Galeria de honra – Personalidades da comunidade negra (I)

kamau_kambon.jpg

Nesta nova rubrica, o primeiro destaque vai para Kamau Kambom, professor universitário norte-americano, defensor do extermínio da raça branca.

46 Responses to Galeria de honra – Personalidades da comunidade negra (I)

  1. Antonio Marcelo diz:

    Não me espanta que um alienígena defenda o extermínio dos brancos. Espanta-me que muitos brancos etno-masoquistas se alegrem da desaparição da sua raça, quer por mestiçagem quer por falta de nascimentos e sustituição por pretos, índios ou mouros.

    • pollieny diz:

      na minha opiniao essas pessoas teriam que esta no nossa pele para saber oque diz eu acho isso uma grande endiotise da parte deles vcs naun acha???????????? nao sei se esto com rasao se nao me corrigem por favor!

  2. Caturo diz:

    Correctíssimo.

    O maior problema não está nos alienígenas – está, isso sim, no veneno internacionalista, essa autêntica sida doutrina que corrói o sistema imunitário da Europa, impedindo os brancos de se defenderem contra ameaças externas, e pior, levando-os ao suicídio etno-racial.

  3. O ódio que essa gente tem à raça branca é reflexo de um ressentimento secular e biológico, logo não sendo de espantar esse mesmo ódio. Aliás, tal ódio é natural, não sejamos ingénuos ao ponto de pensarmos, como a cáfila da esquerda propela, que todos somos humanos e que todos nos devemos dar bem. Isso é pura demagogia. A história da humanidade além de ter sido uma história de luta de classes fopi també e sempre será uma luta racial, uma luta pela supremacia e pela sobrevivência.

    O que já não é normal é a apetência da raça branca para a auto-flagelação étnica, para a xenofília. Esse virus ultra nefasto é o nosso principal inimigo, um inimigo que nos está a destruir gradualmente e que nos conduz inexoravelmente á extinção, e como venho dizendo, a extinção é para sempre!

  4. pvnam diz:

    O problema não está nos ‘alienígenas’… o problema está nos Parasitas Engenhosos (vulgo Parasita Branco -> a maioria dos europeus) que pretendem andar na Curtição-Parasita… ou seja:
    -1- Pretendem andar no Planeta a curtir mão-de-obra servil imigrante ao ‘preço da chuva’…
    -2- Pretendem andar no Planeta a curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma [apesar de… nem sequer constituírem uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!!!]

    CONCLUSÃO: Como é óbvio, o caminho a seguir não é andar a ‘lamber-as-botas’ à Maioria (vulgo Parasitas Engenhosos)… mas sim … declarar ‘guerra’ à Maioria (vulgo Parasitas Engenhosos)!… Ou seja: antes que seja tarde demais… é urgente reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao SEPARATISMO!!!

  5. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    O maior problema está é no racismo. Seja ele de que raça for.
    Ao autor deste blogue recomendamos–lhe maior criatividade nos temas, no mínimo…

  6. Tem toda a razão, meu caro. No racismo enviezado, como o seu, que é aquele que só vê uma cor.

  7. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Não. O caro MZ, é que não gosta da cor preta. E não só… Se há alguém que só vê uma cor é você próprio. Agora, entrou na argumentação contraditória?! Não é a via mais aconselhável. Está longe de o ser. Mas quem sabe se não é um passo, para… tanta coisa.

  8. Gosto mais do branco do que do negro. Mas não odeio nem tenho raiva ao negro. Já é crime uma pessoa identificar-se com as pessoas da sua raça e da sua cultura?

  9. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Identifique-se com quem quiser: pretos, brancos, indianos…
    A avaliar pelo que escrever, ninguém diria que não odeia e não tem raiva ao negro (preto, para mim e para muitas pessoas desta raça). Reveja post e comentários escritos pelo seu punho.

  10. Porquê? Dê lá um exemplo de frases minhas onde seja explícito o meu alegado “ódio” ao negro… Mas se eu fosse negro e dissesse que me identificava com os negros, já não era racista, pois não?

  11. Bernardino diz:

    Leiam com olhos de ler o comentário 10 do autor deste blogue neste seu post. Tirem as vossas conclusões. Quanto a si, caro MZ, mais uma vez a resposta está bem perto de si: na sua cabeça e no que ela lhe diz para escrever. Será que você tem dupla personalidade?! Não responda, não vale a pena, pois, qualquer pessoa que leia o seu blogue e, posteriormente, os seus comentários como “respostas” (na verdade, você questiona os outros com os seus escritos. O melhor é questionar-se a você próprio, porque quem escreve os mesmos é o caríssimo e o seu grupo de Direita)sabe encontrar a resposta certa. Para o caso de ainda não a ter encontrado, nós damos-lhe uma pista: começa por M e a primeira letra da segunda palavra é o Z. Cremos acreditar que já encontrou a resposta!

  12. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro Bernardino, não diria melhor. Da nossa parte, mais uma vez, os nossos agradecimentos. Dou-lhe os meus parabéns. E a sua frase: ” (…) (na verdade, você questiona os outros com os seus escritos. O melhor é questionar-se a você próprio, porque quem escreve os mesmos é o caríssimo e o seu grupo de Direita) (…), diz tudo. Esperemos que o MZ tenha ficado esclarecido. Será?!

  13. Continuo à espera que me mostre as frases racistas que eu escrevi neste blogue…

  14. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Talvez as encontre na sua almofada. Haja paciência. Mas olhe que tenho e muita. Acredite.

  15. Continuo à espera que me mostre as frases racistas que eu escrevi neste blogue…

  16. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    A resposta está em vários post deste blogue. Escreveu-os, procure–os. Não esteja à espera que os outros o façam por si. Escreve, assuma o que escreve. Boa procura. Mas olhe que não é difícil.

  17. Hummm. Pois. Quem não sabe dançar, diz que a sala está torta….

  18. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Você adora a utilizar a palavra “Hummm”. Daqui segue um outro hum, hum, pois é MZ, mas em nenhum salão de baile você arranjaria dançarina ou bailarina para dar uns passos de dança.

    Questione a sua consciência.

  19. anónimo diz:

    Consciência caro Portugal é lindo? Um tipo claramente etno-masoquista, destruidor da identidade de Portugal e da Europa vêm-me falar em consciência?

    Haja paciência, e olhe que ao contrário de si não tenho muita.

  20. Portugal é lindo e mais nada... diz:

    Caro anónimo, quem destrói a identidade de Portugal e da Europa?! Só se for o anónimo, MZ e companhia.
    Falta-lhe paciência. Não lhe auguro um bom futuro. Sem paciência…

  21. Caturo diz:

    O que já não é normal é a apetência da raça branca para a auto-flagelação

    Não é normal não, é profundamente doentia.

    Mas será produto da raça branca… ou, pelo contrário, resultado do veneno internacionalista que em má hora se imiscuiu no seio das estirpes europeias, há cerca de dois mil anos com o advento do culto ao Judeu Morto que mandava dar a outra face?…

    Como é sabido por quem me conhece, inclino-me para a segunda hipótese.

  22. Minha homenagem ao “Dia da Consciência Negra”
    sds Sergio

    Negro Consciente

    A cor da minha epiderme
    Não retrata meu interior
    Não importa o santo ou o verme
    Todos somos filhos do Criador

    A dor carrego dentro do peito
    Mas deve ser dor de frustração
    Por Deus o negro também foi feito
    Por isso somos todos irmãos.

    A escravidão do nosso corpo
    Não deve escravizar o coração
    O ignorante nos tira o conforto
    Mas a alma viaja na imensidão.

    Quem faz com o negro o desfeito
    Não vê a lei da criação
    O que vale e que tenho, é respeito.
    E para este cego, eu dou o perdão.

    Não sou 100% negro e nem 100% branco
    Sou 100% parte deste universo
    Tem uma coisa que me deixa triste num canto
    Que na evolução, o racista trilha o caminho inverso.

    Se a cor para uns é motivo de guerra
    Pela paz eu vou ser insistente
    Labutarei para melhora da Terra
    Afinal, eu sou um negro consciente.

    Sergio Antonio Meneghetti 10/11/2006

    • FALEI AKI diz:

      MUITO LEGAL!!!
      PRECISO MUITO UTILIZAR ESTE POEMA NA ESCOLA.
      MUITO OBRIGADO, MESMO.
      DEUS, NOSSO CRIADOR, TE ABENÇÕE SR. SERGIO

      • Anónimo diz:

        muito massa, perfeito para meu trabalho de escola.
        parabéns mesmo, lindoooooooooo!!!!

  23. Soparati diz:

    Neste ás tantas não… mas em outros.

  24. provisorio diz:

    Belo dialogo. No mínimo se me permitem, uma boa discussão acerca do sexo dos anjos. Ou melhor, uma troca de galhardetes.
    Se olharmos á nossa volta,penso, logo ficará decidido em que categoria étnica habita o racismo.Etnia branca ou negra (ou preta)?
    Certo é que o mundo cai em face de um qualquer reparo a alguma atitude menos correcta de um negro.

  25. roberta diz:

    ele é muito feio valeu não leva mal.

  26. Consciência negra só se adquire com educação.

  27. Quando os povos das diásporas conquistarem a consciência do seu pertencimento etnico, por cerro as dominaremos

  28. carlos roberto de souza diz:

    ESTÁ É UMA CRÔNICA DE MINHA AUTORIA. ESPERO QUE GOSTEM. ( THI SI A TALE OF MINE, HOPE YOU LIKE IT )

    UM ABRAÇO

    CARLOS R. SOUZA

    Crônica

    “ESTOU VOLTANDO…”

    De: Carlos Roberto de Souza

    Um jovem angolano caminhava solitário pela praia. Parou por alguns instantes para agradecer aos deuses por aquele momento milagroso: o deslumbramento de sua terra natal. O silêncio o fez adormecer em seu âmago, despertando inesperadamente com o bater das ondas sobre as pedras. De repente, surgiram das matas homens estranhos e pálidos que o agarraram e o acorrentaram. Sua coragem e o medo travaram naquele momento uma longa batalha… Ele chamou pelos seus pais e clamou pelo seu Deus. Mas ninguém o ouviu. Subitamente mais e mais rostos estranhos e pálidos se uniram para rirem de sua humilhação. Vendo que não havia saída, o jovem angolano atacou um deles, mas foi impedido por um golpe. Tudo se transformou em trevas…
    Um balanço interminável o fez despertar dentro do estômago de uma criatura. Ainda zonzo, ele notou a presença de guerreiros de outras tribos. Todos se demonstraram incrédulos no que estava acontecendo. Seus olhos cheios de medo se indagavam. Passos e risos de seus algozes foram ouvidos acima. Durante a viagem muitos guerreiros morreram, sendo seus corpos lançados ao mar. Dias depois, já em terra firme, o jovem angolano é tratado e vendido como a um animal. Com o coração cheio de “banzo” Ele e outros negros foram levados para um engenho bem longe dali. Foram recebidos pelo proprietário (senhor do engenho) e pelo feitor que, com o estalar do seu chicote não precisou expressar uma só palavra. Um dia, em meio ao trabalho, o jovem angolano fugiu. Mas não foi muito longe, pois fora capturado por um capitão do mato. Como castigo foi levado ao tronco onde recebeu não duas, mas cinqüenta chibatadas. Seu sangue se uniu ao solo bastardo que não o viu nascer.
    Os anos se passaram, mas a sua sede por liberdade era insaciável. Várias vezes foi testemunha dos maus tratos que o senhor aplicava sobre as negras, obrigando-as a se entregarem. Quando uma recusava era imediatamente açoitada pelo seu atrevimento. A Sinhá, desonrada, vingava-se sobre uma delas, mandando que cortassem-lhe os mamilos para que não pudesse aleitar… O jovem angolano não suportando mais aquilo fugiu novamente. No meio do caminho encontrou outros negros fugidos que o conduziram ao topo de uma colina onde uma aldeia fortificada – um quilombo –, estava sendo mantida e protegida por escravos. Ali ele aprendeu a manejar armas e, principalmente a ensinar as crianças o valor da cultura africana. Também foi ali que conheceu a sua esposa, a mãe de seu filho. Com o menino nos braços, ele o ergue diante as estrelas mostrando-o a Olorum, o deus supremo… Surgem novos rostos estranhos e pálidos, mas de coração puro, os abolicionistas. Eram pessoas que há anos vinham lutando pelo fim do cativeiro. Suas pressões surtiram efeito. Leis começaram a vigorar, embora lentamente, para o fim da escravatura: A Lei Eusébio Matoso; A do Ventre-Livre, A do Sexagenário e, finalmente a Lei Áurea.
    A juventude se foi. O velho angolano agora observa seus netos correndo livremente pelos campos. Aprenderam com o pai a zelarem pelas velhas tradições e andarem de cabeça erguida. Um dia o velho ouviu o clamor do seu coração: com dificuldade, caminhou solitário até a praia. Olhou compenetrado para o horizonte. Agora podia ouvir as vozes de seus pais e avós sendo trazidas pelas ondas do mar. A noite caiu cobrindo o velho angolano com o seu manto… Os tambores se calaram… No coração do silêncio, suas palavras lentamente ecoaram: “Estou voltando… Estou voltando”.

    Carlos Roberto de Souza é editor do Fanzine Episódio Cultural e da Revista do Cinema Machadense (1911─2005):

    Contatos (35) 3295─9211 ou 9215 coml / após às 14h

    Carlostvcdr@psa.ind.br

    Carlostvcdr@yahoo.com.br

  29. Meu caro Carlos: uma sugestão para outro conto seu. Muitas das das capturas de escravos, em África, eram feitas por negros. Ou seja, as tribos mais fortes capturavam elementos das tribos mais fracas, que vendiam depois aos comerciantes brancos. Aliás, se reparar no mapa da colonização, no tempo áureo do comércio de escravos, verá que os portugueses e outros povos europeus apenas se estabeleceram em feitoras, em povoações ao longo da costa. Ora, se eles própris capturavam escravos, tinham que ter enormes efectivos militares e meios de transporte, para se embrenharem pela selva adentro. Porque não me parece que os africanos, sabendo que naquela determinada povoação havia caçadores de escravos, ficassem tranquilamente à espera de serem capturados… Não faz sentido.
    A verdade é uma das mais vergonhosas páginas da História de África é o papel dos pró+rios africanos no comércio de escravos. Claro que a tónica dominante e habitual é esquecer esse papel e concentrar toda a culpa nos brancos. É fácil.
    E olhe, sabe quais foram os primeiros países a abolir a escravatura? E quais foram os últimos? Dou-lje uma dica: um dos último é um país africano e só o fez já em pleno século XX. Acho curioso que se exijam desculpas públicas de países europeus e dos EUA, pela escravatura, e ninguém faça o mesmo em relação à Arábia Saudita, que só aboliu a escravatura em 1962!!!!!!!
    O seu conto é interesante e aborda, sem dúvida, aquilo que foi um dos mais trágicos acontecimentos na História da Humanidade. Mas o comércio de escravos NUNCA poderia ter adquirirdo a dimensão que adquiriu sem a colaboração dos prórios africanos….

  30. amanda diz:

    OIE
    VOTEM NO ALEMAO NO PROGRAMA Big Brother Brasil ENTRANDO NO SITE http://www.globo.com/bbb
    NENHUM NEGRO GANHOU O PROGRAMA ESTA NA HORA DE MUDAR ISSO!
    OBRIGADO E CONTO COM VOCÊS!

  31. MARIZA DE CASTRO diz:

    É INADINICIVÉL QUE ACEITEMOS UMA POSIÇÃO DESSA,ESTE CARA É UMA PESSSAO MAIS RACISTA QUE SE PODE IMAGINA.O MUNDO LUTA DIA A DIA POR IQUALDADE RACIAL E APARECE UM IDIOTA DESSE QUERENDO O ESTEMINIO DA RAÇÃO BRANCA? TEMOS QUE LUTAR PELA IQUALDADE DO SER HUMANO,E NÃO EM SUPERIORIDADE DESTA OU DA QUELA RAÇÃO.POR SER NEGRA ME SINTO INVERGONHAR POR ESTA ATITUDE.ESSES TIPO DE MANIFESTO TEM QUE PARA.JÁ BASTA O GOVERNO TEM COLOCADO NO MINISTERIO UMA MINISTRA TÃO MAL INFORMA SOBRE O QUE VENHA A SER IQUALDADE RACIAL.

  32. Tiago diz:

    Concordo plenamente com o Kamau, pois brancos na época da escravidão tentaram fazero mesmo conosco, mas eles não conseguiram ,pois os nossos antepassados foram mais fortes.Hoje eles apenas estão provando um pouco do seu próprio veneno.
    Mas, um erro não justifica outro, pois há alguns brancos bons, aqueles brancos da alma negra;como há aqueles pretos que não prestam para nada os chamados kinder ovo, preto por fora e branco por dentro,estes si devem ser eliminados:os kinder ovo e os brancos que não valem nada,ou seja,99% deles.

  33. Miguel Antunes diz:

    LOL

  34. Meu caro Tiago:
    VOCÊ É PROFUNDAMENTE RACISTA e apela PUBLICAMENTE AO GENOCÍDO com BASE RACIAL E CULTURAL!!!!!!!!!!
    Sabe que ESTÁ A COMETER DOIS CRIMES PÚBLICOS(*)?
    Passo a citá-lo: “(…) HÁ ALGUNS BRANCOS BONS, AQUELES BRANCOS DA ALMA NEGRA(…)” – OU SEJA, OS ÚNICOS BRANCOS BONS, SÃO OS QUE TÊM A ALMA NEGRA?????
    Continuo a citá-lo: “(…) AQUELES PRETOS QUE NÃO PRESTAM PARA NADA (…) DEVEM SER ELIMINADOS: OS ‘KINDER OVO E OS BRANCOS QUE NÃO VALEM NADA, OU SEJA 99 % DELES”
    Máquina Zero
    (*) – Para seu esclarecimento, crime público é aquele que não necessita de queixa para ser investigado e alvo de procedimento criminal. Basta que os factos cheguem ao conhecimento do Ministério Público. E disso me encarregarei eu, com um simples email. Mas esteja descansado: se não tiver dinheiro para pagar a um advogado, o Estado nomeia-lhe um defensor oficios. Eacho que você não vai escapar a uma pena suspensa de dois ou três meses. E olhe, lá estarei, na audiência, no dia em que você for julgado. Pode identificar-me com facilidade. Terei um enorme sorriso na cara, de orelha a orelha…

  35. Meu caro Tiago:

    Você é capaz de ter sorte. Verifiquei agora que o seu ISP é do Brasil. Mesmo assim, farei chegar às autoridades brasileiras o seu apelo racista e genocida e divulgá-los-ei amplamente, na Internet – criando uma páagina dedicada apenas a si e à sua mensagem.

    Cumprimentos,

    Máquina Zero

  36. […] colocado neste blogue (Máquina Zero) um comentário com posições que me parecem claramente racistas e defendendo que “(…) aqueles pretos […]

  37. ruana diz:

    queria saber como escaparia de um racismo negro nao q eu seja mas de outras pessoas

  38. Esta muito apagado…não dá quase pra ver o q está escrito…………..não sei se estou errando ao diitar pois a letra alem de ser pequena é de uma cor apagada………..Obriga

    Beatriz

  39. Edison B.Carmo diz:

    BEM! NEM SEI POR ONDE COMEÇAR, MAS VAMOS LA.
    Com todo respeito ao direito de manifestarem seus pensamentos como eu estou fazendo, mas acho um absurto e o cumulo da falta de sensibilidade de alguem que possua o minimo de senso de humanidade, inteligência e religiosidade pensar no exterminio de uma raça, seja la qual for.
    Não consigo entender e aceitar pessoas ou grupos com esse grau de crueldade e falta de qualquer respeito e consideração com outros seres vivos, que para mim, só estão aqui pela permissão de um ser superior “Deus”.

    A felicidade, alegria e satisfação de cada um, reside em si mesmo´. É resultado do discernimento do espirito que habita esse templo, esse corpo fisíco, seja ele branco,negro,amarelo, sei lá, isso pouco me interessa, já que todos surgimos do pó, e tornaremos exterco da terre e comiga para o vermes; então o que restará, é a nossa alma e inteligência que nos guia nesse plano de vida expeimental que não tem cor nem raça, talvez, Raiz, mas mesmo qualquer raiz precisará de proteção de Deus,da boa vontade da natureza e do cuidado do próprio homem para sobreviver.(Tenho a certeza que essas pessoas insensiveis nunca presenciaram uma flor de cacto desabrochando em terras aridas com toda sua beleza, mas ainda há tempo.
    PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE.

  40. FALEI AKI diz:

    AINDA BEM, QUE OS VEGETAIS NÃO SÃO HUMANOS!!!!

    JÁ PENSARAM, NO QUE ELES DIRIAM UNS DAS CORES DOS OUTROS?

    NOSSO CRIADOR, ENTRE TANTAS CRIAÇÕES NESTE UNIVERSO, CRIOU A “RAÇA HUMANA”, DENTRO DO PLANETA TERRA…

    ASSIM COMO AS FLORES SÃO DIVERSAS, NÓS DA RAÇA HUMANA, TAMBÉM SOMOS DIVERSOS EM COR, CARÁTER, E ETC.

    POR QUE NÃO ACEITAR NOSSA DIVERSIDADE?

    A DIVERSIDADE É UNIVERSAL:

    HÁ DIVERSOS PLANETAS, DIVERSOS SISTEMAS, ATÉ DIVERSOS UNIVERSOS…

    GOSTEI DE LER OS DIVERSOS COMENTÁRIOS QUE ENCONTREI AQUI…

    VIVA A DIVERSIDADE!!!!

    ORAÇÃO: “SENHOR DEUS CRIADOR, OBRIGADO POR NOS TERES FEITO TÃO DEPENDENTES DE TI, PORQUE SÓ O SENHOR NOS CONHECES. NOS DÊ A PAZ INTERIOR E NOS PERDOE SE NÃO CONCORDAMOS COM AS DIFERENÇAS DO NOSSO PRÓXIMO. OBRIGADO POR NOS ENTENDER. NOS LIVRE, DOS EXTREMOS. NOS SALVE POR COMPLETO. NOS ABENÇÕE! EM NOME DE JESUS, AMÉM”

  41. Theogono Mágico diz:

    oiiiiiii

  42. iana reis diz:

    oie eu vim aqui pra fala um pouco sobre os negros vamos para com esses rasismo ta obrigado pela atenção

  43. maiki soares diz:

    pois e e ne eu concordo com pollyane

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: