamente perigoso até para o próprio dono, um cão que seja criado desde bebé num ambiente estável, torna-se um animal calmo sem grande perigo, tal e qual os humanos… Depois depende muito da personalidade do animal… Por exemplo tive um samoiedo que era extremamente inteligente, inclusive impediu o meu sobrinho, na altura com 2 anos, de ser atropelado, nós estávamos ao lado não conseguimos fazer nada… e somos animais racionais, foi um cão que o salvou… Ele nunca mordeu, nunca teve uma atitude agressiva que fosse, assim como um Serra da Estrela que tive… Os dois já faleceram de velhice. Hoje tenho um minorca, rafeiro, muito crido de porte pequeno, que morde em tudo o quanto é gente… a educação foi exactamente a mesma… Eu pergunto, afinal porque é que ele morde… tá visto que depende muito da personalidade do animal… a sorte dele é que como é de porte muito pequeno a dentada dele não faz mal a ninguém e as pessoas até acabam por achar piada ao pirralho… Ora vejamos que isto acontecia com um animal de grande porte… ia ser problemático… provavelmente teria que ser abatido…
    Depois vejamos outra situação, um cão como a maior parte dos animais, a natureza deles é viver em grupo, onde existe um Chefe da alcateia, e é a esse chefe que eles devem respeito… Se o dono não faz de chefe, o cão pode tornar-se agressivo até para o próprio dono para mostrar que também pode, também manda… Mas na realidade o ser humano também é assim… porque razão é que os cães não o deveriam ser… Eu adoro animais, sou contra aos maus tratos dos mesmos, mas tento ser racional, e com os meus crio regras e não abro excepções, como por exemplo, podem entrar em casa e até se podem deitar no sofá, mas nas camas não. Eles têm uma cama bem fofinha por isso dormem na cama deles… Outro exemplo é a hora da refeição… cão a mesa com a família não… Espero que percebam esta mensagem… e quem tem crianças muito cuidado, porque como já referi o cão ate pode amar a criança, mas vasta esta o magoar sem querer e ele vai atacar em auto defesa… Repito, até o Sr. Humano reage assim, porque é que o cão não deveria reagir… Pesem nisto…

  28. lucassouza24 diz:

    “Com os meus cumprimentos, dedicado a todos os débeis mentais que dão mais valor à vida de um cão do que à vida de um ser humano…”
    _____________________________________________________

    Isto vindo de um nazista parece até piada rsrsrsrsrsrs…

    lucassouza24

  29. Anónimo diz:

    Depois de ler os vossos comentários, partilho de algumas opiniões, por exemplo daquela que diz que os donos fazem os cães, nisso eu concordo, mas com uma ressalva, vejam sem preconceitos, qual era o uso de certas raças, nomeadamente as que hoje são consideradas perigosas, e tirem as vossas ilações, e se calhar vão compreender porque acontecem os “problemas”, ou seja quem tem um cão que no inicio da raça foi usado e aperfeiçoado geneticamente, para ser um bom cão de guarda, um bom cão pastor, ou um cão de caça grossa, tratado como são tratados, confinados em apartamentos, é claro que vai dar buraco, ou buracos e grandes.
    Mas para mim, no fundo quem faz o cão é o dono, mas temos que ter em atenção o uso a que era dado, o antepassado dessa raça.

  30. Ta diz:

    è isso ai maquina zero, esses tipos de animais tem que ser esterminados da face da terra.

  31. Wodka diz:

    A culpa é do dono que o ensina a ser mau e para atacar as pessoas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: