Argumentos a favor de cães e contra crianças

04/21/2009

dogattackchild

Leitor interessado na questão dos cães que desfazem crianças regressa ao argumento de que é preciso responsabilizar e educar os donos, porque os cães não têm culpa. Com todo o respeito, sugiro ao leitor que enviou o comentário abaixo reproduzido que vá falar com as famílias de algumas das crianças que foram mortas, nos últimos meses, em Portugal, por cães de grande porte. E que lhes explique que têm de ser compreensivos e de perceber que a culpa não foi dos cães…

Comentário, colocado aqui:

É importante compreender que os acidentes acontecem com diferentes raças e não apenas com as raças mais mediáticas é necessário compreender os motivos dos acidentes e acima de tudo procurar soluções que permitam resolver ou diminuir a taxa de incidentes que se verifica actualmente.”
“Já foram feitos estudos e experiências noutros países, comprovando que efectivamente a exterminação de determinadas raças não erradica os problemas. O facto das raças punidas por lei serem diferentes de país para país também indicia que o problema esteja mais relacionado com os proprietários e criadores do que propriamente com os cães.”

É possivel criar condições, leis, regulamentos e normas que devem ser cumpridos pelos criadores e proprietarios de forma a minimizar o risco de acidentes e voltar a credibilizar as raças em causa e sensibilizar para a perigosidade que pode representar a posse de um animal sem a consequente responsabilidade de o possuir.”


Cães e deficientes mentais

03/25/2009

dogbite

Os adoradores de cães são uma raça que sempre me causou surpresa. Obviamente que terão alguma desculpa, uma vez que se trata, na generalidade de pessoas com sérios problemas mentais. Os adoradores de cães nem pestanejam quando um pitbul desfaz à dentada uma criança de cinco anos mas são capazes de dar um tiro em alguém que maltrate um animal. Esta mãe australiana é um exemplo deste tipo de deficientes que abundam em Portugal. Dona de um mastim que quase matou o próprio filho, de dois anos de idade, a mãe responsabiliza o rebento e diz que o cão não teve culpa.


Falta de inteligência

05/30/2008

O Governo de Pequim deu ordem às empresas chinesas para que não vendam pacotes turísticos para França,como retaliação para o facto de meia-duzia de imbecis terem desrespeitado uma regra fundamental da Democracia – manifestarem-se pacificamente e sem violência. É um jogo perigoso e esperava-se um pouco mais de inteligência da parte dos tiranetes que reinam em Zhongnanhai, a Casa Branca lá do sítio.

Se franceses acordarem mal-dispostos e decidirem olhar para as etiquetas dos produtos que lhe enchem as prateleiras dos supermercados, recusando adquirir tudo o que seja “Made in China”, o presidente Hu Jintao fica com 10 ou 15 milhões de desempregados para sustentar, de um dia para o outro.

Mas o nacionalismo chinês, como é próprio das ditaduras, é xenófobo, extremista, racista e politicamente estimulado pelo Governo. Vamos a ver se todos os turistas franceses que decidirem ir a Pequim assistir aos Jogos Olímpicos conseguem sair de lá vivos.


Os aitolás de Esquerda

05/28/2008

Um grupo de gente interessante que Deus ironicamente juntou numa chamada Comissão Nacional de Protecção de Dados, mostra uma fanática preocupação com a instalação de câmaras de vídeo-vigilância. Em nome do respeito pela confidencialidade e pela a reserva da vida privada. Têm toda a razão, estes senhores “dótóres”. Mais vale três adolescentes serem esfaqueados à luz do dia – como hoje aconteceu, em Lisboa – do que ter uma câmara de vídeo nesse local, violando o direito dos cidadãos à privacidade. Desde que os adolescentes esfaqueados não sejam os seus filhos.E para os políticos destituídos de cérebro como o Miguel Portas que, já há algum tempo, defendeu que os polícias deixassem de andar com armas de fogo, recomendo uma visita a este site, com imagens de polícias esfaqueados em confrontos com as chamadas “vítimas da sociedade”.